Chimuchurasa – A Beleza do Sentimento

chimuchurasajwave
Dois grandes espetáculos, repletos de cores, energia e força – e, principalmente, sentimentos. Foi o que se viu no último domingo (19/01) no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, na comemoração dos 15 anos das filiais brasileira e argentina do Ryukyu Koku Matsuri Daiko: o grande espetáculo Chimuchurasa – A Beleza do Sentimento.

Com o Auditório Celso Furtado lotado nas duas apresentações, o Matsuri Daiko buscou expressar no palco, através do Eisa (manifestação artística de Okinawa que deu origem ao Matsuri Daiko), todos os sentimentos que moldaram o grupo ao longo dos anos – e conseguiram. Todas as performances estavam carregadas de emoção.

chimuchurasajwave2
Os dois shows foram divididos em blocos, cada um representando um sentimento que marcou a trajetória do grupo: a alegria, a amizade, a prosperidade, a gratidão, a perseverança, a saudade e a fraternidade. Tais sentimentos foram responsáveis pelo crescimento e amadurecimento do Matsuri Daiko, que foi representado pelo crescimento de uma árvore chamada Gajimaru, típica de Okinawa.

Sentimentos como a alegria foram representados no palco

Sentimentos como a alegria foram representados no palco

A árvore Gajimaru simbolizou o amadurecimento do grupo

A árvore Gajimaru simbolizou o amadurecimento do grupo

Os shows também contaram com a participação de convidados especiais, que ajudaram a abrilhantar o espetáculo. Participaram das apresentações os grupos Himawari (wadaiko), Requios Gueinou Doukoukai (eisa/taiko de Okinawa), Ryukyu Minyo Kyokai , Ryukyu Minyo Hozonkai e Kaito Shamidaiko (shamisen), além do grupo Shinsei ACAL  (Yosakoi Soran) e das escolas de dança tradicional dos mestres Satoru Saito e Yoriko Shimabukuro.

Shinsei ACAL e Himawari Taiko (na foto abaixo): alguns dos convidados especiais do Chimuchurasa

Shinsei ACAL e Himawari Taiko (na foto abaixo): alguns dos convidados especiais do Chimuchurasa

himawarijwave

O Matsuri Daiko ainda recebeu votos de felicitações do outro lado do mundo: uma mensagem gravada em vídeo pela banda Begin – que esteve no Brasil em novembro do último ano – foi exibida antes da execução da música “Sanshin no Hana”, sucesso da banda. O Matsuri Daiko usa canções do Begin em suas apresentações, e teve a oportunidade de tocar ao lado do trio okinawano nas duas vezes em que ele passou pelo Brasil, em 2011 e 2013.

“Sanshin no Hana” era a canção favorita do mestre Naohide Urasaki, precursor do grupo no Brasil e fundador da filial brasileira do Matsuri Daiko, que foi homenageado durante a execução desta música.

Homenagem a Naohide Urasaki, pioneiro do Matsuri Daiko

Homenagem a Naohide Urasaki, pioneiro do Matsuri Daiko

Ao final do segundo show, o líder da filial argentina do Matsuri Daiko, Alejandro Sesoko, fez um convite aos membros da filial brasileira: comemorar os 20 anos das duas filiais em terras argentinas. Um desafio aceito pelo líder da filial brasileira, Takayuki Kato: “Já estávamos com essa ideia há algum tempo, de que, se fizemos a comemoração dos 15 anos aqui no Brasil, por que não fazer a dos 20 anos na Argentina? Estávamos pensando bastante a respeito, e agora o convite foi feito no palco. Vamos nos preparar para fazer tanto barulho quanto fizemos aqui”, comentou Kato.

O bom relacionamento entre as filiais do Brasil e de outros países foi um fator determinante para o sucesso dos dois shows, segundo Kato: “Depois que conhecemos os membros da Argentina e de outros países, criamos uma amizade muito grande. Nos identificamos e nos aproximamos bastante, nas integrações e nos aniversários das filiais dos outros países. Foi uma honra muito grande poder recebe-los aqui, uma vez que eles nos receberam nos países deles.”
Kato destacou ainda a colaboração de amigos e familiares do grupo: “Temos nos dedicado a este evento há um bom tempo, especialmente na parte da organização e captação de recursos, pois não é fácil organizar um evento hoje em dia. Mas tivemos ajuda não só dos membros, como também dos nossos pais, familiares e amigos de outros grupos e de kaikans. Este evento foi o resultado do esforço de todos”, disse Kato.

Logo após o segundo show, os membros do Matsuri Daiko, além de todos os grupos convidados, fizeram um corredor para saudar e agradecer o público que compareceu.

Um espetáculo inesquecível, repleto de emoção e de sentimento, preparado com muito cuidado e carinho, e com toda alegria e presença de palco característicos do Ryukyu Koku Matsuri Daiko. Quem teve a oportunidade de assistir aos shows certamente se emocionou.

chimuchurasajwave3

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
%d blogueiros gostam disto: