JWave Cine 42: Hercules (2014)

JWave Cine Capa 42 Post 1

Estamos aqui falando de Hércules em pleno 2014. Sabe o que mais? Foram produzidos dois novos filmes do personagem, um produzido pela Paramount Pictures com a MGM e outro produzido pela Summit Entertainment.

Aqui no JWave, falaremos da versão que está no cinemas, portanto da Paramount Pictures com a MGM que trouxe Dwayne Johnson (antigamente conhecido como The Rock) no seu papel título.

O que pouca gente sabe é que essa versão é baseada em quadrinhos, produzido pela Radical Comics, batizada de Hercules: The Thracian Wars (Hércules: As Guerras Trácias). Inédito no Brasil, pelo pouco que pudermos avaliar, o filme conseguiu ser extremamente fiel a sua versão original.

Agora, o filme é bom ou não é? As cenas de luta são boas? Essas são algumas perguntas que tentaremos responder.

HERCULES

O Filme

Temos início com a lenda que Hércules se tornou. Filho de Zeus, aquele é um semi-deus na Terra, teve uma vida trágica e tem seu nome conhecido por todos os reinos, devido aos doze trabalhos.

Mas essa história de sucesso não foi construída sozinha, Hércules tem guerreiros ao seu lado que tiveram vidas tão trágicas como as dele. Estamos falando de Autólico (Rufus Sewell), Tideu (Aksel Hennie), a amazona Atalanta (Ingrid Bolso Berdal) e Iolaus (Reece Ritchie).

A história tem seu início, quando Ergenia, acaba pedindo a ajuda do famoso Hércules. Ela representa o rei de Trácias, que está disposto a pagar o peso do Hércules em ouro por proteção e ensinar sua tropa a se tornar tão forte quanto a ele.

HERCULES

Opinião

O filme tem um visual fidelíssimo aos quadrinhos, trazendo uma boa fotografia e boas cenas de ação, utilizando o 3D ao seu favor.

Dirigido por Brett Ratner, a primeira coisa que passa na sua cabeça é X-Men: O Confronto Final. Por mais que seja o mesmo diretor da trilogia A Hora do Rush, a imagem do diretor ainda fica meio manchada, quando pensamos nele em uma grande produção.

Um dos pontos altos do filme está na equipe do Hércules que funciona de apoio ao protagonista e acaba emprestando a mesma carisma e dinâmica em casos, como Thor. Alias, eu diria que a dinâmica de Hércules e seus amigos é a mesma de Thor, porém um pouco mais aprofundada.

Comparada com outra série baseada em quadrinhos, podemos dizer que as cenas de luta de Hércules são bem mais agradáveis do que as de 300, por exemplo. Outro fator interessante é o quanto didáticas as cenas, ao trazer Hércules ensinando técnicas de guerra para os soldados do rei de Trácias. Isso não só engrandece o filme, como do treino até as cenas de luta, você fica vendo em cena.

Mas como tentar explicar a mitologia de Hércules de uma forma mais humana? Seguindo a mesma de Tróia (2006), Hércules explica o tempo os seres fantásticos do filme. Se você gosta dessa abordagem, não tem defeito algum, porém isso acaba tirando todo endeusamento que o Hércules sempre teve.

Está longe de ter alguma carisma, o Hércules de Dwayne Johnson, porém ele foge das abordagens tradicionais em outros filmes e séries. Segue a risca sua vida trágica e fisicamente, o treino de 8 meses do ator é visível em cena. Só que se esse Hércules é mais marrudo e um tanto vazio, deixando os amigos dele preencherem a lacuna de carisma.

O filme tem uma boa reviravolta e quem rouba a cena em alguns momentos é o John Hurt, como rei de Trácias. Outro personagem que cresce com público é o “narrador” Iolaus, o sobrinho de Hércules , interpretado pelo Reece Ritchie.

Hércules não chega a ser excelente, mas funciona em cena. Não nego que fico curioso se teremos uma continuação, baseada no arco “The Knives of Kush”, publicado em 2011.

Hercules 2014 Movie Wallpaper HD (2)

Nota

nota 3,5
3,5

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.