J-Drama Review 29: Sunao ni Narenakute 5/5 (1)

Image Hosted by ImageShack.us

Essa foi uma série que acompanhei cada anúncio da televisão japonesa, seja do elenco, da roteirista, e talvez o motivo que tenha tornado ela mais conhecido foi ela abordar o Twitter.

Particularmente como fã de doramas, Sunao ni Narenakute tinha algumas coisas que se destacava de outras séries da mesma temporada, que foi ter os mesmos produtores de Last Friends, uma série que marcou muito, e outra coisa ter os mesmos atores de Last Friends, que foi o Eita e a Juri Ueno. Porém, outro detalhe pouco divulgado, e fundamental pra mim foi o retorno da Kitagawa Eriko aos doramas, sua última série tinha sido Tatta Hitotsu no Koi em 2006. E o que tem de especial da Kitagawa Eriko? Bom, ela assinou a maioria dos doramas que estão na minha Top List de favoritos como: Asunaro Hakusho, Long Vacation, Beautiful Life, Sora Kara Furu Ichioku no Hoshi, Orange Days e o próprio Tatta Hitotsu no Koi, portanto quem é fã dela, esperava esse retorno há muito tempo.
Image Hosted by ImageShack.us

Nas semanas perto da estréia, veio as notícias como a participação do membro do Tohoshinki, Hero JaeJoong, como também que a banda WEAVER cantaria a música tema da série. Será que a série seria boa mesmo?
Image Hosted by ImageShack.us

A história

Sunao ni Narenakute começa já numa correria, aonde conhecemos Nakajima Keisuke correndo desesperado atrás de alguém e depara com uma porta trancada e ensangüentada. Logo somos informados que essa é uma cena no futuro e que estamos voltando para o começo da história.

Recebemos um breve resumo sobre o que é Twitter, uma mídia social que virou a moda do mundo inteiro, inclusive no Japão.

Assim começa o dorama que apresenta quatro amigos que se conheceram via Twitter e que marcaram de se conhecer em um pequeno bar em Tóquio.

No caminho do encontro no bar, Nakaji acaba se esbarrando com a Haru, uma professora substituta e insegura, que ao se esbarrar com ele, acaba gerando uma cena engraçada, sendo chamada de tarada por ele.

Chega à hora de se conhecerem, Haru insegura acaba levando a amiga Hikari por insegurança. Assim, Haru e Hikari conhecem o jornalista Linda e o coreano DOCTOR. Lembrando que todos estão usando seus Nicks de twitter, com a exceção da Hikari que não usava Twitter, mas decide começar a usar a partir desse encontro.
Image Hosted by ImageShack.us

Haru e Nakaji acabam indo embora juntos por morarem perto, enquanto DOCTOR, Hikari e o Linda acabam saindo para beber em outro local. DOCTOR vai embora esperando que Nakaji e Haru sejam só amigos, enquanto Hikari seduz Linda para dormirem juntos.

Conhecemos a mãe de Haru, a Sachiko e o pai de Nakaji, Takashi que tem uma estranha amizade e também conhecemos o irmão da Haru, o Shu que é um jovem não consegue achar emprego e acaba virando drogado dentro de casa, escondendo isso da irmã e da mãe.

E assim também somos apresentados a estranha relação de Nakaji com uma mulher casada, a Kiriko, um amor do passado que se casou para ajudar a família, porém ama Nakaji, mesmo ele sendo um fotografo não bem sucedido.
Image Hosted by ImageShack.us

Enquanto isso, Hikari descobre que está grávida e o suposto pai rejeita a criança, achando que ela é uma garota fácil e poderia não ser dele o filho. Ela decide na dor renascer como uma pessoa melhor, pedindo que todos a chamem de Peach, mesmo apelido que ela usa no Twitter.

Haru e Nakaji por morarem próximos sempre se encontram numa loja de conveniência e tem uma amizade que gera ciúmes da Kiriko que não aceita que Nakaji namore outra pessoa. O que faz Nakaji acreditar numa chantagem da Kiriko que corta seu braço com um pedaço de vidro, acusando a Haru.

DOCTOR acredita que fez seus primeiros amigos no Japão, trabalhando numa empresa que produz aparelhos para hospitais, vive o preconceito e o não reconhecimento na empresa que trabalha. Ele também tem uma irmã mais nova, a Minha que estuda na mesma escola que a Haru da aula.
Image Hosted by ImageShack.us

A vingança contra uma professora

Linda que entrou no grupo para fazer uma matéria para a revista em que trabalha, sofre assédio sexual de sua chefa, Mariko. E tenta resistir às cantadas, porém, analisando a situação de seus amigos, decide usar essa brecha criada pela sua chefa para ajudar eles.

Assim Linda decide ajudar DOCTOR a fazer um folder para a empresa em que trabalha, como também decide falar com seu pai que é dono de um hospital para ajudar seu amigo. O folder que tem a ajuda do Nakaji nas fotos, redação da Haru, acaba sendo roubado por outro funcionário da empresa, porém Linda consegue fazer seu pai fechar negócio com a empresa que o DOCTOR trabalha.

Enquanto isso, conhecemos o aluno Kenta que é um dos mais espertos da sala que a Haru da aula, sempre corrigindo ela. Isso acaba gerando um mal-estar entre ela e o diretor da escola. Kenta também descobre o twitter da Haru e quer se vingar dela, além de vender drogas pro irmão dela, o Shu.

Haru não desconfia de nada, porém decidi vigiar Kenta e acabando descobrindo no topo de um prédio, aonde ele reúne seu bando e vende drogas. Os amigos de Kenta tentam molestar a Haru que usa o celular para twittar um pedido de socorro.

Nakaji e o DOCTOR tentam rastrear onde a Haru está, indo atrás dela, porém a Peach também pede socorro, o que faz DOCTOR ir sozinho para encontrar a Haru.

Batendo e apanhando também, DOCTOR acaba salvando Haru, que ao segurar ele, recebe um pedido de namoro dele.

Enquanto isso, Peach está tendo um aborto natural e Nakaji a leva para o hospital, porém é tarde demais. Os sonhos da Peach em se tornar uma mãe solteira se desmancham, numa mistura de dor e decepção, porém ela tira a conclusão que talvez seja melhor assim.
Image Hosted by ImageShack.us

O namoro com DOCTOR

DOCTOR acaba quebrando a cara, ao pedir Haru em namoro num dos encontros do grupo. Assim, discretamente, ele acaba pedindo numa outra situação e Haru aceita meio tímida e relutante.

Nakaji decide comprar um anel para Kiriko, porém ela não aceita, como também revela que seu marido contratou um detetive que tirou fotos dela com ele. Não querendo perder o casamento, Kiriko não só não aceita o anel, mas pede para nunca mais se verem, contando que era mentira o lance da Haru ter a machucado.

DOCTOR decide levar Haru para a casa dele, o que faz Minha reconhecer a Haru, além da Haru descobrir um pouco da cultura coreana ao lado do DOCTOR e da Minha.

Haru e Nakaji mesmo sendo só amigos acabam gerando ciúmes do DOCTOR que não entende como ela não se abre com ele, porém com Nakaji, ela está sempre sorrindo.

Linda consegue fazer Nakaji virar fotógrafo da revista em que trabalha, fazendo Nakaji largar ensaios pornográficos e sensuais que tirava foto antes, agora sendo reconhecido como fotógrafo de verdade.
Image Hosted by ImageShack.us

A última viagem de nossas vidas

Para comemorar, Linda sugere uma viagem à praia com direito a churrasco e muitos fogos de artifício. É uma festa que o telespectador sabe que são as últimas deles todos juntos, porém não sabemos o motivo que vai gerar essa separação.
Image Hosted by ImageShack.us

Spoiler
Obs: Se você não deseja saber a reta final da série pule até o final da parte Spoiler

Minha pede para o DOCTOR ler a carta da mãe deles, mesmo mandando várias, DOCTOR nunca quis ler, porém dessa vez, a mãe deles diz que o pai deles está doente e que eles precisão voltar, para ele assumir a empresa do pai.

Assim, DOCTOR pede para Haru largar tudo e ir com ele para a Coréia conhecer seus pais. Porém a Haru não está tão convicta, recebendo a recomendação do diretor em tentar um emprego em outra escola, ela está estudando para passar no exame da outra escola.

Enquanto isso, Takashi vai para o hospital com a ajuda da Sachiko e Nakaji acaba descobrindo que seu pai está com câncer. Sachiko revela que Takashi foi um amor da vida dela quando era solteira e um dia eles se encontraram na rua, desde então viraram amigos e conversam sobre suas vidas.

Um dos encontros no bar, Haru vai embora mais cedo, DOCTOR decide fazer Nakaji ficar longe dos dois, contando a mentira que o relacionamento dele com Haru esta bem séria, dando a entender que os dois já tinham ido para a cama. Nakaji não só acredita como bebe acima da conta.

Peach leva Nakaji para casa, porém Peach carente pede que o Nakaji fique com ela, dando entender que os dois dormiram juntos. No dia seguinte, Haru vai à casa de Nakaji e encontra o brinco da Peach, que logo encontra os dois, e pede desculpas pra Haru, dizendo que não aconteceu nada.
Image Hosted by ImageShack.us

Haru acaba não passando no exame e decide ir pra Coréia conhecendo os pais do DOCTOR, enquanto isso Nakaji dorme de cansaço no apartamento do Linda, que beija o pescoço do Nakaji, revelando pro público que é gay e que é apaixonado pelo Nakaji.

Nakaji acorda assustado e Linda foge de tentar contar a verdade pra ele, como também não vai trabalhar, preocupando a todos.

Um dia fotografando, Nakaji recebe uma ligação estranha do Linda que pede desculpas e fala a verdade sobre a atração dele. Nakaji que ao desligar fica desconfiado que tem algo errado e corre desesperado até o apartamento de Linda.

Somos apresentados a mesma cena que abriu a série, uma porta cheia de sangue, porém dessa vez, sabemos que Linda tentou se suicidar cortando seu pescoço.

No hospital, todos vão para apoiar o Linda e a mãe dele revela que ele sempre guardou seus problemas pra ele. Percebemos que enquanto Linda tentou ajudar todos, a verdade é que ele nunca revelou seus problemas, para que seus amigos o ajudassem.

Nakaji revela as fotos da festa na praia e tenta animar o Linda, porém ao chegar no hospital, ele está passando mal e é levado para a mesa de cirurgia. Ele não resiste e morre, porém a mãe dele entrega seu celular para Nakaji, dizendo que Linda havia deixado recado para todos os seus amigos, ali.

Linda mesmo amando Nakaji sabia que ele tinha que ser feliz com a pessoa que ele achasse certo, assim Nakaji corre para o aeroporto para tentar impedir o embarque da Haru com DOCTOR para Coréia.

Haru diz que sente muito e entra no corredor para embarcar para a Coréia, porém na sala de embarque, DOCTOR e Haru conversam, e ele a libera de viajar com ele.
Image Hosted by ImageShack.us

Em casa, Naru conta para a mãe dela o que anda acontecendo, sendo que amar não é algo fácil de escolher e de saber.

Nakaji ao encontrar seu pai, recebe uma passagem para o Iraque, para ele tirar fotos que pudesse se orgulhar para o resto de sua vida. Ele sempre teve orgulho de seu pai por fotos tiradas em guerra, era hora de ele tirar suas próprias fotos.

Arrumando as coisas, Nakaji embarca para o Iraque, enquanto Haru corre atrás dele, mas agora é tarde demais, ela não consegue impedir o embarque dele.

A vida continua, DOCTOR volta para o Japão, comentando sobre a viagem e que vai ficar por lá na Coréia, para cuidar da empresa do seu pai.

Haru se esforça e estuda para passar de um novo exame em outra escola, sendo que dessa vez passa. Ela também descobre que seu irmão é drogado e leva para uma clínica antidrogas, depois de uma discussão da mãe dela com ele.

O tempo passa e um dia Haru encontra Nakaji na mesma ponte onde eles passaram alguns momentos juntos no passado. Será que agora Haru será feliz? Isso só telespectador vai saber.

Fim do SPOILER

Image Hosted by ImageShack.us

Algumas considerações sobre a série (tem spoilers)

Mesmo trazendo todo enfoque que a série seria sobre Twitter, Sunao ni Narenakute trouxe uma história original de cinco amigos que são diferentes e aprenderam a se tornar um grupo pra toda vida.

Para quem esperava um foco maior no twitter, aqui trouxe o uso do cotidiano. Foi bem sacado, e como podíamos imaginar, Twitter acabou se tornando coadjuvante de uma série que ganhou alarde em torno disso.

Eu não vou negar que em Sunao ni Narenakute, eu torci para Haru ficar com DOCTOR, porém quando os dois começaram a namorar eu entendi que algo estava errado. Talvez esse seja o mesmo problema da série Hotaru no Hikari, você imagina que será feliz com uma pessoa o resto da sua vida sendo que quando a consegue, descobre que não é bem assim e que existe história depois do “felizes para sempre”.
Image Hosted by ImageShack.us

Sobre a viagem do Nakaji, para mim foi a solução da autora dele ter sua redenção, como se “purificar” por todo mal que ele fez a Haru. Não queria que ele ficasse com ela, porém essa redenção me fez reavaliar o personagem, acreditando que a Haru sempre o amou e que agora ele está pronto para namorar com ela.

Uma das grandes surpresas foi o Linda ser gay, um amigo já tinha me avisado isso logo no terceiro episódio, porém eu não peguei, já que ele havia ficado com a Peach, depois havia ficado com a sua chefa. Também não esperava que ele fosse o personagem que iria morrer dos cinco amigos, o que acabou tornando trágica a história de amor dele por Nakaji.

A série Sunao ni Narenakute pode não ter sido excelente, e em muitas partes parece que teve seu roteiro alterado, deixando coisas pendentes para trás. O personagem Shu, irmão da Haru foi muito mal explorado na série, como também o arco que o amigo dele, que é aluno da Haru, acabou de forma brusca e não se citou mais o assunto, apenas uma ligação do personagem para ela num episódio mais a frente.

Outra mudança talvez no ponto de vista moral foi o lance da mãe de Haru e o pai de Nakaji se conhecerem e dar entender que eles tinham um caso. O pai de Haru nunca foi mostrado, se sabe apenas que ele trabalha em outra cidade, porém se a autora desejava que Haru e Nakaji ficassem juntos, não daria pra colocar a mãe dela tendo um caso com o pai dele. Pra mim não rolou no final, falar que ambos são só amigos, não depois de tantos momentos que eles tiveram durante a série.

Uma personagem incompreendida foi a Peach, explorando uma personagem que não teve um grande amor da sua vida. Ela acaba agindo de uma forma que soa promiscua, foi uma grande ousadia dessa série e mesmo com tudo isso, Peach ganhou uma legião de fãs. Peach mesmo traindo Haru e ficando com Nakaji nos episódios finais, ela continua sendo uma das personagens favoritas dessa série.

Essa foi mais uma série que fez sucesso no twitter, sendo muitas vezes virando Trending Topics, enquanto era exibida no Japão. Muitas vezes, usamos a hashtag #sunanare para comentar do dorama entre amigos no twitter, sendo uma experiência maravilhosa, de se assistir com amigos e comentar sobre ela por lá. Talvez essa seja uma das experiências que infelizmente quem vai assistir agora, nunca poderá vivenciar, que é debater sobre qual caminho essa série vai acabar.
Image Hosted by ImageShack.us

Trilha sonora

Para a trilha sonora, a Fuji TV arrasou, trazendo uma trilha ocidental atual e que se encaixou perfeitamente a atmosfera criada na série. Começando por uma trilha instrumental de Hans Zimmer, que foi criada para o filme “O amor não tira férias” (The Holiday) que foi usada na série em momentos chaves.

Todo começo de episódio, também tínhamos a dupla inglesa The Ting Tings, seja tocando Great DJ, ou That´s Not My Name, a dupla se tornou a trilha oficial da série. Para complementar, ainda teve episódios que tocaram outros sucessos da dupla, como Keep Your Head e Be the one.

Muitos episódios tocaram a versão acústica de Great DJ, sendo linda essa versão da dupla, que também empresta a mesma música para o filme Scott Pilgrim Contra o mundo.

Como tema da série, o grupo WEAVER lançou o single Hard to say I Love you, o subtítulo do dorama. A música é linda e tocava sempre na prévia do próximo episódio, deixando um suspense pra próxima semana.

Como trilha de inserção, a cantora Sugawara Sayuri fez a música com mesmo nome da série, Sunao ni Narenakute, sempre usada em momentos românticos. Linda canção e balada romântica, também se tornou a marca registrada da série.

A trilha de Sunao ni Narenakute dá pra se falar muito, já que é maravilhosa como um todo. Quer trilha mais emblemática que o tema do Linda, Maybe Tomorrow? Cantada pelo Stereophonics, a música já havia tocado em séries como Smallville, porém pra quem sentiu a dor de Linda, não tem como não associar essa canção com ele.
Image Hosted by ImageShack.us

Elenco

Temos atuações brilhantes, num elenco muito bem escolhido, que faz nos sentir raiva e alegria ao mesmo.

Eita como Nakaji me fez sentir muita raiva como tratava a Haru, sendo um personagem difícil de lidar e de gostar.

Juri Ueno é um assombro em cada dorama que atua, sendo Last Friends, ou Nodame Cantabile, aqui Haru é doce, meio inocente, numa realidade dura e fria. Atuação belíssima e de longe uma das personagens mais carismáticas da série.

Para a Peach, tivemos um personagem difícil que ficou nas mãos da Seki Megumi. É uma personagem que poderíamos odiar e olha que ela se saiu muito bem. A atriz fez Dragon Ball Evolution, Liar Game: The Final Stage entre tantas outras produções, como doramas polêmicos como LIFE e aqui, trouxe uma mistura de amor e ódio, com a Peach.

Para o Linda, tivemos o Tamayama Tetsuji que é um grande ator, participando de doramas como BOSS. Ele fez o Gao Silver, no tokusatsu Hyakujuu Sentai Gaoranger lá em 2001 pra 2002. Um grande ator e talvez deveríamos prestar mais atenção nele, e nas outras séries que fez.

Para o DOCTOR, uma grande surpresa, foi a estréia em doramas japoneses, do ator e cantor coreano Hero JaeJoong. Sabíamos que ele pertence a boy band coreana Tohoshinki, sabíamos que ele já havia feito doramas coreanos, porém ainda era uma incerteza sobre ele num dorama japonês. Ele se saiu muito bem, fazendo o inseguro DOCTOR merecendo toda atenção que ganhou da mídia japonesa.

No elenco secundário, mesmo com participação bem reduzida, o ator Nakamura Yuichi foi uma aparição bem vinda. Direto de Kamen Rider Den-O, ele fez o Kamen Rider Zeronos e é bom ver que ele está fazendo outras séries de sucesso.

Gostou? Não gostou? Comentem o que achou de Sunao ni Narenakute.
Image Hosted by ImageShack.us

Comentários

comentários

Please rate this


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
  • Hiru

    Nao eh o carinha do DBSK ali ? '-'

  • marceli

    é!!! Meu tem mais foto dele q de todo mundo e vc só perceveu agora?? é o jae joong Hero ^^ Lindo ele neh!

  • Touchdown! That's a really cool way of pttunig it!