Esses dias, um amigo veio brigar comigo porque eu postei num tópico aqui no blog o termo “novela” e não “dorama” ou “jdrama”, como ele gostaria que fosse. Eu sei que novela brasileira carrega o estigma pra fãs do gênero, de ser ruim, porém não podemos achar que só porque a estrutura de um “dorama” é diferente do ocidente, deixa de ser um “dorama”.

Na escola de japonês você aprende: “Anata wa burajiru dorama mimashita ka.” (Você assiste novela brasileira?”. Provavelmente você responderia “Iie, kirai desu ne. Watashi wa nihon dorama mimashita.” (Não, eu odeio. Eu assisto novela japonesa).

O termo “dorama” é apenas um rótulo que deve ser usado da mesma forma que mangá significa quadrinhos japoneses e animê é animação japonesa. Porém, nunca você deve negar a origem da palavra.

Tanto os “doramas” como as novelas, vieram da mesma origem, a Soap Opera, se elas evoluiram pra caminhos diferentes, ai já é outra coisa. Enquanto as nossas novelas tiveram toda uma origem construida na novela cubana, depois caindo sua própria característica ao gosto do brasileiro, as japonesas também aconteceram isso.

No Japão, os doramas são baseados em livros e quadrinhos, até porque sua cultura de massa é bem diferente da nossa. Os mangás são voltados ao cotidiano, sendo identificação para aquele segmento da população, assim quando adaptado para televisão, faz um repeteco para o mesmo público. No Brasil, quadrinhos ainda caminha entre o infantil e o adulto, infelizmente a passos largos. Nossa escola de novelas se baseia também em livros, porém de uma maneira totalmente diferente dos japoneses.

Revistas como Nippo Brasil, utilizam o termo “novela japonesa” sem problemas, porém o termo “dorama” está sendo adotado, inclusive a Rede Globo chegou a usar numa matéria sobre animê e mangá.

O professor Mauro Neves Junior, que publicou sua tese comparando novelas brasileiras e japoness na Universidade de Sofia em Tóquio, também pensa da mesma forma.

Sinceramente, não muda nada chamar de “novela japonesa”, são apenas denominações pra chamar aquela produção. Ou por acaso você ficaria ofendido de um japonês falar “burajiru dorama” ao se referir as nossas novelas?

Chamar de “novela japonesa” ou dorama dá na mesma, são apenas denominações diferentes. Eu não fico ofendido se alguem chamar animê de desenho japonês por ser a mesma coisa.

Falar que as novelas brasileiras pioraram? Eu concordo, mas isso é outra discussão que não será analisada agora. Porém, parece que ofende comparar produções japonesas com brasileiras, tentando nivelar doramas as novelas brasileiras.

A cultura pop japonesa é rica, mas não precisa de um preconceito bobo desse. Caso quiserem entender as origens da novela brasileira leia o livro “A hollywood brasileira” do autor Mauro Alencar. Sobre novelas japonesas, existem um livro em inglês sobre o assunto que pretendo comprar em breve pra estudar as origens do “dorama”.

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli