Dando continuidade a série de desenhos do Super Mario Bros., chegou à vez de falar da terceira série baseada nos jogos do personagem, dessa vez Super Mario World. Dessa vez, a série foi produzida e lançada junto com Capitão N (na temporada anterior já haviam feito isso, mas a versão que chegou aqui não tinha o Capitão N), e os até então 22 minutos do desenho acaborando virando 10 minutos para Super Mario World e 10 minutos para Capitão N, sendo os demais para abertura e encerramento das séries.


Sendo a mais curta das três séries, Super Mario World foi produzida em 1991, tendo apenas 13 episódios. Ela foi exibida no Brasil no programa TV Colosso, na Rede Globo, chegando bem mais tarde que as duas séries anteriores por aqui.

Descaracterização

Se em The Super Mario Bros. Super Show e Super Mario Bros. 3 haviam algumas mudanças em relação aos jogos originais, nada se compara ao que a DIC fez na produção desse desenho.

Por exemplo, se desde a primeira série Toad estava acompanhando os personagens, em homenagem a Super Mario Bros. 2, aqui o personagem roda e é substituído pelo garoto das cavernas Oogtar. No original, os dois personagens eram dublados pela mesma pessoa, o John Stocker, porém Oogtar é uma criação exclusiva na série animada.


A História

Depois de salvar o Reino dos Cogumelos, Mario, Luigi e a Princesa Toadstool acabam indo parar para Dinossaur Land. Nesse mundo, homens das cavernas vivem por lá, e Rei Koopa e os Koopalings aparecem para dominar esse mundo também.

Para quem nunca viu o desenho, pode parecer estranho, mas o Rei Koopa aqui já havia virado um personagem cômico, e mesmo seqüestrando a princesa algumas vezes, o seu plano de dominar aquele lugar beirava o ridículo muitas vezes.


Para se ter uma noção disso, no episódio Rock TV Koopa decide trazer uma invenção do mundo real, que é a Televisão, sendo que você paga uma moeda de ouro por hora. Mario chega a fazer uma ironia com Luigi, comentando que se fosse no mundo real ele teria que trabalhar para isso, mas aqui não havia problema, porque é só quebrar tijolos e estava resolvido. Logicamente, Koopa queria as televisões na casa dos homens das cavernas, para hipnotizá-los e fazê-los atacar Mario.

Outro episódio é quando Rei Koopa e seus filhos decidem juntos criar um circo em seu Castelo de Neon (sim, esse era o nome do castelo no desenho!), para atrair os homens das cavernas pra lá. Nesse episódio, eles adaptam Rei Koopa como chefe final em sua nave voadora, seqüestrando a princesa no final e ficando bem fiel a essa parte no jogo.

Porém, nada se compara a fama que o Luigi ganhou na Internet, graças a essa série. No episódio Mama Luigi, Yoshi está na cama e pede para o Luigi contar uma historia e ai é contada a origem do Yoshi. Luigi conta como eles chegaram naquele mundo e que Rei Koopa teria seqüestrado a princesa, enquanto novos inimigos, haviam rachado a terra, o feito cair por horas no centro da Terra. Misteriosamente, o desenho ignora a ilha dos Yoshis, como também que ele pode ser facilmente encontrado nas fases, optando dizer que Yoshi era um ovo que estava no centro da Terra. Luigi ao pegar o ovo e salvando ele de outros dinossauros maiores, acaba sendo chamado de Mamãe Luigi por Yoshi, gerando a piada que até hoje circula por sites, como You Tube.


Super Mario World ainda tem um especial de Natal em pleno mês de agosto, no qual Mario para acabar com as brigas entre os homens das cavernas traz a lenda do Papai Noel e de que apenas os garotos comportados ganhariam presentes. Rei Koopa tenta acabar com Natal das Cavernas, roubando os brinquedos, e acaba com o Mario vestido de Papai Noel e usando o Yoshi como rena para resgatar os presentes.

Mesmo descaracterizada, Super Mario World é uma série que deixa saudades. Agora que Mario realmente tem uma história como em Super Mario Galaxy, uma série baseada no jogo talvez fosse totalmente diferente do que foi feito antes.

Dublagem

Mais uma vez, o elenco que havia dublado as duas séries anteriores voltou reprisando seus papéis. Assim temos Antonio Patiño como Mario e Jomery Pozzoli como Luigi. Para o papel da princesa Toadstool, a dubladora Guilene Conte também reprisou o papel.

Abertura


Episódios Dublados

Publicado originalmente no Portal Nintendo World

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli