DragonBallSuper-Episode5-Animation-Quality-4

Dragon Ball Super começou há um mês e meio no Japão, mas uma coisa que virou assunto nas últimas semanas foi a animação duvidosa que aconteceu no episódio 4 da série.

Será que é motivo pra tanto? Sim, mas quem acompanha Sailor Moon Crystal, Cavaleiros do Zodíaco Soul of Gold já está sabe dessas derrapadas do estúdio de animação da Toei, mas não é algo que se restringe só a ela.

Por exemplo, Puella Magi Madoka Magika acabou ganhando novos efeitos e até animações totalmente refeitas quando foi lançado em blu-ray. Por quê? A pressa pra ter a animação semanal na televisão faz com que a animação chegue numa qualidade longe de aprovação do próprio estúdio e quando o mesmo pode relançar a obra no mercado de home-video, acaba fazendo de uma forma diferenciada, principalmente porque o público japonês é conhecido por ser exigente e querer qualidade alta.

Mas isso se restringe a animações? Não, porque os mangás também sofrem desse mesmo mal. Quanta vez se ouviu falar que mangás como Hunter X Hunter na publicação semanal saia numa qualidade pavorosa e acaba ganhando uma “melhorada” quando ganhava os capítulos gerava um novo volume pra série?

E Dragon Ball Super? Semelhante a Sailor Moon Crystal que está sendo lançado em blu-ray com melhoras na animação, provavelmente todos os defeitos de anatomia devem ser corrigidos para o lançamento.

streamed_version_to_blu-ray_comparison_sailor_moon_crystal_02_ami_and_usagi

O ditado “a pressa é inimiga da perfeição” nunca foi tão utilizado como nas últimas animações, mas vale também mencionar que o público acaba culpando que o estúdio escolheu filial em Filipinas para animar a série e isso teria “prejudicado” a série. Isso é bem estranho, principalmente porque um país não determina um nível de animação, lembrando que Simpsons é animado na Coréia do Sul, enquanto a grande maioria das animações da Hanna Barbera nos anos 80 era feita pela própria Toei no Japão.

Recentemente tivemos um “stress” com Legend of Korra, em que a animação era feita na Coréia do Sul e quando a animação escolheu um estúdio japonês, o público não gostou e os produtores optaram voltar pro estúdio original. Lembrando que tanto Avatar como Korra tem uma animação inspirada e que emula o estilo da animação japonesa, sendo até engraçado a rejeição do público quando a animação mudou para um estúdio japonês.

O que devemos tirar disso? Que o questionamento do público é verdadeiro, mas que existem tantos casos por aí que a conclusão que tiramos é que Dragon Ball Super será apenas mais um caso nessa imensidão de animações que estão no mercado e não estão em sua qualidade máxima.

E por falar em Dragon Ball, acabamos recomendar a jogar Dragon Ball no Poki.

 

 

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli