JWave #60: Adolf – parte 1

Bem vindo ao JWAVE…

Chegamos ao JWavecast 60 e continuando o mês especial sobre a Segunda Guerra Mundial.

Juba, Calliban, Mave e Diogo Prado (do MBB Anikenkai) se reúnem para conversar sobre a obra do Osamu Tezuka sobre três personagens chamados Adolf. Um mangá intenso que saiu em 5 edições no Brasil pela Editora Conrad em que sua trama trabalha com a possibilidade de Adolf Hitler ser neto de judeus.

Essa é a primeira parte desse especial sobre a obra Adolf e esperamos que gostem!

PARTICIPANTES
Juba
Calliban
Mave
Diogo Prado

CORREIOS
Montagem do Igor Mendes Amorim da fusão Goku com Juba

TEMA
Osamu Tezuka
Adolf Volume 1
Osamu Tezuka no Brasil
Adolf Volume 2

E-MAILS E TWITTER
Gostou? Não gostou? Mande suas críticas, elogios, sugestões e críticas Mande e-mails para [email protected]


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

34 respostas a JWave #60: Adolf – parte 1

  1. @Bugaf disse:

    Tema fodaaaa! @_@

    Daigo, um abraço!

  2. actionnerds disse:

    E eu achando que era sobre o personagem mesmo.
    O tema é AINDA MAIS FODA * . *

    Ozamu Tezuka e 'seus' Adolf's /o/

  3. Ah, vim correndo pra ser o primeiro mas nem fui! hauhauhau

  4. Um Podcast clássico.
    Parabéns primeiramente pelo tema de 2ª guerra mundial abordado esse mês e posteriormente por abordar o Osamu Tezuka. Adolf é digno tema de segunda guerra mundial.
    A 2ª parte de Adolf não será na proxima semana né?

  5. rafael taira disse:

    nossa tema muito bom. ma quem é q pediu esse tema pra vcs? até hj não conheço nenhuma pessoa q le esse mangá. e já faz uns 3 anos q ele começou a ser lançado no Brasil

  6. rafael taira disse:

    Ei bem q vcs podiam fazer no jwave um mês só de Tokusatsu.
    ou fazer um mês de jwave só sobre guerra fria se é q possivel.

  7. Tatiana Haruhi disse:

    Um podcast sobre o mestre Osamu Tezuka aguardado com ansiedade. Muito bom, parabéns time JWave. E sobre sugestão para temas mensais, que tal começar com um mês falando da influência da mitologia oriental nos mangás / animes mais conhecidos. E um abraço para o Daigo.

  8. E um abraço pro Daigo! O/

  9. Francisco disse:

    Não ouvi ainda mas tenho certeza q será mais um podcast clássico do JWave.

  10. Renan Aspira disse:

    Poxa, ótimo cast! Acho que vou comprar essa HQ!

    Esperando o cast sobre Gen, pés descalços!
    My recent post DOODLEBUG – by Christopher Nolan

  11. Saori disse:

    Ótimo tema!! ‘Adolf’ não poderia ser esquecido do especial II Guerra Mundial. Gostei bastante do PODCAST e não tenho nada a acrescentar, só aguardo com ansiedade pela segunda parte (^_^).

    Enfim, sugiro outro título que também é abordado e expande mais os acontecimentos da II Guerra Mundial. Este foi lançado aqui no Brasil pela editora New Pop: El Alamein no Shinden, de Yukinobu Hoshino.

  12. Sobre o Kurumada ele não sabe desenhar isso sim. Ele usa essa doutrina do Tezuka como desculpa :)

    E um abraço pro japonês que fala alemão (fiquei com medo do Daigo agora xD)

  13. gustavomoonmartins disse:

    Não conhecia essa obra do Tezuka, mas confesso que me interessei.
    Espero que assim como Buddha, Adolf seja adaptada para animação. Apesar dos personagens burros, o storytelling me pareceu ótimo.
    My recent post Chantel: Capítulo Duplo

  14. Drugue disse:

    Adolf assim como Buda foram os grandes mangás da Conrad que eu fiquei de comprar e até hoje estou no fiquei…
    Mas a Obra de Osamu Tezuka é sem sombra de duvidas um expoente e não tem como não ter na coleção né?
    Quem sabe no próximo anime friends ou na próxima visita a liberdade eu não acabo comprando esses arco iris para a coleção.

  15. zackmalvado disse:

    Tema interessante. Estou curioso para saber mais sobre esta obra. Me parece, num primeiro momento, um tema muito ousado, porém oportuno.

    Espero que a obram, como não não ocidental, possa jogar luz sobre o tema, sobre estes personagens que foram elegidos como os vilões do mundo em todas as mídias. Não para fazer apologia, lógico, mas para mostrar o lado humano, cinzento e não preto e branco.

    Ouvirei!

    Fica devendo o linkezinho para comprar. Fica a sugestão, eu já comprei um monte coisa desta forma. Mas não sei como está o contrato de vocês com os novos parceiros.

  16. Tiago Tarnawisky disse:

    Não conhecia a historia de Adolf fiquei na duvida entre ouvir a Part 2 ou ler o manga primeiro.
    Na minha lista de compra desse ano Osamu será o Dororo e talvez Buda.
    Infelizmente a unica obra do Tezuka que tenho é Metropolis. E vou ver a animação, já que o podcast de Akira foi que fez eu começar a escutar Jwave.
    Minha namorada acha que o proximo será de Gen Pés Descalço, ela compro (passando a pensa em mim) e leu hoje. Esse aqui foi o primeiro podcast que era ouviu inteiro.

  17. @Bugaf disse:

    Acabei de ouvir o cast e….PUTA QUE PARIU…ficou muito foda!
    Me fez conprar todos os volumes do mangá XD
    O que, mais me impressionou foi a trilha sonora O_O
    Parabéns Juba pela MARAVILHOSA edição deste podcast.
    JWave evoluindo cada vez mais!

  18. Rebecca Agra disse:

    Jwave me apresentando coisas cada vez mais legais!

    Parabéns por mais um programa ótimoooooo!

    Ps. Um abraaaaaaço para o Daigo! E um xêru pra toda equipe JWave!
    My recent post Reciclando bichos de pelúcia

  19. @i_amorim disse:

    Vou fazer uma campanha "Juba libera o Gokun!!" heheheheheh

    Ótimo cast, não conheço o autor e esse Jwavecast é mais um pouco de cultura pra minha mente sedenta!

    Abraço!

  20. Só achei que o Juba devesse colocar a foto dele(Goku) loiro no post. Pô xD

  21. Ficou legal a montagem ^_^

  22. Éder disse:

    Nossa, estou com 2 JWave atrasados, mas ja estão baixados, e fui escutar, mas sei q serão ótimos casts como sempre, inté xD

    Abraço para o Daigo

    Abraço para o Daigo

  23. @wwDaigo disse:

    Agora não tem desculpa.

  24. Krull disse:

    Tava demorando pra fazer um podcast sobre uma das poucas obras do Tezuka que veio pra essas bandas.
    Sobre a inteligência dos personagens, as inconsistências históricas, etc… Isso tudo faz parte da "realidade da história", que é muito usado em filmes(principalmente nos filmes do James Bond, que aproposito da muita influencia na obra), é tudo perfeitamente aceitável.

  25. Kyon disse:

    Primeiramente…. YO!
    Eu não lembrava como os personagens eram tão idiotas, mas é verdade, o Diogo está certo, apesar disso sou um infame que lia este mangá emprestado do amigo e que por isto, já faz 2 anos mais ainda não li o 5º e último volume. Eu me desprezo por isto como fã do mestre Tezuka. Ainda comprarei todos os mangás do mestre que saíram no brasil e alguns que saíram fora e ainda não li. Aliás sobre a Biografia do Tezuka e mangá, dava bons 4 podcasts não acham?

    Gostei bastante da edição e espero ansioso pela parte 2.

    Escrevi um termo biográfico resumindo a história do Tezuka para quem quiser dar uma olhada, mas não tem tempo de pesquisar muito. o link do texto é http://animeportifolio.wordpress.com/anime/osamu-

    Fiz um especial pro mestre envolvendo meus dois blogs também, chamada semana Tezuka a qual destaco apenas as inúmeras fotos de várias pessoas com uma boina homenageando o mestre que tirei em um evento, elas estão na pasta do meu photobucket (Não sou um grande fotógrafo e a câmera no ajudou muito): http://gs169.photobucket.com/groups/u224/K8ZGD9VT

    E alguns vídeos com entrevistas e trabalhos experimentais do mestre podem ser vistos aqui: http://yopinando.wordpress.com/videos-legais/fim-

    Fiz outros textos, mas não cabe aqui fazer mais jabá, acho que já abusei um pouco, quem tiver afim só dar uma olhada lá nos blogs.

    Aguardo ansioso pela próxima edição! Um abraço para vocês e para não perder o hábito, um abraço para o Daigo!
    My recent post Mestres da Animação: Isao Takahata

  26. shadowclass disse:

    Conhecia varias obras do Tezuka, mas como sou otaku recente não conhecia essa, vou correr atras, e juba eu tambem comecei a assistir Gokaiger por causa do jwave.
    PS: Um abraço para o Daigo
    My recent post Animes Bom Demais 1 – Katekyo Himan Reborn

  27. Pingback: JWave #61: Adolf – parte 2 | JWave

  28. The_Portal disse:

    Fala pessoal! Ainda estou ouvindo o programa, mas tive que interromper momentaneamente para um comentário rápido: vocês disseram que o Tezuka inventou o conceito de "ator" em manga. Não querendo desmerecê-lo, claro, ele foi o grande responsável pela popularização da "técnica", mas não foi exatamente o criador desse conceito.

    O primeiro "registro" mais claro desse tipo de utilização foi do americano Carl Barks, nas HQ's do Tio Patinhas. Ele costumava usar em histórias diferentes o vilão Porcolino Leitão (no original, Soapy Slick), mas ele nem sempre era exatamente o mesmo personagem, mudando até de nome e background. Contudo, como ele mantinha a mesma característca física, os leitores já tinham condições de identificá-lo imediatamente como vilão.

    Dada a própria pesquisa que o Tezuka fez sobre a arte ocidental, não acho difícil que ele tenha gostado desse conceito e utilizado em suas próprias histórias. Mas admito que também é possível que ele tenha simplesmente tido a mesma ideia paralelamente, sem sequer saber que isso já era feito. No entando achei válido lembrar esse detalhe. =D

    Bom, vou voltar ao programa agora – que como sempre está espetacular! Abração!

    • calliban disse:

      Certo e errado :)
      Winsor McCay precedeu Carl Barks nessa linha por mais de 30 anos. O Pequeno Nemo tinha "atores", o mesmo personagem em papéis diferentes e sem ser "reconhecido" como mesmo personagem pelo resto dos personagens..
      O próprio Disney já fazia isso, o Bafo de Onça já foi uma série de vilões e aliados do camundongo desde o final dos anos 20 :) E cada vez, um personagem novo.
      O Tezuka, conforme você mesmo disse, foi quem "inventou" esse conceito no mangá – ou, na verdade, quem importou.

      Agora, tanto Disney quando Barks quando Tezuka eram fãs declarados do Winsor McCay, tanto Barks e Tezuka eram admiradores profundos do Disney. Como as idéias vieram mais ou menos pela mesma época para os dois, é fácil assumir que esse tipo de coisa estava "rolando" pela classe quadrinista daquele período. Mas é inegável a influencia da Disney e seus gênios na obra de Tezuka, e quem não conhece Carl Barks não merece ser chamado de nerd :)

    • The_Portal disse:

      É, pensando nesse lado realmente tem razão. Deixei "escapar" Little Nemo porque, por se tratar de um universo onírico, fora da lógica de "mundo real", mas realmente há vários personagens recolocados ali. E sim, o Bafo de Onça também seria um caso – embora mesmo ele assumindo vários papéis (seja chefe dos lenhadores, bandido ou vizinho do Donald), ele sempre foi reconhecido como "Pete Black".

      Mas a verdade é como você falou: todo mundo se inspirou em todo mundo ali! Ah, que anos dourados para os quadrinhos! =D
      My recent post A Espiral #18 – O Jardim no Deserto #Espiralado

  29. RogerWillc disse:

    Não lembro de ter ouvido falar de Adolf, mas achei bem interessante, vou procurar em um futuro não tão distante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>