JWave Manga Post

O que aconteceria se, ao invés de cair no Havaí, Stitch tivesse caído em Okinawa?
O mangá “Stitch – Bem Vindo à Ilha Izayoi”, um dos lançamentos da editora Abril de março, nos mostra essa divertida possibilidade.

A história é dividida em vários capítulos curto com começo, meio e fim. Neles, somos apresentados à doce Yuuna, uma garotinha que mora com a avó na ilha Izayoi, em Okinawa. Stitch apronta todos os tipos conhecidos de confusões, as quais sempre batem de frente com a garota, que tem uma educação baseada num forte senso de justiça.
Apesar de todas as encrencas, os dois se dão como irmãos.

Para os fãs da já clássica dupla Lilo e Stitch, a segunda metade do mangá é dedicada a aventuras estreladas pelos dois. Nem é preciso falar que as confusões da garotinha havaiana junto com o alienígena mais fofo da Disney são ainda mais engraçadas.
O traço da mangaká Yumi Tsukirino é bem diferente do que estamos acostumados, algo bem voltado para as crianças. Mesmo com uma temática claramente infantil, com muitos exemplos do conceito de “certo e errado”, o mangá é delicioso e divertido, entretendo todas as idades.

About Luana Tucci de Lima

Fã incondicional de CLAMP, Nobuhiro Watsuki e Yuu Watase. Adora mangás Yaoi , Turma da Mônica e... mordomos de óculos.

View all posts by Luana Tucci de Lima