Um dos meus grandes vícios do momento são as músicas da Aya Kamiki. Viciado principalmente por Secret Code, Pierrot e Communication Break. Conheci ela por acaso, já que ela fez um dueto postumo com a cantora Izumi Sakai, do Zard.


Ela nasceu em10 de setembro de 1985, em Sapporo, Hokkaido, no Japão. Cantora do selo Giza Studio, ela é reconhecida na região principalmente por sua voz.


Aya é conhecida no Japão como a Avril Lavigne japonesa, mas convenhamos, ela até que tem o

mesmo timbre da Avril e faz a cover até que muito bem.


Quando criança, as principais inspirações de Aya foram Diana Ross, Whitney Houston e Mariah Carey, e inspirou ela subir aos palcos, quando criança em shows na escola.


O grande debut da cantora veio em 2006, quando ela estrelou pela gravadora Ginza, que é conhecida no mercado por ser “anti avex”.


A minha musica favorita dela, Pierrot é uma cover do grupo B´z e foi lançada em abril de 2006. O single figurou o nono lugar da Oricon em vendas na sua semana de

estréia.


Secret Code ficou na quinta posição de mais vendidos na Oricon. Tendo uma música bem grudenta na cabeça, Secret Code conseguiu alguns marcos como ter uma musica usada em março como abertura do programa de tv Count Down TV, outra em Detetive Conan, com a canção “Mou Kimi Dake wo Hanashitari wa Shinai” e o encerramento do programa JAPAN COUNTDOWN.




Pra mim o melhor trabalho de Aya, foi realmente o dueto com Zard, com o single Tsubasa o Hirogete/Ai wa Kurayami no Naka de. A faixa Ai wa Kurayami no Naka de, utilizada na vigésima segunda abertura de Detetive Conan, veio o dueto póstumo, entre Aya Kamiki e Izumi Sakai.


O próximo lançamento da Aya sai dia 3 de dezembro com seu décimo single, Sekai-wa Soredemo Kawari-wa Shinai, que é o tema do jogo da produtora Sega, chamado 428 ~Fuusa Sareta Shibuya de.

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli