fj2014_0407_21

Em todos os anos, o Festival do Japão mostra porque possui o título de maior evento de cultura japonesa da América Latina – e já é considerado o maior do mundo fora do território japonês.
Neste ano, não foi diferente. Nos últimos dias 04, 05 e 06/07, um grande público compareceu ao Imigrantes Exhibition & Convention Center (antigo Centro de Exposições Imigrantes) para prestigiar o evento e suas atrações.

fj_jwave (2)

Neste ano, o tema do evento foi “A Origem da Felicidade” – uma reflexão ao público sobre o que torna ou pode tornar as pessoas felizes.
Uma exposição sobre o tema foi montada dentro do evento, com fotografias de autoria de Angelina Megumi Yamada, que passou 20 meses viajando pelo mundo trabalhando como voluntária em regiões carentes.
Apesar de rejeitar o título de fotógrafa, Angelina demonstra um olhar único e particular em suas imagens.

Angelina Megumi Yamada: um olhar sobre felicidade em lugares distantes do globo
Angelina Megumi Yamada: um olhar sobre felicidade em lugares distantes do globo

Uma atração que sempre faz sucesso em todas as edições do Festival é a gastronomia – pratos típicos de cada região do Japão, trazidos pelas associações de províncias japonesas no Brasil.
Nos dias de maior movimento, filas enormes eram vistas na praça de alimentação do evento.

fj_jwave (15)

A abertura oficial do evento, realizada no sábado (05/07) contou com a presença de várias autoridades importantes da comunidade Nikkei, além de representantes do governo do Estado, da comissão organizadora e dos patrocinadores.
Dentre as autoridades, compareceram: os deputados estaduais Hélio Nishimoto e Jooji Hato; os vereadores Aurélio Nomura, George Hato e Masataka Ota; os deputados federais Walter Ihoshi, Keiko Ota, Junji Abe e William Woo; o cônsul geral do Japão em São Paulo, Noriteru Fukushima; e a secretária de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda, que representou o Governo do Estado de São Paulo.
Todos participaram da quebra do taru (barril de saquê), ao final do cerimonial.

Autoridades participando da quebra do taru
Autoridades participando da quebra do taru

No domingo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, compareceu ao evento, juntamente com seu antecessor no governo, José Serra, e o candidato à presidência da República, Aécio Neves.

Geraldo Alckmin (à dir), ao lado de José Serra e Aécio Neves (foto: Fabrício Bomjardim)
Geraldo Alckmin (à dir), ao lado de José Serra e Aécio Neves (foto: Fabrício Bomjardim)

O Akiba Space marcou presença novamente na edição deste ano do Festival, consolidando-se como o espaço da cultura pop dentro do evento.

Workshops também foram realizados durante todos os dias, com atividades como kirigami, origami, sumi-ê, entre outras.
O evento também contou com espaços dedicados às crianças e à terceira idade, com diversos tipos de atividades.

Diversos workshops foram realizados dentro do evento
Diversos workshops foram realizados dentro do evento

Atrações culturais também marcaram presença dentro do Festival. Durante os três dias, diversos grupos de dança, teatro e taikô passaram pelos palcos do evento.
Um dos destaques vai para o grupo vocal INSPI, que veio direto do Japão, e encantou o público no sábado.

Shinsei ACAL - Yosakoi Soran
Shinsei ACAL – Yosakoi Soran
Associação Tottori Kenjin - Kasa Odori
Associação Tottori Kenjin – Kasa Odori
O grupo vocal INSPI - uma das atrações internacionais do evento
O grupo vocal INSPI – uma das atrações internacionais do evento

Outro destaque vai para o Grupo Kagura do Brasil, com sua mistura de música, teatro, dança e histórias folclóricas. Neste ano, o grupo apresentou a performance “Ooeyama”, que conta a lenda de dois guerreiros que recebem do Imperador a missão de derrotar um demônio que sequestrava mulheres de um vilarejo.

Grupo Kagura do Brasil com a peça "Ooeyama"
Grupo Kagura do Brasil com a peça “Ooeyama”

O taiko foi representado no Festival por grupos como o Tenryuu Wadaiko e o Ryukyu Koku Matsuri Daiko, dentre outros.
Neste ano, os grupos também se reuniram na Parada Taiko, circulando pelas dependências do evento.

Sakura Fubuki Daiko
Sakura Fubuki Daiko
Parada Taiko
Parada Taiko
Ryukyu Koku Matsuri Daiko
Ryukyu Koku Matsuri Daiko

No sábado, o evento teve seu dia de passarela do samba. Integrantes da escola Águia de Ouro desfilaram pelo Festival, com muito samba no pé.
A escola terá como enredo, no Carnaval do ano que vem, os 120 anos da assinatura do tratado de amizade entre Brasil e Japão.

Águia de Ouro: samba no Festival
Águia de Ouro: samba no Festival

A grande novidade do Festival do Japão deste ano ficou por conta do Kizuna Project – um projeto que reuniu vários cantores nikkeis, como Joe Hirata, Karen Ito, Ricardo Nakase, Bruno Maessaka, Kaori Kanegawa, Karen Taira, Ryu Murakami (Ryu Jackson), entre outros.
Todos cantaram juntos no palco principal do Festival, e também contaram com a participação especial do grupo de samba Dose Certa.

Kizuna Project - juntando grandes cantores da comunidade
Kizuna Project – juntando grandes cantores da comunidade

E não parou por aí. Duas grandes atrações também mexeram com o evento neste ano: o Miss Nikkey Brasil 2014, que escolheu a mais bela representante nikkei, e a etapa brasileira do World Cosplay Summit (WCS), que selecionou uma dupla de cosplayers para representar o Brasil, no próximo ano, em Nagoya.
Mas isto é assunto para as próximas postagens. Fiquem ligados!

About Daniel Ramos

Sempre presente nos eventos de cultura japonesa que saem nas páginas do JWave.

View all posts by Daniel Ramos