JWave #221: Hook – A volta do Capitão Gancho No ratings yet.

Reproduzir
Reproduzir

JWave Capa Post 221 Post

O JWave dessa semana revisita um dos clássicos da Sessão da Tarde, Hook – A Volta do Capitão Gancho.

Estamos falando da produção de Steven Spielberg com Robin Willians no papel de Peter Pan crescido e que fez o imaginário das crianças no começo dos anos90.

Juba, Camis, Calliban e Stunts se reúnem para falar de Hook – A Volta do Capitão Gancho.

PARTICIPANTES



No JWave #221: Hook – A volta do Capitão Gancho
Hook – A Volta do Capitão Gancho
Dustin Hoffman
Robin Williams
Julia Roberts
Bob Hoskins
Maggie Smith
Charlie Korsmo
J. M. Barrie
John Williams
Steven Spielberg
Nick Castle
Amblin Entertainment
TriStar Pictures

Feed
Já assinou?

iTunes
Dê uma nota pro JWave e comente sobre nosso podcast por lá!

Facebook
Fanpage do JWave
Grupo do JWavecast

Indicação
Sailor Moon – Vol. 2
Sailor Moon Vol. 03
Sailor Moon Vol. 04
Sailor Moon – Vol. 05
Sailor Moon – Vol. 06

Emails
jwavecast@jwave.com.br

Comentários

comentários

Please rate this


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
  • Diego Miyabi

    Esse filme é mais novo do que eu imaginava, pensei que fosse dos anos 80. Lembro pouco, mas sei que assisti.

    Eu concordo sobre um cast de Psicose e tb sobre os filmes de Sinbad, são antigos tb, dos anos 50, n é? (Desculpe os possíveis erros pq n estou usando o google). O mais conhecido era o que passava na Sessão da Tarde, no qual tinha um Ciclope enfrentando um Tigre Dente-de-Sabre.(Anos 70, eu acho) Ah tb tem os filmes antigos do Hercules, muito deles interpretado pelo Lou Ferrigno. Bom são filmes antes dos anos 80, então fica como sugestão. Abs.

    • Foloda-se Hercules, Firefly, Buffy e Highlander são maiores que isso =D

      • Diego Miyabi

        E o seriado do Hércules e do Jovem Hércules? huahuauhahu Esse vc quer XD

        • A dor Hercules é boa por que deu origem a Xena

          • Giuliano Peccilli

            Vc não assistiram essas séries no Netflix né?

            Pq te dizer… Até Xena só é boa nas lembranças.

          • Na lembrança ela é mais do que boa, mas é uma série batuta mesmo sendo uma merda

  • Vitor Urubatan

    Não era desse filme que tinha saído aquele joguinho de Super-Nintendo?
    *ouvindo o cast*

    • Giuliano Peccilli

      Logicamente.

      • Vitor Urubatan

        Rsss legal, esse joguinho era um dos únicos da época junto ao Demon Crest, que o Personagem “voava” por tempo indeterminado. Era uma das mecânicas de pouquíssimos jogos de plataforma.

        • Giuliano Peccilli

          Sim e eu adorava esses jogos.

  • Vitor Urubatan

    “Se você vai ser mala, você tem que ser pelo menos uma criança bonita”

    Rsss muito bacana o cast, parabéns aos envolvidos e obrigado pelo o “abraço”.

    • Giuliano Peccilli

      O abraço será dado novamente ^^

  • Jonas Mores

    Este PODCAST deu-me uma certa reflexão. Temos tantos filmes de nossa infância, que visto por nosso olhos naquele momento é mágico, perfeito. Depois visto pelo prisma adulto, viramos analíticos e chagamos ao veredito de que é ruim. E que na verdade o que conta é a nostalgia que sentimos ao reviver tal obra, porém como adultos e não mais como crianças.”Tudo muda, pois a vida é mutável. E nada muda, mas nós sim.” Fiquei bem pensativo mesmo. Até por que nesse fim de semana, graças ao Netflix, pude rever a nostalgia dos filmes das Tartarugas Ninja 1 e 2. Fantástica a nostalgia, risadas e recordações de falas (Exceto pela dublagem. Pois era outra e não casou bem.) até onde toda a criança interior se lembrava. Mais parando para analisar roteiro, atuações, e tudo mais. Nos perdemos e vemos que não é tudo perfeito, como quando eramos crianças. Mas gosto é gosto e aqui é apenas minha opinião e observação. Por que querendo ou não somos diferente da criança que saltava os olhos ao ver toda aquela cor, magia, e histórias que nos faziam flutuar. Cada membro do Jwave teve sua opinião, mais creio eu que o que realmente pesa é a nostalgia e o gosto de cada um. Afinal pode ser o mesmo filme de quando eramos pequenos, mais mudamos, e sera que não ficamos tão próximos ao Peter do filme?!?! Que se esqueceu da sua criança interior. Divaguei e agradeço pelo espaço. O propósito do PODCAST está longe disso, mais ao final dele tive isso em mente e quis compartilhar.

    Mais ótimo programa! Parabéns Jwave!! Até o próximo.

    • Giuliano Peccilli

      Jonas Mores,

      Eu to tentando passar essa imagem que mudamos de opiniao com os anos desde Esqueceram de mim há 3 anos. Foi lá que eu disse que quando eu era mais novo, eu entendia o Kevin, mas hj eu estou no lado dos adultos do filme.

      É complicado pq falamos que nunca iamos mudar quando crescemos, mas a visão muda. Infelizmente.

      • Jonas Mores

        Giuliano Peccilli,
        Exatamente. Só que no fim do PODCAST eu realmente acabei pensando e escrevi o que veio em minha mente. Crescemos e temos está nova visão, pensamentos. Não estou dizendo que é ruim, foi mais uma reflexão mesmo. Como citam no filme: “A vida é uma aventura.” Talvez não assim, e o filme trata do amadurecimento, sem por críticas ao roteiro, eu entendo que o filme quis passar uma imagem de que temos de crescer, mais não deixe a criança em você morrer. Eu filosofei de mais e acabei falando o que nem tem haver com o assunto, mais saiu da minha mente. Eu falo, e falo e falo. Mais num resumo básico é oque comentou acima. Épocas e mentes diferentes isso torna os momentos únicos, o resto é nostalgia mesmo.
        Parabéns ao Jwave!! Até mais! Abraços!!

        PS: Nossa!! To muito clichê! XD.

        • Giuliano Peccilli

          Eu não diria que você foi demasiadamente clichêzento, mas a conotação do seu comentário da aquela sensação de emotivo em filosofar sobre o crescimento e ir contra ao pensamento de Peter Pan.

          Logicamente que por mais que o filme tenha uma ideia totalmente foda, o que peca nele são detalhes como a escolha equivocada de Sininho e a edição do filme. Lhe garanto que se o filme ganhasse uma versão feita por fãs, o filme tornaria melhor do que ele já é.

          • Jonas Mores

            Realmente filosofar sobre Peter Pan é algo que vai além e pode-se levar horas. Acho que não consegui expressar bem a minha conotação, creio que é melhor falar sobre o tema e o filme. Mais realmente não pude deixar de escrever, sabe foi o momento, e foi o que pensei XD.
            Vou assistir ao filme no Netflix (Se ainda estiver no catálogo.) afinal faz tempo que o assisti, e eu era bem pequeno, acho que ainda não o vi depois de tanto tempo. O mais perto que cheguei foi das Tartarugas Ninjas 1, 2, aquilo valeu pela nostalgia mesmo. Mais Peter Pan para mim é o da Disney. Embora eu tenha muita curiosidade de conhecer a obra original, assim como a da Pequena Sereia. Seria ótima por as mãos em tais obras. Creio que em inglês seja fácil, mais ai não adianta mesmo.
            Depois do PODCAST eu zerei o jogo de Super Nintendo, bacana mesmo. Levei um tempo até pegar a forma de vencer o Capitão Gancho na última luta. Pois a antes dessa é moleza. To dentro da turma que quer Psicose também. o/
            Giuliano Peccilli,
            Obrigado pela conversa, e parabéns a ti e a toda equipe do JWave. Obrigado pelo espaço.
            Abraços. ^^

  • Luis Henrique

    Lembro pouquíssimo desse filme, talvez por não gostar muito de Peter Pan quando criança (principalmente do filme clássico da Disney). Mas me diverti muito com o podcast, certamente vale muito mais do que assisti-lo sozinho.
    Vale ressaltar que a qualidade do áudio do podcast está excelente! Todas as vozes bem niveladas e sem perdas ou distorções. Parabéns a quem editou!

    • Giuliano Peccilli

      Esse JWave teve uma dinamica de velhos tempos.

      O Call editou o filme, enquanto eu editei o bloco de curiosidades e correios.

      A trilha sonora de todo cast ficou pra mim, então eu diria que fiquei com uns 60% do JWave, quanto o Cal ficou com os 40%.

      Sobre edição, estamos tentando melhorar e nesse caso, todos os membros dessa gravação tem headset bom pra podcasts. Isso também influi na qualidade final.

      • Parabéns a edição está realmente bem melhor, vozes limpas e ritmo legal.
        Sem querer encher o saco, apenas por realmente achar que vale a pena, sugiro dois podcasts pra você ouvir, talvez se inspirar.
        Neste uma homenagem ao Chapolin com edição primorosa
        http://mindbending.org/pt/hack-n-cast-v09-chaves-chapolin
        neste uma discussão sobre bastidores e produção
        http://mindbending.org/pt/hack-n-cast-v010-especial-de-natal

        Nada que você não saiba, mas conhecimento compartilhado só aumenta, acredito.

        • Giuliano Peccilli

          Rapaz.

          Conhecimento nunca é demais, mas confesso que não tenho tempo disponível para ouvir outros podcasts.

          A exemplo que gravei JWave na segunda, na terça e hoje. Então acho difícil poder ouvir podcasts sugeridos, mas vou tentar escutar pra entender melhor o que desejas.

          Abraços.

  • Lucas Barbosa

    Tava preocupado por ser um dos filmes preferidos da minha infância, e que vi recentemente e continuei adorando, mas concordo com TODOS os pontos negativos que os participantes falaram. A Júlia Roberts então (adoro ela), tá muito errada nesse filme, quando ela cresce com aquele vestido de debutante…… ai ai.

    Só achei a Camis muito dura ao falar que nem mostraria para seus filhos, acho que qualquer criança iria adorar um filme assim, rsrs.

  • Esta edição ficou realmente bastante boa, parabéns a todos os envolvidos, deu até vontade de rever o filme.

    • Giuliano Peccilli

      Obrigado. Estamos ajustando ao feedback dado.