Sabe aquelas histórias de amor de cidade de interior? Aonde as crenças populares ainda existem. Pode ser assim que se define a linda história de amor de “Ima Ai ni Yukimasu”.

Baseada no livro que foi um grande best seller e que virou um filme de bastante repercussão em 2004. Infelizmente ou felizmente, está sendo produzido um remake americano, que terá a atrás Jennifer Gardner (seriado Alias e filmes De repente 30 e Elektra) em 2009. A série foi produzida apenas no ano seguinte do filme em 2005, e é considerada a melhor produção das três, sendo esta que iremos contar.

A série

Yuuji é um garoto de 6 anos de idade, que perdeu sua mãe há um ano atrás. Ele ainda sente muita falta dela, sendo que ele mata saudades dela, lendo um livro escrito por ela mesmo há um ano atrás. Acreditando firmemente no livro, ele crê que ela irá voltar na estação das chuvas (em junho).

Um dia, quando começa a estação das chuvas, Yuuji corre desesperadamente para o lugar aonde ele brincava com sua mãe no centro da floresta. Um túnel abandonado, ele e seu pai, Takumi, eles vêem uma mulher em volta de uma luz. Chegando perto dela, Yuuji percebe que sua mãe cumpriu a promessa, ela estava de volta a vida. Porém, ela tinha um problema, havia perdido a memória.
Amnésia

A série invés de abordar a volta dos mortos, da personagem Mio Aoi, optou-se por seguir o caminho de uma mãe que perdeu a memória. Em “Ima Ai ni Yukimasu” foi considerado relativamente “normal” a volta dela, aonde Takumi e Yuuji não medem esforços para fazer ela se lembrar deles.

Vendo uma casa bagunçada, Mio assume a função de dona de casa, trazendo a qualidade ao lar novamente. Takumi apenas a proibiu de ir a cidade, por achar que as pessoas não entenderiam como ela está “viva”.
Assim, começa o dia-a-dia da família “Aoi”, aonde a cada dia, Mio se sente mais em casa, mesmo não conseguindo lembrar de nada. Takumi vai contando aos poucos sobre o romance na juventude entre eles, levando a série a época do ensino médio.
Um dos méritos dessa série foi trabalhar muitos bem os personagens numa cidade de interior. Usando e abusando desse recurso, o elenco se interage muito bem na cidade pequena aonde todos se conhecem.
6 semanas

Uma das principais preocupações do Takumi, logo no começo da série, é sobre a última pagina do livro que sua esposa escreveu que Yuuji ignorou. Nela está escrito que ela voltaria para “casa” depois das seis semanas da estação das chuvas. Ele não fazia idéia, como Yuuji reagiria ao saber que sua mãe “morreria” de novo.

A própria Mio não sabe que pode “morrer” daqui seis semanas, o que começamos a achar que a decisão do Takumi é totalmente egoísta. Além disso, ela também não sabe que voltou dos “mortos”, achando apenas que perdeu a memória.

Cidade pequena

A novela tendo como cenário de fundo uma cidade pequena, acaba separando essa cidade em alguns pontos estratégicos, como: a casa que eles moram na floresta, a clinica que Takumi se cuida, a biblioteca em que ele trabalha, a escola que o Yuuji estuda e a casa da mãe da Mio, aonde também há o curso de jardinagem dado por ela.

Na casa, Takumi, Yuuji e Mio passam a conviver como uma família novamente. Mio se apega muito facilmente a Yuuji, no entanto ainda não aceita Takumi como marido, assim sendo verdadeiros estranhos na casa. Todos os dias, bem cedo, Takumi e Yuuji vão para a cidade, enquanto Mio assume os deveres da casa. Eles são muito amigos dos vizinhos Asuka e Shunsuke Kikuchi que tem uma loja de doces próxima dali.

Takumi tem uma doença rara que toda vez que fica estressado, a imagem se embaralha e ele desmaia. Além disso, qualquer meio de transporte muito rápido, ele se sente mal, assim tendo que tratar com a medica da cidade. Sendo medica e conselheira do Takumi, Naomi Hongo, é a primeira a saber do retorno da Mio e aconselha quais são medidas que Takumi deve ter para reconquistar sua antiga esposa.

Takumi trabalha numa biblioteca móvel na cidade, dividindo expediente com a Mariko Nagase e Hideo Imai. Mariko foi a melhor amiga de Mio no colégio, e hoje esconde um amor platônico por Takumi. Com a morte de Mio, ela pensa que pode corresponder com Takumi e ajudar a criar o Yuuji em tudo que for necessário. Além deles, Takumi deve seu emprego ao chefe Hachiro Suzuki, já que ele trabalha menos horas por causa de sua doença e por ter que criar Yuuki sozinho agora.

Na escola do Yuuki, a professora Saori Miura trata ele de uma maneira especial, já que ele perdeu a mãe recentemente, sendo quase uma segunda mãe. A melhor amiga de Yuuki é a Rena Saito, ao que tudo indica, eles devem repetir a mesma história de amor de Takumi e Mio.

Quem acompanha de longe o crescimento do Yuuji é a Ryoko Enokida, mãe da Mio. Pedindo para Takumi se mudar para casa dela e recebendo um não como resposta, Ryoko se afasta dos dois, para dar tempo de esquecerem de sua filha. Ela dá aulas sobre flores, sendo justamente isso que a fez agüentar a dura morte de sua filha. Em casa, Takao divide as frustrações com Ryoko, sobre a criação solitária do Yuuji nas mãos do Takumi.

Assim se resume a vida da cidade mostrada na série. Tendo personagens muito cativantes, todos eles ajudam diretamente ou indiretamente na criação de Yuuji. Por isso, Takumi preferiu esconder de todos o retorno de sua esposa, já que eles não entenderiam como ela pode voltar dos mortos por apenas 6 semanas.

Relembrando os tempos de colégio (Takumi X Mio)

Um dos segredos da série cativar o telespectador é colocar a personagem Mio, no lugar do telespectador e pedir para Takumi para que lhe conte como foi que os dois se conheceram.

Num flashback que sempre está presente nos episódios da série, Takumi relembra os tempos de colégio, quando os dois estavam na mesma sala. Nunca sendo francos um com o outro, acabou sendo no último dia do ensino fundamental que os dois perceberam que havia algo a mais que simples amizade. Takumi acaba mudando de cidade, mas mesmo assim não esquecendo Mio, sempre ligando, apenas pra ouvir a voz dela no telefone.
Um dia, eles marcam de se encontrar na cidade, com a desculpa de que Mio iria devolver uma caneta do Takumi da época que estudavam juntos. Não é nesse encontro que os dois se declaram, mas é a partir daí que fica óbvio que os dois realmente gostavam um do outro. Vale nota que essa história paralela, dá pistas sobre a “perda” de memória da Mio, por isso preste bastante atenção nesse primeiro e único amor dos dois.
Uma forma inusitada de contar episódios…

Yuuji sempre coloca um amuleto na janela de sua casa, assim em cada episódios vemos um novo amuleto ao lado do outro na janela. Esses amuletos são colocados a pedido de chuva, sendo assim que Yuuji demonstra que não quer q sua mãe vá embora.

Trilha sonora: Orange Range

A banda bastante famosa no meio de anime e manga, por causa de Bleach e Naruto também está presente nessa produção. A musica tema “Kizuna” foi produzida pela banda, tendo uma letra riquíssima, talvez sendo um dos melhores trabalhos do Orange Range.
Elenco
A protagonista da série, a Mio Aoi foi interpretada pela belíssima atriz Mimura. Dando um show em interpretação, Mimura tem poucos trabalhos de destaque na mídia japonesa, como as excelentes séries Rikon Bengoshi e Fire Boys.

O personagem Takumi Aoi foi interpretado pelo astro Hiroki Narimiya. Estrelando diversas séries de sucesso, como: Gokusen, Trick3, Stand Up! e Orange Days. No cinema, ele participou em Azumi, Nana 1 e 2, Kagen no Tsuki e Sakuran.

O Yuuji Aoi, filho do casal, foi interpretado pelo Takei Akashi, atualmente com 10 anos de idade. Uma curiosidade que ele é o único ator que atuou também na versão cinematográfica de Ima Ai no Yukimasu. O dorama mais recente dele foi a comédia Enka no Joou que conta a historia de uma cantora de música enka solteira de 39 anos, que tem azar no amor e no dinheiro.

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli