JWCast 160

Play

Começando a semana com “Frozen – Uma Aventura Congelante”, um JWavecast muito especial sobre a nova produção da Disney.

O JWavecast ama as animações Disney e revela todas as curiosidades de produção de Frozen – Uma Aventura Congelante, além de comentar sobre a história do filme.

Juba, Calliban, Stunts, Camis Barbieri se reúnem para comentar de tudo sobre o filme.

Preparados para viajar a Arendelle?

PARTICIPANTES



TEMA
Frozen – Uma Aventura Congelante
Kristen Bell
Idina Menzel
Christophe Beck
Kristen Anderson-Lopez
Robert Lopez

INDICAÇÃO

Fantasia – Edição Especial – 2 Discos – Blu-ray
A Pequena Sereia – Edição Diamante – Blu-ray
A Pequena Sereia – Edição Diamante – Blu-ray
Cinderela – Edição Diamante – Blu-ray
Cinderela – Edição Diamante – Blu-ray
Mulan – Edição de 15º Aniversário + Mulan 2 – A Lenda Continua – Blu-ray
Universidade Monstros – 2 Discos – Blu-ray
Valente – 2 Discos – Blu-ray

ITUNES


Lembre de avaliar o JWave no iTunes

GRUPO JWAVE NO FACEBOOK
https://www.facebook.com/groups/564490263589100/

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli

60 Comments on “JWave #160 | Frozen – Uma Aventura Congelante”

      1. Não consegui esperar hahaha. Muito bom o podcast! A história parece muito boa, embora não seja fã de musicais. No entanto o comentário final do Stunts realmente pesa a favor. quero assistir assim que possível.
        ah! antes que esqueça, eu conheço a clarabela e horácio de um almanaque antigo que tinhamos em casa. Pena que eu era uma criança preguiçosa e desorganizada e eventualmente o livro não sobreviveu a minha infância…

        1. agora assisti o filme, e realmente é muito bom! vi em português o filme, e a parte do musical ficou boa.
          os poderes da menina são muito legais, melhor que muito super herói por aí.
          uma coisa que não tinha entendido direito, só ouvindo o podcast sem assistir o filme, foi que confundi o príncipe com o cara da rena. bom mas isso é devido a minha falta de atenção

    1. Eu fico feliz em ler isso, pq a equipe do JWavecast se esforça pra proporcionar o melhor pro público e se quem ouve reconhece, ficamos bem empolgados em continuar.

      Abraços

  1. Acabei de assistir ao trecho da música: Let it go, em 25 idiomas que está disponível no portal da Disney.
    E meu Deus… Sem palavras. Fazia tempo mesmo que isso não ocorria em um filme Disney, Call citou corretamente sobre a evolução que a música vai tomando. Camis tem toda razão, a personagem literalmente se transforma em uma mulher nesta cena, muito lindo mesmo.
    Obrigado JWave por compartilhar isso.
    Até o próximo.

    1. Let it go é a libertação da Elsa que viveu escondida por ter vergonha de seus poderes a vida toda.

      Essa ideia de libertação pode ser usada em diversos tabus, por isso acho que essa música além de ser boa, ela seja tão especial pro público.

      1. Agora entendi o que que eles quiseram com essa musica, para min ela representa Elsa se tornando uma vila, já que ela ao se libertar come escrevesses começou o congelamento do reino ( se minha memoria não estiver enganada) logo devido a isso tudo o mundo ia morrer. acho que ela "viveu escondida por ter vergonha de seus poderes a vida toda" porque
        espoiler

        quase matou sua irmã se não fosse a intervenção dos trolls a irmã teria morrido

        espoiler

        logo ela dizer "I don't care what they're going to say" eu não me importo o que eles vão dizer combinado com "No right, no wrong, no rules for me, I'm free! sem certo ou errado sem regras para mim estou livre, para mim isso é pensamento de vilão que não se importa com nada e ninguem.

        Também foi comentado o fato de parecer com x-men, em me lembrei que a pouco tempo o ciclope matou o professor xavier e virou um ditador é realmente vejo semelhança entre x men e elsa , queria ver se numa sequencia do filme o reino ia ficar bem com um Fenix de gelo andando por ai, quem conhece x-men vai entender.

        Por fim, homem aranha vende a alma, liga da justiça mata geral na animação Justice League: War, to na espera de um podcast dessa animação, é as histórias realmente mudaram.

  2. Adorei, muito massa o jwavecast, talvez um dos melhores que já ouvi aqui até agora, parabéns para equipe. Eu adorei Frozen, 3D estava sensacional, vi dublado, curti Let It Go em todas as versões possíveis inclusive em português quando assisti no cinema (concordo a versão da Idina é imbatível). Parabéns novamente galera.

  3. Cade os ouvintes do JWave hein?! Vamos lá pessoal, vamos comentar.
    Voltando pra falar de Epic Mickey. Realmente as promessas sobre esse game não foram cumpridas, eu lembro de imagens das quais se quer eram dadas ao produto final. Ideias boas que acabaram não sendo tão bem aplicadas na prática, isso foi um pena mesmo. Agora falando dele como o produto final, o produto entregue aos consumidores, ele foi lançado com mecânicas de gameplay boas. E teve certa audácia até… Só que como disse não teve suas melhores ideias aplicadas ao produto final. O game é uma chuva de nostalgia e até conteúdos interessantes sobre o Mickey e seu criador. Que por sua vez tinha criado um coelho chamado Oswald, que logo veio a se tornar Mickey. E isso foi uma jogada bacana. Os cenários são inspirados nos parques da Disney, com tom até sombrio e de tristeza, cenários cheios de referências ao Mickey e seu universo Disney. Foi bom rever Horácio e Clarabela, assim como foi bacana conhecer o até então oculto coelho Oswald. Horácio até então só tinha aparecido em KH Birth by Sleep, no mundo Disney Town. Eu gostei de jogar, história clichê, jogabildade tentou e pecou. E entregou o mais do mesmo. Recomendo o game para quem gosta do universo Disney, não é o game perfeito?! Não mesmo, mais dentro da sua proposta até que entregou um bom game. O resto só se aplica a gosto mesmo.
    Epic Mickey 2 ainda tenho de jogar. E vamos lá ouvintes do JWave, nada de ser ouvinte passivo, comenta aí. =]

    1. Ouviram o Jonas?

      Nada de ouvinte passivo, por isso vai lá e comente no JWavecast!

      Sobre Epic Mickey, eu digo que foi uma boa história, mesmo que o design ousado tenha sido jogado fora, mas o jogo em si é repetitivo e falhou. Eu não consegui terminar de tanta repetição.

      Abraços

      1. Entendo. Foi bem repetitivo mesmo.
        Eu tava aguardando bastante o game. E como gosto muito do Mickey clássico, só pude ficar animado. Infelizmente acho que muitas ideias não saíram do papel mesmo. Uma pena.

        1. Eu tb aguardava muito do jogo e sinceramente em termos de história ele não me decepcionou.

          Só que a mecânica podia ser melhor e eu joguei o 2, mas sinceramente não aprenderam nada com os erros, por isso a Disney fechou o estúdio.

          Abraços

  4. Poxa vcs não estão perdendo tempo mesmo, fiquei empolgado com essa assiduidade dos podcasts , estava meio triste com o pessimismo do fim de ano ,mas vejo que vcs voltaram com tudo , e com um tema especial FROZEN, esse eu vou escutar ainda com mais gosto que o habitual !!!

    1. Estamos de volta com algumas mudanças, mas o pessimismo foi devido alguns fatores que aconteceram no semestre passado.

      Agora voltamos pra valer !

  5. Foi uma grata surpresa começar a semana com um programa sobre o Frozen. Eu fui ver o filme com uma relez esperança de ser algo muito parecido com Enrolados, mas me surpreendi. Seria melhor apenas se fosse em animação tradicional, CGI já está tão genérico pra mim que nem desperta mais o meu interesse hehe

  6. eu sinceramente não gostei desse filme ,as musicas foram muito jogadas ao meu ver ,o vilão não fez sentido e os personagens muito rasos e sem carisma com exeção ao boneco de neve ,eu ate achei bacana essa "desconstrução" que a disnei fez em cima desse filme mas só isso
    frozen não é um filme ruin ,mas tambem não achei grande coisa ,considero apenas como mais um filme mediano da disnei

    1. Rafael,

      Eu acho que tem filmes que se tornam especiais pra você em algumas etapas da nossa vida. Frozen é o retorno dos "clássicos" da Disney. Algo que Enrolados mesmo que sendo bom, ele não conseguiu, sem nem mencionar a "Princesa e o Sapo" que errou de várias formas.

      Acho que a ideia de zombar as regras do universo Disney, similar ao que Encantada fez, tornou Frozen diferente, por ser duas princesas, por zombarem a ideia de casamento e tudo mais.

      Eu gostei, mas isso não significa que todos precisam gostar. Longe disso.

  7. É o filme mais fraco da disney, mesmo tendo um final não cliche, o filme a bastante previsivel o designe de personagem não tem nada de novo (acho ate a propria Elsa bastante parecida com a princesa de enrolados). Na minha opinião a disney esta entrando no tentando entrar de protagonistas da pixar e dream works.

  8. Let it go em japonês é quase tão digna igual a da Idina.

    Música japonesa tem uma coisa que é colocar sentimento na música e acho que a cantora japonesa conseguiu fazer isso de uma forma que chegou muito próximo.

    Musicalmente falando, uma das versões mais interessantes, eu achei a da Coreia do Sul.

  9. Let it go em japonês é quase tão digna igual a da Idina.

    Música japonesa tem uma coisa que é colocar sentimento na música e acho que a cantora japonesa conseguiu fazer isso de uma forma que chegou muito próximo.

    Musicalmente falando, uma das versões mais interessantes, eu achei a da Coreia do Sul.

  10. O filme tem algumas coisas que foram fracas e como comentei em termos de design, ainda acho os personagens estão numa realidade expandida de Enrolados, mas acho que tem muitas coisas boas que superam Enrolados e Detona Ralph.

  11. Giuliano Peccilli eu também gostei dessa versão em japonês, achei a versão russa um pouco agressiva, acho que é por causa da língua mesmo. Não sei porque, mas achei a versão da Coreia do Sul um pouco parecida com a japonesa.

  12. Adorei Frozen e adorei o Jwave sobre Frozen! Essa animação é o que eu estava esperando que Brave fosse, fiquei muito decepcionada com a trilha sonora de Brave. Já a trilha de Frozen é impressionante. Os dois tem a estética de duas culturas que eu adoro, celta e nórdica.
    Beijos para a Camis, adoro as participações dela, principalmente prq ela percebeu que a Anna estava em uma MISSÃO! hahahahah

  13. Uau, nem imaginava que tal file fosse tão bom assim, pena que perdi o “bonde” e agora tenho que esperar o lançamento em DVD. Acho muito bom a análise que fazem dos filmes. Não me preocupo com spooler, pois se ficar sabendo do “prot” do filme vou ficar imaginando como a história irá desenvolver até que ponto. De certa forma é bom, pois prepara a mente para absorver mais detalhes do filme.

    1. Obrigado, Valério.

      Fico feliz que tenha gostado e fiquei feliz com sua analise sobre o processo do JWave.

      Espero te ver mais vezes por aqui.

      Darei uma ouvida no Randomcast também.

      Abraços

  14. Oi pessoal.
    Muito bom o episodio.
    Minha visão sobre a timeline nas montanhas foi que:
    1 – A Elza atalhou pelo meio da agua congelada, enquanto a Ana foi pela "estrada"
    2- A O frio nunca incomodou a Elza, ou seja, ela caminha na neve tranquilamente(principalmente quando ela esta confiante), se é que a neve não vai abrindo caminho pra ela, enquanto que pros outros a neve é um baita atraso.
    Unica coisa estranha mesmo ficou sobre como o Hans chegou no castelo tão facilmente.

Deixe uma resposta para Lionel Freitas Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.