Continuando minha saga de falar sobre automobilismo ligado ao Japão, eu não poderia deixar de citar os pilotos japoneses que passaram pela F1…

Satoru Nakajima Um dos mais famosos com certeza foi Satoru Nakajima, o primeiro deles a fazer uma temporada completa na F1!
Nakajima tinha um forte apoio da Honda e isso foi fundamental para sua estréia em 1987 pela Lotus, já que uma das condições para que a Lotus recebesse esse motor, era que Nakajima fosse um dos pilotos. Tanto a Lotus como Ayrton aprovaram Nakajima.

2099
Quando a Honda saiu da Lotus e a equipe teve que buscar outros motores. Ela estava na fase final de sua existência e tanto Piquet quanto Nakajima tentavam fazer o carro entrar nos 26 que participariam na corrida. Nem sempre conseguiram, mas na prova final, na Austrália, debaixo de forte chuva, o piloto japonês fez uma das melhores provas da sua vida, terminando em quarto lugar e fazendo a volta mais rápida. Foi a única vez em que ficou nos pontos, e os três que tinha ganho naquele dia deram-lhe o 21º lugar final, com uma volta mais rápida.

Após a sua saída da F1, se manteve ligado à Honda entre 1993 e 1994, na primeira tentativa da marca em voltar à competição através de uma equipe própria, como fizeram nos anos 60, sendo o seu piloto de testes. Depois disso, abandonou definitivamente as pistas como piloto e iniciou uma nova carreira: a de dono de equipe.

Seu filho Kazuki disputou o Mundial de Fórmula 1, pela equipe Williams em 2008 e 2009.Kazuki e Satoru
Daisuke, filho mais novo de Satoru, compete na Fórmula 3 britânica.

Nakajima disputou 80 GPs (74 largadas), marcou 16 pontos (marcaria mais com o sistema atual de pontuação) e teve 1 volta mais rápida.
É definitivamente um nome a ser lembrado na F1 e no Japão por seu pioneirismo

About Stunts

Ferrarista, estudante de Marketing, saudosista da Rede Manchete e da época que tinham peitinhos na Sessão da Tarde

View all posts by Stunts