Troll Time #1,5 Preço de um jogo – hora de refletir um pouco No ratings yet.

money

Hoje venho com um tópico bem complexo mas que irei falar bem por cima dele, o preço de um jogo. Bem todo já nos fizemos essa pergunta: Por que no EUA um jogo é 60 dolares(+- 110 reais) e aqui o jogo na loja é 180-250 reais? Qual o preço de um jogo no Japão e Europa ? Porque se fala tanto sobre jogos usados serem mais nocivos que os piratas ?

Bem isso tudo inclui alguns motivos que vão desde impostos ate a cultura econômica dos país envolvidos, primeiro vou falar do preço de um jogo no EUA o por que dele ser 60 dólares e um pouco sobre o mercado de games de lá o qual pode ver pessoalmente(na verdade foi Canadá mas é quase a msm coisa).

Jogo lançamento no EUA/Canadá é 60 dólares(sendo as veses 70 dólares no Canadá), disso temos 12 dólares para a loja(gamestop, wallmart, etc) isso é 20% do preço, outros 20% é o lucro da dona dos consoles(Sony,Microsoft e Nintendo) por isso que um jogo de PC é mais barato(ou era, ate EA&compania perceber que dá pra enfiar a faca aqui também).O resto, 36 dolares, fica para quem fez e público o jogo, e ai é rolo deles ne ^^, mas não podemos esquecer que o lucro disso é menor ainda pois desse 36 em media 9 dolares é marketing e uns 4-7 dolares é o custo fisico(capa,dvd/BD,transporte, etc).Ah, não posso esquecer de dizer que esse 60 dólares é sem imposto ta, que isso varia conforme o estado(que vai de 0%-12%).

Agora vem o pulo do gato, os jogos digitais tem o mesmo preço do físico para não “quebrarem” os lojistas, pois entre pegar um fisico por 60 e um digital por 53 o povo iria escolher o digital sem duvida(assim eles falam ne) e 7 dólares lá é uma diferença grande (da pra comprar um lanchinho no McDonald’s, tipo um quarterão duplo), aliás, essa diferença é a mesma de um jogo novo e um jogo usado(ambos ainda lançamentos). Falando em usados, lá se tem MUITO jogo usados pra se vender nas lojas, eu diria que numa gondola de loja 60-70% dos jogo são usados(claro que tem muita coisa encostada la tipo GTA IV, Fifa de 2 anos atrás e etc) e isso ocorreu porque 7 dolares faz diferença ao ver deles, bem diferente do mercado de usado europeu aonde a diferença de um usado pra um novo é de 15-25%.

Aproveitando o gancho vamos falar da Europa, como lá se tem duas grandes moedas(euro e a libra). Irei falar do preço convertido para dólar, que é cerca de 67 dólares, porém, muitas lojas fazem o preço de lançamento a 62 dólares. A cultura econômica de jogos na Europa é bem diferente da EUA e a nossa, lembra ate um pouco a asiática(não incluindo Japão e Korea) , aonde quantidade é algo a ser considerado. Sendo assim os jogos lá tendem a ter um preço no lançamento e pós-lançamento bem diferente entre eles. Dependendo da popularidade do jogo é possível as vezes ver lançamentos a 40 dólares só porque o jogo foi criticado na revista(vide Vanquish) e essa politica é acentuada também por 2 fatores:

1- Pirataria(que é bem menor que aqui mas ainda viva, principalmente nosso “hermanos” da Espanha);

2- Jogos usados, que ajudam a dificultar a venda de lançamentos não tão populares(ou jogos com alta rotatividade devido ao pouco fator replay do mesmo);

Como já falei anteriormente um jogo lançamento usado(em menos de 3 meses do lançamento) pode ser achado facilmente por lá por 35 dólares em muitos casos. A parte de imposto aqui,eu já não sei explicar porque nunca comprei pessoalmente la, só via internet. Mas acredito que seja como no EUA/Canadá.
Agora Japão, bem ai o bicho pega, um dos lugares aonde os jogos são muito valorizados mesmo com um mercado de jogos usado a nível do EUA, um jogo lançamento la vai de 65 dólares ate 80(isso que quando falo lançamento sempre me refiro a versão normal sem ser colecionador ou outras firulas). Isso de novo ocorreu devido a cultura de lá que valoriza tecnologia e novidades, e os jogos não são muito tabelados(diferentes do EUA que tudo o mesmo preço, salve exceções como KOF XIII, MvC3 etc). O preço fica a critério da popularidade da franquia(nem digo qualidade,pois alguns jogo de anime são absurdamente caros só porque levam o nome da franquia tipo o sr.Naruto a 75 dólares). O mercado de usado lá tem um fluxo mais rápido, o povo nerda mais e finaliza rápido e já coloca pra vender fazendo o preço cair mais rápido do que no EUA mas não tão rápido quanto na Europa.

Por fim a nossa pobre situação, como todos sabemos um lançamento oficial aqui via de 130 reais(valeu microsoft brasil) a 190 reais(Sony, companaia safada) e ainda temos as importações oficiais de 180-230(leia-se NC games,etc), isso é, um jogo lançamento aqui é 72-127 dólares, isso já incluído impostos. Se você analisar bem, não estamos tao ruim assim. Nos EUA um lançamento com imposto pode chegar a 67 dólares(com os impostos) e no Japão pagar 75 dólares num lançamento AAA é comum. O problema esta mesmo no serviço que é oferecido, tanto organização das lojas, localização dos games, data de lançamento no país, entre outras coisas. A falta de um mercado de usado(que existe ,informalmente, só em fórum e sites) sem contar que quando o jogo vem com algum diferente, bateria,controle arcade, etc ai sim você pode preparar o seu bolso ^^ sendo as vezes mais barato você ir a Miami, comprar o jogo la e voltar do que comprar oficialmente aqui. Repare que falei oficialmente pois o mercado paralelo oferece ótimos preço, com margens de lucros aceitáveis pois facilmente na internet encontramos “lojas” com lançamento de 130-160 reais(72-89 dólares) sendo que essa compra o jogo a preço full la(pagando imposto e o transporte até aqui) e para agravar a nossa situação não temos um politica de ajuste de preços como ocorre no exterior(não falei muito disso, mais basicamente, depois de uns meses(2 ou 3) do lançamento os jogo tende a cair o preço de 60 para 40 dólares em menos de 3 meses ou devido a promoções malucas dos lojistas).

A unica esperança nossa sempre foi a fabricação nacional dos jogos, o que já vem ocorrendo, e a diminuição dos imposto porem a nossa cultura econômica é bem parecida com a japonesa, aonde tecnologia e coisas caras são um status social.Já pelas empresas de games o valor de um jogos não pode ser menor que 45 dólares mais imposto e margem de lucro da loja, uma pena porque o Brasil seria um ótimo mercado para se aplicar a politica da quantidade pela “qualidade”, assim como é na asia com jogos a 40 dólares. O jeito é esperar e ver o que o pessoal do jogo justo consegue para a gente.

Ps:Sou Troll por isso 2 post no mesmo dia, mas esse pelo menos tem conteúdo, né.

Comentários

comentários

Please rate this


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
  • Ana Lucia

    Olá. O Cal não me mandou passar aqui, mas deixo um olá, de qualquer forma
    o7
    Realmente é difícil entender como os preços de jogos são formados em nossa terrinha.
    Mas ainda não entendi a lógica por trás dos preços lá fora.
    Um jogo é lançado a 60, enquanto é novidade custa isso, depois "vale a pena" baixar o preço dele.
    Será que ele se pagou com as primeiras vendas?
    Chorar pela venda de usados também me dói no coração. Um jogo físico, com caixa, CD/Blueray, depois de usado vai pra onde? Lixo? Reciclagem?
    Revender um jogo que alguém já zerou e não pretende revisitar me parece natural.
    Se a gente for seguir esse tipo de pensamento, não posso revender meu carro usado, já que quem o compra deixou de comprar um carro novo.
    No fim, tudo gira em oferta e procura – se um jogo for bom, interessante ou inovador (Deus queira que seja as 3 coisas ao mesmo tempo) – haverá quem queira compra-lo logo, desfrutar dele rapidamente, e quanto maior a procura, preço sobe ou permanece estável.
    Encalhe? Jogo ruim, mal planejado, desinteressante?
    Vai se desvalorizar e cair de preço
    Imagino que a tendencia sejam as empresas, aos poucos, acabar com o jogo físico, para estrangular e matar a venda de usados. Resta saber se irão investir em material que prenda os jogadores – tanto os hardcore como os casuais.

  • Gabriel

    Gostei do texto, concordei em algumas partes, mas…por favor, use parágrafos, dói os olhos ver um texto assim, todo ''grudado''.

  • amidamarureborn

    Cara, sei que o texto é bom, mas poderia ser melhor redigido. Muitos erros de ortografia e, como disseram, sem parágrafos. Impossível ler fluentemente o texto. Desculpem-me, mas doeu na vista mesmo e foi difícil ler o texto por causa dessa falta de organização e dessa ortografia manca. Ler "veses" com s foi de doer na alma.