JMangá #16 – Yu Yu Hakusho

Vitrine JManga 16

Aaaaaah muleque, a JMangá ta na área e se derrubar é pênalti!

Nesta edição irei falar sobre o relançamento de Yu Yu Hakusho pela Editora JBC cujo lançamento ocorreu em uma festa ao moldes de Sailor Moon.

Agradecemos a JBC que gentilmente nos enviou o mangá para a analise.

Vamos lá?!

A História

Ô diabo! Serio mesmo que vocês não conhecem a história de Yu Yu Hakusho?! Ô seu trapizomba, se liga ai então…
Yusuke Urameshi, um delinquente e mau aluno, salva uma menina de um atropelamento mas acaba morrendo no acidente. Porém, a morte do garoto é uma surpresa até mesmo para os seres que habitam o Mundo Espiritual. A Yusuke, então, é dada uma nova chance: o garoto poderia escolher entre permanecer morto ou ressuscitar. Por ser anti social e maloqueiro, Yusuke imagina que nem ele nem o mundo vão perder nada se continuar morto. Mas ele muda de ideia ao ver seu próprio velório e percebe que pessoas queridas estão sentindo sua falta. O garoto decide cumprir o teste para ressurreição.

Formato

O formato é o padrão da JBC, o 13,5 x 20,5 cm, aquele maiorzinho. O mangá não tem páginas coloridas nem impressão nas capas internas. A publicação segue o mesmo formato de Rurouni Kenshin. O preço ficou em R$14,90.

Tradução e Adaptação

Em Yu Yu Hakusho tivemos um caso diferenciado de tradução. Foi utilizada a versão “bruta” da tradução da edição anterior feita pelo Arnaldo Massato Oka, Porém para a republicação, optou-se por tentar aproximar-se do texto japonês mas sem perder o bom humor que é marca registrada da dublagem de Yu Yu Hakusho. Ou seja, nesta nova edição vemos o Yusuke falando palavrão e ao mesmo tempo fazendo piadinhas e usando gírias brasileiras. O que não desabona de forma alguma o texto, muito pelo contrario, deixa ele mais leve e fluido parecendo a linguagem falada.

Outras Considerações

Gostaria de falar sobre duas coisas em especifico. Uma é o logo da edição que ficou realmente muito bonito. Fazia tempo que um logo não chamava tanto a minha atenção. Eu tenho a tendencia de sentir falta dos kanjis/hiragana do nome original, porém desta vez não se faz necessário. Deixo aqui o meu sincero parabéns ao setor de design da Editora JBC. Agora vou falar de uma coisa que me incomodou, o fundo branco. Não por ser branco e não preto como na edição japonesa mas sim por ficar um vazio. Com o mangá em mãos, a impressão de vazio diminuiu bastante, principalmente devido a imagem da contra capa dar maior destaque ao Yusuke com uma calcinha na cabeça.  

Considerações finais

Mais um titulo que a Editora JBC relança com muito carinho e esmero. O acabamento é o já conhecido das outras republicações porem o carinho com o texto é algo fora de série. A edição pode não ser ainda a versão definitiva mas mesmo assim já dá mata a saudade da aventuras de Yusuke e sua turma. Dito isso, a nota para a nova edição de Yu Yu Hakusho é…

4,5 JW's

4,5 JW’s

Me enche os olhos ver um importante título sendo bem tratado. Gostaria de ver o mesmo tratamento sendo dado a um mangá que foi tão importante para editora e para o mercado nacional de mangás: Video Girl Ai.

Gostou da edição? Quer concorrer a 5 edições de Yu Yu Hakusho? Ouça o JWave Indica #4 e saiba como concorrer ao primeiro volume do mangá!

Agora que finalizamos mais uma edição da JMangá, convido a todos para tomar uns bons drinks…. porem eu não sou chegado em bebida alcoólica, prefiro um suco de laranja.

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
  • Gari, chégas do Boris Casoy .

    Que legal , tomara que tenha esse quadro em todo podcast, muito bom as musicas Yu Yu Hakusho.

  • Marcelino Saboia

    ainda sonho com yu yu em versão deluxe ,e só agora percebi que era uma calcinha na cabeça do yusuke pra mim sempre foi uma coroa,kkk