Os japoneses estão ficando viciados em séries produzidas pelas televisão americana. Séries como “24 horas”, “Alias”, “Lost”, “Heroes”, “Bones”, “The Closer” e “Prison Break” estão ganhando cada vez mais espaço nas prateleiras das locadoras japonesas, a principal forma dos espectadores japoneses tem acesso a essas produções.
Esta é uma má notícia para a industria da televisão japonesa, que tem sofrido desde quando a crise teve inicio no ano passado. As empresas japonesas repensando seus orçamentos, estão cortando custos o que está afetando a maioria das produções desse ano e do ano que vem. Para ter uma noção de como é grave esse dado, a Toyota reduziu seus patrocínios no ano passado em 30%.

Mas o maior problema que a mídia japonesa enfrenta é a produção de má qualidade e “muitos programas de televisão vulgares e nocivos”, diz Sahiko Sugaya, presidente da TV Tokyo. Os telespectadores japoneses são atraídos por séries americanos, por ter tramas incomuns e produções em larga escala, diz Misako Wakai que lida com séries estrangeiras para a SKY Perfect JSAT Corporation. As séries americanas além disso, dá a escolha do público escolher se prefere dublado ou com legendas em japonês, com a tecnologia da televisão digital da SKY Perfect JSAT.

“Certamente, 24 horas foi o “boom” do momento”, diz a Sra. Wakai. Uma coisa que chama atenção é que os japoneses se interessaram pelas séries americanas, porque a maioria dos personagens principais tem profissões bem especificas, como um agente da CTU (Counter Terrorism Unit) em 24 horas e uma antropóloga forense em “Bones”, enquanto os dramas da televisão japonesa normalmente estudantes universitários ou assalariados. Eles realmente tem algo interessante que os japoneses não tem , diz Wakai.

A greve dos roteiristas em Hollywood em 2007 e 2008 foi outro fator determinante para o sucesso de séries americanas no Japão, diz Takeo Itami, um oficial de relações publicas da Geo Corporation, que opera uma grande locadora de DVD. “O [vácuo] dos filmes foi preenchido pelas séries americanas”, diz ele.
“Eu estou tão viciado”, diz Toshihiko Tsunenaga, estudante de medicina e grande fã de Jack Bauer, personagem protagonista de 24 horas.

Fonte: Global News Blog e Japan Now

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli