cultura japonesa

Se vamos falar sobre a cultura japonesa, porque não falar dos japoneses? Mas que assunto especifico vamos falar? Bem é difícil escolher, até eu estou tentando pensar de onde começar. Então eu irei colocar uma palavra e escrever sobre ela.

Vale lembrar que falar sobre uma sociedade é bastante relativo e complicado, sempre vai existir pessoas que são o oposto do que eu irei falar.

Eu deixarei junto ao texto alguns links de artigos que escrevi sobre determinado assunto da palavra de cor vermelha.

Timidez

Japoneses são tímidos, isso é bastante evidente. Alguns tem problemas de se socializar, outros problemas para conversar com sexo oposto, fazendo com que alguns confundam a timidez com preconceito ou frieza.

A timidez não é apenas um charme, isso vem prejudicando a vida social no Japão e os relacionamentos, fazendo com que a população não tenha filhos, e que homens troquem mulheres por computadores.

sekachu040910_215

Educação

Os japoneses são famosos por ser educados, mas de que maneira? Na maneira de falar, o idioma japonês possui uma maneira totalmente educada, e notamos nas conversas japonesas que não existem muitas gírias e palavrões de conotação sexual.

Já no dia a dia, os japoneses obedecem as leis, por mais estranha que seja. Eles evitam jogar lixo na rua, ultrapassar sinais vermelhos ou atravessar a rua fora da faixa.  É nessas pequenas coisas que notamos a diferença, como isso é possível? Desde o começo eles são educados de forma rígida a seguir um estilo de vida encima da lei e do que é correto.

A educação japonesa prima por uma disciplina radical e uma tradição acirrada. Mas nem todos se sentem confortável ao seguir essa sociedade educada, essa rigidez acaba causando suicídios, por que são psicologicamente pressionados pelas famílias e por este sistema altamente exigente.

Akiba_denkigai-e1432983081856

Hentai 

Hentai é uma palavra japonesa usada para dizer que a pessoa é pervertida ou estranha. Não podemos negar que todo ser humano é pervertido. Mas até a maneira dos japoneses agirem com relação aos desejos sexuais são diferentes. Podemos notar a enorme quantidade de fan service em alguns animes, a inúmera quantidade de mangas e eroges existentes.

Mas diferente do Brasil, a imoralidade no Japão é exposta de uma maneira diferente e mais agradável. Por mais comum que seja você encontrar alguém lendo um hentai ou por mais exposto que esteja em banners e lojas, você não se sente forçado a presenciar ou ouvir coisas imorais no dia a dia. A timidez e a educação contribui para um país onde os tarados preferem roubar calcinhas que estuprar pessoas.

Não deixa de ser estranho o fetiche por vibradores, tentáculos, lolis, e peitões infláveis nos animes. Apesar de toda essa influencia da mídia, a taxa de natalidade esta cada vez menor. Vale lembrar que no Japão a pornografia fiscalizada é censurada.

1252420532278_f

Honestidade

Um dos pontos fortes dos japoneses são sua honestidade, claro que não vamos dizer que todos são honestos. Mas a cultura com que os japoneses são criados, faz com que eles prefiram pagar para baixar uma musica que piratear de graça no google. Permite que o país tenha bancas de verduras sem nenhum atendente onde a pessoa escolhe o produto e coloca o dinheiro na caixinha.

Um País onde 90% das coisas perdidas são devolvidas aos donos. Um país onde durante o terremoto de 2011 os japoneses entregaram mais de 125 milhões em dinheiro ou pertences que foram perdidos na cidade devastada, para que a policia entrega-se aos seus donos. Nem todos são honestos, mas a maneira que os japoneses foram criados e educados colabora para uma sociedade justa e melhor. 

Vale lembrar que apesar das inúmeras maquinas de pachinko, ou os Arcade que são um verdadeiro comedor de fichas, no Japão é proibido apostas envolvendo dinheiro e da até cadeia.

N3RFxeq-e1445624503372A imagem mostra alguém quebrou a buzina da bicicleta e deixou um bilhete pedindo desculpas e o dinheiro para o dono comprar outra buzina.

Claro que não podemos generalizar, esse é um assunto muito delicado de se discutir, mas também não devemos generalizar o oposto como alguns fazem.

Futuramente vamos abordar um pouco mais a personalidade e a sociedade japonesa em um próximo artigo. Agradeço a todos vocês por ler esse simples artigo. T.T

 

 

8 Comments on “Cultura Japonesa | Japoneses #1”

    1. No, meio difícil ter visto permanente pra pessoas atoa como eu T.T só eu casando com uma japa… Eu trabalho online por conta própria, e não estou afim de enfrentar fabricas…

        1. Isso atrai todos. Por isso virei estudante de cultura, as vezes sofro preconceito nos meus artigos por não estar la no Japão. Mas o povo esquece que professores de historia ou outras matérias dão aula de historia sem ter vivido ela 1000 anos atrais… T.T

          1. Então que fique claro que não o julguei. Pois trouxe argumentos sólidos.

            O que me desperta a minha curiosidade é a quantidade de conteúdo “exagerado” que provém de algumas mídias (Muitas delas de nicho) e parece ser aceita e comercializada.

            Porém em contrapartida o Japão parece ser um país seguro. Onde existe um tipo de respeito mutuo.
            Existe bizarrices, certamente que sim. Mas aparentemente não extrapolam para um crime hediondo.

            Isso é algo muito curioso ao meu ver.

            Não sei se consegui ser claro.

          2. Eu entendo… N referi a você, mas me deparo muito com coisas do tipo, as vezes as pessoas pensam q eu estou falando q o país é uma maravilha mas nem tanto. Todos tem problemas… Tem brasileiros que estão la no Japão e fica reclamando, n podemos falar uma coisa boa do país e eles vem reclamar…

          3. Mas isso é subjetivo.
            Nós como a cultura social que temos aqui no Brasil talvez seja mais difícil conviver com um povo que é naturalmente mais reservado.

            Eu por exemplo conheço uma pessoa que se arrepende até hoje de ter voltado para o Brasil.
            E se pudesse voltaria para o Japão, pois se sentia muito melhor lá.

            Certamente é uma questão de ponto de vista.
            O que admiro no Japão é um certo respeito mutuo (É o que acho, não posso dizer 100% que existe isso) das pessoas.
            Parece que as pessoas não perdem tempo se preocupando alheiamente com as outras.
            Há também o senso de organização.

            Coisa que aqui no continente americano não se vê muito não.

  1. O.K. Vou me entregar XD. Ótima matéria, parabéns. Realmente a cultura japonesa é muito fascinante, adoro as músicas (Até as mais tradicionais) no geral muito me atrai. Anime, mangás, filmes e games. E hentai (Sim, eu gosto) isso vem já pelo fato de gostar da arte de animes e mangás. Dai quando conheci, eu acabei gostando e formando meu gosto. Evidente tem suas bizarrices e seus estranhos fetiches, que muito é o que me faz “me julgar” por gostar. Mais sempre procuro ficar no senso correto, de minha pessoa. Gostaria de saber mesmo porque eles tem tanta tara por loli, como dito tudo passa por fiscalização. Então como pode, é curioso mesmo. Esses dias assisti a um vídeo, no qual descobri que existe um livro de suicídio. Não podemos generalizar, mais é isso que faz com que queiramos conhecer mais e entender sobre essa cultura. Que tem seus autos e baixos, assim como o resto do mundo.
    Realmente vejo muitos falarem que a segurança lá é ótima. E é uma pena que a educação seja tão forte a ponto de cobrar tanto, e daí ocorre as mortes. Mais o mundo é assim, e cultura é cultura.
    Tem muito o que se aprender, só que partimos mais do julgar do que conhecer. Japão, e Brasil. Ambos tem suas qualidades e defeitos.
    Matérias assim são muito boas. Realmente não se deve confundir timidez com preconceito ou frieza. Traga mais de seu conhecimento para nós Kevin. ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.