Dando continuidade à cobertura JWave do 15º Festival do Japão, falaremos agora da final brasileira do WCS.
Pelo terceiro ano consecutivo, o Festival do Japão encerrou-se com a etapa brasileira do WCS (World Cosplay Summit), que elegeu a dupla representante do Brasil na final mundial do torneio, que acontecerá no mês que vem, em Nagoya, no Japão.

Novamente, Kendi Yamai esteve à frente do concurso, desta vez ao lado da atriz e modelo Érica Suzuki. Ambos os apresentadores estavam vestidos a caráter. Kendi, inclusive, estava com uma fantasia cedida pelo cosplayer Gabriel Niemietz Braz, campeão mundial em 2008.

Kendi Yamai e Érica Suzuki comandaram o WCS 2012

O júri foi composto por personalidades do meio editorial e do meio artístico, tais como os editores Marcelo Del Greco (da editora Nova Sampa), Cassius Medauar (da editora JBC) e Leo Lopes (também da JBC), e os dubladores Élcio Sodré (o Shiryu de Cavaleiros do Zodíaco) e Tânia Gaidarji (a Bulma de Dragon Ball/DBZ/DBGT). Todos eles se encarregaram da dura tarefa de avaliar as duplas durante as apresentações.

Os dubladores Tânia Gaidarji e Élcio Sodré, que fizeram parte do corpo de jurados

Ao todo, nove duplas passaram pelo palco do evento: oito vencedores de etapas seletivas realizadas em várias localidades do país, além dos campeões de 2011, os irmãos Maurício e Mônica Somenzari – que também faturaram o campeonato mundial no ano passado.
Maurício e Mônica foram os primeiros a se apresentar no palco, com uma performance baseada no game Final Fantasy IV.

Mônica e Maurício Somenzari, com sua apresentação de Final Fantasy IV

Ao longo das apresentações, as duplas trouxeram muita criatividade, cenários bem elaborados e efeitos especiais – e, como nos outros anos, entre uma performance e outra, os assistentes de palco tiveram trabalho.
Neste ano, tivemos um fato curioso: a maioria das duplas fez suas performances baseadas em games, tais como Super Mario World, trazido pela dupla formada por Juno Cecílio e Jacqueline Nathaly, e Soul Calibur III, trazido por Fernando Henrique e Diego Pereira.

Juno e Jacqueline, com sua performance de Super Mario World
Fernando e Diego trouxeram Soul Calibur III ao palco do WCS

Algumas atrações musicais também passaram pelo palco do WCS, como a banda Gaijin Sentai, que subiu ao palco pouco antes do início do concurso, e a cantora japonesa Tsubasa, que se apresentou antes do anúncio do resultado final.

Gaijin Sentai e Tsubasa: as atrações musicais do WCS

E os grandes vencedores deste ano foram os gaúchos Bruno Lorandi e Débora Guerra, que se classificaram na seletiva do evento Animextreme, realizada na cidade de Canoas (RS), e realizaram uma apresentação baseada no game de luta Tekken 6. A dupla se mostrou bastante surpresa e emocionada com o resultado, e demonstrou muita humildade: “Não esperávamos nada. Foi uma surpresa muito grande termos vencido, pois havia muita gente incrível, com cosplays fantásticos. Não esperávamos a vitória, de verdade”, disse Bruno. “Não parecia que a gente conseguiria ganhar uma competição desse nível algum dia, é muito bizarro! Conseguimos ganhar de muitos concorrentes fortes, chega até a ser estranho!”, declarou Débora, bastante emocionada.

Bruno Lorandi e Débora Guerra, com sua performance do game Tekken 6

É a primeira vez que a dupla vai representar o Brasil na final de Nagoya, e eles prometem se esforçar: “Vamos tentar ajeitar os cosplays o máximo que a gente puder, e vamos tentar melhorar a nossa performance. Treinaremos bastante até tudo ficar perfeito”, revela Bruno. “Já que não há muito tempo e teremos que usar os mesmos cosplays, vamos nos empenhar pra deixar a performance e os cosplays melhores e mais bonitos”, completou Débora.
E a expectativa da dupla é grande para tentar o título no Japão, apesar da surpresa: “Não esperávamos nem chegar até aqui, pra falar a verdade. Mas prometemos fazer o nosso melhor”.
O Brasil atualmente é o país que mais ganhou títulos do WCS: três, ao todo (2006, 2008 e 2011) – se vencer novamente neste ano, pode se isolar ainda mais nesta posição.

Bruno e Débora recebem a passagem para a final no Japão

A seguir, a classificação final do WCS 2012 – Etapa JBC Brasil:

1º Lugar: Bruno Lorandi e Débora Guerra (RS – Animextreme – Canoas/RS) – Tekken 6
2º Lugar: Juliana Alves e Paulo Gomes (SP – Super EuAnimeRPG – Americana/SP) – Trinity Blood
3º Lugar: Juno Cecílio e Jacqueline Nathaly (SP – Game World 2012 – São Paulo/SP) – Super Mario World
Prêmio Mangás JBC/Dupla Destaque: Fernando Henrique e Diego Pereira (MG – Anime Festival – Belo Horizonte/MG) – Soul Calibur III

Bruno e Débora exibem os troféus do WCS 2012

E assim encerramos a nossa cobertura do 15º Festival do Japão. Um evento que cresce a cada ano, e sempre busca mostrar ao público todas as faces da cultura japonesa, desde o mais tradicional até o moderno.
Parabéns aos organizadores, aos voluntários e a todos que participaram do evento – e parabéns a todos os cosplayers que participaram do WCS.
Boa sorte para a dupla vencedora, e esperemos que representem bem o nosso país em Nagoya, no mês que vem.

Por enquanto é só, pessoal. Até a próxima!

About Daniel Ramos

Sempre presente nos eventos de cultura japonesa que saem nas páginas do JWave.

View all posts by Daniel Ramos