Play
Play

JWave Capa  240 Post site
E o JWave da semana é de Divertida Mente!

Parece que a Pixar voltou a ser Pixar? É o que o público tem falado e não podíamos ter feito diferente e por isso fomos atrás e assistimos o novo filme do estúdio.

Juba, Camis e Dan Artimos comentam tudo sobre o novo filme da Pixar!

PARTICIPANTES


JWave #240: Divertida Mente
Kaitlyn Dias
Amy Poehler
Lewis Black
Mindy Kaling
Bill Hader
Phyllis Smith
Meg LeFauve
Josh Cooley
Pete Docter
Miá Mello
Dani Calabresa
Léo Jaime
Katiuscia Canoro
Otaviano Costa
Sidney Magal

Feed
Já assinou?
iTunes
Dê uma nota pro JWave e comente sobre nosso podcast por lá!

Redes Sociais
Fanpage do JWave
Grupo do JWavecast
Twitter
Instagram

Indicação
Astronauta Magnetar
Astronauta – Singularidade

Emails
[email protected]

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli

13 Comments on “JWave #240 | Divertida Mente”

  1. Isso que achei estranho hehehehe pq ate ontem (que eu vi, n sei se continua) o Juba estava usando a capa desse filme no FB, com o logotipo do JWave. Porém saiu o Devil May Cry, pensei que foi algum imprevisto. Porém tá aí o podcast hauahauaha boa 2 JWaves na msm semana 🙂

  2. Vou copiar o que tinha comentado anteriormente sobre essa animação. Eu não chorei assistindo Divertida Mente mas fazia tempo que uma animação da Pixar não tocava meu coração desse jeito. Foi um dos filmes mais fofos e emocionantes que vi. A maneira de como a história é contada é incrível e conseguiram fazer algo inédito com uma ideia que já tinha sido explorada anteriormente.

    Se fosse para definir uma emoção que prevaleceria em mim, seria um misto da Tristeza com a Alegria, com mais momentos da Tristeza. Sou uma pessoa bem mais calma, contida e que tem até uma certa facilidade de se magoar mas sempre gosto de ver o lado bom das coisas depois. E sempre achei que a Alegria não seria nada sem a Tristeza e vice-versa. Por isso que em alguns momentos achei a Alegria um tanto quanto escrota com a Tristeza, como a cena do círculo. 🙁

    Queria destacar alguns momentos incríveis: a parte da imaginação da Riley é muito bom. Especialmente com o momento do “namorado perfeito” que faria tudo por ela. HAHAHAHA. Achei sensacional ver que coisas como solidão eram para se abstrair e por isso se utilizava aquele túnel onde a Alegria, Tristeza e o amigo imaginário estavam andando e nossa… como eu ri com eles se abstraindo. Mas nada, nada supera a cena do sonho. Quando vi a Alegria e Tristeza de cachorro eu comecei a gargalhar. E quando elas se dividem ao meio e fica um cachorro pela metade, eu gritei. Juro. Eu gritei no cinema de tão alta que foi a minha risada. Que momento hilário!

    Só tem uma coisa que não gostei: brasileiro com sotaque espanhol. ATÉ QUANDO, AMERICANOS? Quando vocês vão aprender que nós NÃO temos esse sotaque? ¬¬

    Do resto, filme sensacional. Um dos melhores de 2015 e com certeza vai levar Oscar de Melhor Animação. E mais uma vez, um podcast sensacional e adorei vocês bem filosóficos e poéticos. Parabéns pra todos vocês! Abraços e até mais!

    1. O podcast ta bem filosófico mesmo, tanto que nem encostamos muito na historia do filme.

      Confesso que esse cast foi totalmente emotivo, mas acredito que não existia outro jeito de fazer.

  3. Camis no início: “gente, se tem uma coisa que esse filme não é, é divertido”.
    Camis três minutos depois: “o filme transforma os conceitos em coisas simples e divertidas”.

    Sobre a Nojinho, concordo bastante, bastante mesmo. Não vi utilidade nenhuma dela.

    1. Foi um filme que mexeu bem com nossos sentimentos, acho que é por isso que a Camis falou isso.

      No ponto de vista de fora vimos uma garota depressiva, mas dentro dela é uma aventura com adrenalina. Divertido é pontual, mas não predominante pra título do filme.

  4. Acho que entrei no cinema com um bloco de Gelo no meu peito. Não senti a emoção que tantos falam e vocês explicaram muito bem. Foi uma ótima animação, sim claro. Mas a história não me atingiu.
    Mas sempre é bom ouvir a opinião de vocês, curti o cast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.