JMangá #19 – Green Blood

Vitrine JManga 19-2

Sejam bem vindos a JMangá irmãos irlandeses!

Nesta edição irei falar sobre o mangá Green Blood da Editora JBC cujo pré lançamento ocorreu na Comic Con Experince e chegou às bancas neste mês de janeiro.

Agradecemos a JBC que gentilmente nos enviou o mangá para a analise.

Com a graça de São Patrício, vamos a analise?!

A História

A história se passa no período do velho oeste, mais especificamente em 1865, em uma região violenta e sem leis chamada Five Points que é governada por gangues e povoada por americanos e imigrantes irlandeses. Assim somos apresentados aos irmãos Luke e Brad. Luke é um jovem trabalhador, honesto e esforçado que acaba se envolvendo com os podres da cidade sem querer.Já seu irmão Brad, por outro lado, é desleixado e não consegue arranjar um emprego. Isso é o que o ele quer que seu irmão pense pois à noite ele é o Grim Reaper, um assassino de aluguel, que recebe missões regularmente da gangue Grave Diggers para assassinar pessoas por apenas 10 dólares.

Formato

O formato é o padrão da JBC, o 13,5 x 20,5 cm, aquele maiorzinho. O mangá tem páginas coloridas apenas na primeira edição, contem impressão nas capas internas e laminação fosca na capa. O preço ficou em R$14,50.

Tradução e Adaptação

A tradução e adaptação ficou a cargo da Drik Sada. Devido a história se passar em Nova York, não há honoríficos e, convenhamos, nem cabia né?! Em certos momentos há palavras de baixo calão, o que é de certa forma bem estranho de ver na JBC. A proposito, o mangá é para maiores de 18 anos OK?!

Outras Considerações

Gostaria de falar sobre uma coisa que me incomodou na edição: a capa. Não sei se vocês perceberam mas a capa nacional é espelhada. “O que é capa espelhada, Buga?” Eu explico. Capa espelhada é quando a capa e a contra capa são iguais, como num espelho. Entenderam? Graças a isso, perdemos uma capa maravilhosa (confira aqui). Acho engraçado isso voltar a ser feito pois a JBC abandonou tal pratica recentemente. Espero profundamente que seja apenas um caso isolado e não volte a ser regra.

Considerações finais

Eis mais uma aposta da Editora JBC com mangás adultos para um publico mais velho. Creio que Green Blood tem tudo para agradar leitores de boas histórias. Por mais que eu tenha achado o primeiro volume bem lento, o segundo aprofunda e deixa a história muito melhor. A arte do Masasumi Kakizaki dá um charme a mais para a história e permite cenas maravilhosas como esta (clique para ver maior):
green-blood-3640941Isto posto, a nota para a edição nacional de Green Blood é….

green 4 JW

4 JW

Bom, é isso pessoal. Espero que vocês tenham gostado. Se já comprou o mangá, deixe seu comentário sobre o que achou, se concorda ou descorda da minha opinião.

Nos vemos mês que vem! o/

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.