cultura japonesa

Se vamos falar sobre a cultura japonesa, porque não falar dos japoneses? Mas que assunto especifico vamos falar? Bem é difícil escolher, até eu estou tentando pensar de onde começar. Então eu irei colocar uma palavra e escrever sobre ela.

Vale lembrar que falar sobre uma sociedade é bastante relativo e complicado, sempre vai existir pessoas que são o oposto do que eu irei falar.

Eu deixarei junto ao texto alguns links de artigos que escrevi sobre determinado assunto da palavra de cor vermelha.

Timidez

Japoneses são tímidos, isso é bastante evidente. Alguns tem problemas de se socializar, outros problemas para conversar com sexo oposto, fazendo com que alguns confundam a timidez com preconceito ou frieza.

A timidez não é apenas um charme, isso vem prejudicando a vida social no Japão e os relacionamentos, fazendo com que a população não tenha filhos, e que homens troquem mulheres por computadores.

sekachu040910_215

Educação

Os japoneses são famosos por ser educados, mas de que maneira? Na maneira de falar, o idioma japonês possui uma maneira totalmente educada, e notamos nas conversas japonesas que não existem muitas gírias e palavrões de conotação sexual.

Já no dia a dia, os japoneses obedecem as leis, por mais estranha que seja. Eles evitam jogar lixo na rua, ultrapassar sinais vermelhos ou atravessar a rua fora da faixa.  É nessas pequenas coisas que notamos a diferença, como isso é possível? Desde o começo eles são educados de forma rígida a seguir um estilo de vida encima da lei e do que é correto.

A educação japonesa prima por uma disciplina radical e uma tradição acirrada. Mas nem todos se sentem confortável ao seguir essa sociedade educada, essa rigidez acaba causando suicídios, por que são psicologicamente pressionados pelas famílias e por este sistema altamente exigente.

Akiba_denkigai-e1432983081856

Hentai 

Hentai é uma palavra japonesa usada para dizer que a pessoa é pervertida ou estranha. Não podemos negar que todo ser humano é pervertido. Mas até a maneira dos japoneses agirem com relação aos desejos sexuais são diferentes. Podemos notar a enorme quantidade de fan service em alguns animes, a inúmera quantidade de mangas e eroges existentes.

Mas diferente do Brasil, a imoralidade no Japão é exposta de uma maneira diferente e mais agradável. Por mais comum que seja você encontrar alguém lendo um hentai ou por mais exposto que esteja em banners e lojas, você não se sente forçado a presenciar ou ouvir coisas imorais no dia a dia. A timidez e a educação contribui para um país onde os tarados preferem roubar calcinhas que estuprar pessoas.

Não deixa de ser estranho o fetiche por vibradores, tentáculos, lolis, e peitões infláveis nos animes. Apesar de toda essa influencia da mídia, a taxa de natalidade esta cada vez menor. Vale lembrar que no Japão a pornografia fiscalizada é censurada.

1252420532278_f

Honestidade

Um dos pontos fortes dos japoneses são sua honestidade, claro que não vamos dizer que todos são honestos. Mas a cultura com que os japoneses são criados, faz com que eles prefiram pagar para baixar uma musica que piratear de graça no google. Permite que o país tenha bancas de verduras sem nenhum atendente onde a pessoa escolhe o produto e coloca o dinheiro na caixinha.

Um País onde 90% das coisas perdidas são devolvidas aos donos. Um país onde durante o terremoto de 2011 os japoneses entregaram mais de 125 milhões em dinheiro ou pertences que foram perdidos na cidade devastada, para que a policia entrega-se aos seus donos. Nem todos são honestos, mas a maneira que os japoneses foram criados e educados colabora para uma sociedade justa e melhor. 

Vale lembrar que apesar das inúmeras maquinas de pachinko, ou os Arcade que são um verdadeiro comedor de fichas, no Japão é proibido apostas envolvendo dinheiro e da até cadeia.

N3RFxeq-e1445624503372A imagem mostra alguém quebrou a buzina da bicicleta e deixou um bilhete pedindo desculpas e o dinheiro para o dono comprar outra buzina.

Claro que não podemos generalizar, esse é um assunto muito delicado de se discutir, mas também não devemos generalizar o oposto como alguns fazem.

Futuramente vamos abordar um pouco mais a personalidade e a sociedade japonesa em um próximo artigo. Agradeço a todos vocês por ler esse simples artigo. T.T