A ABC e a Marvel anunciaram uma série de projetos para transformar em seriados alguns dos heróis mais clássicos (e menos conhecidos) da editora, a começar com nosso gigante verde favorito, o Incrível Hulk.

Aos de fraca memória, nos anos anos 70-80, houve o memorável seriado do Hulk com o Bill Bixby e o gigante Lou Ferrigno, da CBS; desde então, nada se fala de Live Action para TV da editora (a menos que o leitor considere Geração-X como piloto de série, mas ai o nível de terapia é maior). A noticia bate de frente com o anuncio pela DC Comics do retorno de um seriado da Mulher Maravilha.

Hulk é um dos dois projetos tratados como prioridade pela Marvel Television, que cuida de programas de TV relacionados com a editora, mas pouco foi falado desde que o escritor Jeph Loeb assumiu em Junho. Aos que não se lembram, Jeph Loeb é o mesmo senhor que avacalhou Smallville e quebrou Heroes, o que reforça a teoria de

que a Marvel precisa de um teste de anti-doping na entrada do prédio.

Fanatismos quadrinísticos a parte, a outra série comentada seria finalmente uma adaptação de Manto e Adaga, ambos já em estágio de desenvolvimento. Dependendo da repercussão dessas duas séries, outros nomes foram listados como possíveis adaptáveis, como Heróis de Aluguel, Os Eternos, Agentes de Atlas [Alter Ego], Cavaleiro da Lua [O Capuz], Filhas do Dragão, Ka-Zar e O Justiceiro.

A Marvel anunciou que pretende levar as coisas em seu tempo, então nada de datas para estréia dessa vez. Além disso, não se sabe se as séries se passarão no mesmo universo estabelecido pelos filmes atuais como Homem de Ferro, Hulk e os vindouros Thor, Capitão América e Vingadores.

Fonte: The Hollywood Reporter