Semana de grandes mudanças no TOP 10 de bilheterias nos cinemas japoneses. Tivemos cinco novas estréias que faturaram cinco posições desse top 10, assim muita coisa mudou.
Essa semana tivemos cinco estréia fantásticas no cinema japonês e todos merecem estar no top 10. É uma pena que esses filmes, provavelmente poucos chegaram oficialmente aqui do outro lado do mundo.

Semana passada, o ator Hugh Jackman veio ao Japão para o lançamento de Wolverine: X-men Zero, sim é com esse nome que o filme chegou por lá. Enquanto no resto do planeta, Wolverine já estreou, fez um enorme sucesso e já está saindo em DVD e Blu-ray, na terra do sol nascente, teve sua estréia semana passada. Na coletiva de imprensa, foi muito comentado sobre a continuação de Wolverine se passar no Japão e o ator Sato Ryuta (de ROOKIES) que acompanhou Hugh, demonstrou interessado em querer participar dessa continuação.

Wolverine fez bonito nos cinemas japoneses e estreou em segundo lugar por lá. Ele só perdeu para a última parte de 20th Century Boys que deve ficar no topo dessa lista por muito tempo ainda.

Na terceira posição temos Ballad: Namonaki Koi no Uta que tem os atores Kusanagi Tsuyoshi (SMAP) e Yui Aragaki como protagonistas. Seu roteiro é uma adaptação do filme de 2002, Crayon Shin-Chan: Arashi wo Yobu Appare! Sengoku Daikassen. Lembrando que mesmo sendo uma adaptação de um filme do personagem Shin-Chan, o mesmo não está no filme. Este filme está sendo muito comentado e perdeu uma posição em relação à semana passada, com a estréia de Wolverine: X-men Zero.

Entre as estréias, temos Katen no Shiro que é baseado no romance escrito por Kenichi Yamamoto sob a construção do castelo Azuchi, às margens do lago Biwa, requisitado pelo poderoso daimyo Oda Nobunaga (interpretado aqui pelo Kipeei Shiina). Azuchi é considerado o maior castelo da história do Japão, que reúne beleza, prodigalidade com utilitária e defesa. No elenco temos Toshiyuki Nishida como genioso carpinteiro e Shinobu Otake como sua esposa. Saki Fukuda estréia no seu primeiro papel num drama de samurai como filha dos dois. O filme é distribuído pela Toei e estreou na quarta posição.

Na quinta posição, temos a também estréia de Symbol ( Shinboru) que é protagonizado, escrito e dirigido por Hitoshi Matsumoto. O filme é uma comédia sobre a história de um homem que planeja fugir, porém muitas coisas irão acontecer que vão acabar dificultando esse seu objetivo. Distribuido pela Shochiku, o filme basicamente é um monologo, já que Matsumoto é o único protagonista e demais personagens são bem secundários.

Na sétima posição, temos Tajomaru, que tem como protagonistas o Oguri Shun e a Yuki Shibamoto. Para Curiosidade, o filme é baseado no conto Yabu no Naka do escritor Ryunosuke Akutagawa e este já ganhou uma versão nos cinemas pelas mãos de Akira Kurosawa em 1950, com o filme Rashomon.

Nessa nova adaptação, o conto ganhou um novo enfoque que é no personagem Tajomaru. Agora contando um pouco da história, Oguri Shun fará o papel de Naomitsu, o segundo filho do clã Hatakeyama e é noivo da princesa Ako interpretada pela Yuki Shibamoto. Um dia, ele decide fugir de casa, fugindo para as montanhas e é atacado pelo ladrão Tajomaru, porém Naomitsu mata o ladrão e decide assumir a identidade dele.

O filme ainda tem tema do B´z, com a música Pray, ficando uma mistura muito interessante jrock com temática de samurais.

Por fim, na nova posição, estréia Killer Virgin Road que pra mim é a melhor estréia da semana. Tendo Juri Ueno (Last Friends, Nodame Cantabile e Swing Girls) e Kimura Yoshi no elenco, esse filme tem um dos trailers mais divertidos que eu já vi, além de um roteiro totalmente sem sentido.

Imagina uma mulher que quer casar, uma mulher que quer morrer, um assassinato por engano e muita perseguições. Distribuído pela Toho, esse é um dos filmes mais sem noção e mais engraçados de todos os tempos.

O animê Summer Wars que é distribuído pela Warner japonesa, que já chegou a sair da lista e voltou para a sétima posição na semana passada, agora está na décima posição.

Quem dançou:

Kamen Rider Decade saiu da lista, era previsível, que com a estréia de Kamen Rider W e sem a campanha do filme na televisão, este perderia a força. Porém, a música Next Decade continua no Top 30 da Oricon, cantada por Gackt.

Outra perda sentida, foi o décimo segundo filme do Pokémon que depois de 2 meses, perdeu força e caiu fora do top 10. Este foi o filme que mais faturou da história da franquia então foi merecido esses dois meses.

Quem permanece:

Agora, um filme que está relutante nos cinemas japoneses é Harry Potter e o Enigma do Príncipe está na oitava posição. Estando a dois meses e uma semana em cartaz, o filme finalmente parece estar caindo lentamente e tem tudo para cair fora desse top nas próximas semanas.

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli