JQuadrinhos POST 2016 15

A Comic Con 2015 terminou (confesso que já estou sentindo saudades…), mas ainda estamos na hype do evento. Já que é assim, não podíamos deixar de falar da última edição da Turma da Mônica Jovem, a de número 88, que traz um título que diz tudo: Somos Todos Nerds.

1a_CAPA_TurmadaMonicaJovem_088_baixa [382558]

A história

Tudo começa num dia normal como outro. “Seu” Araújo, pai do Cascão, havia planejado o sábado perfeito: assistir à partida de futebol do Timão no estádio com o filho, mas… seus planos foram por água abaixo ao encontrar um bilhete da esposa dizendo que foi deixar as crianças no metrô. De forma nérdica e sagaz, ele descobre que o destino do filho é a Comic Con 2015 e é claro que não é uma “convenção de nerds” que vai impedir seu sábado perfeito.

Os objetivos da Turma

De volta à turminha, ao chegar ao local da convenção, enquanto Cascão tem objetivos até demais para concretizar (ilustrados numa inspiradíssima página pixelizada, pena que foi em preto e branco), os outros três já estão decididos: Mônica irá ao stand da editora Lemon Tree tentar pegar o autógrafo da autora de “Jogos Divergentes” (sacada ótima); Magali irá ao stand da Ulimited Toys Editions para comprar a “Lendária Melancia Bonitinha” (densetsu no suika kawaii) e o Cebola quer pegar o lançamento do jogo on line “Legends of Fantasy Online 4”. Nem é preciso dizer que, como em todo bom evento especializado eles acabam se separando por motivos alheios à sua vontade (quem nunca?) e aí será necessário muita paciência e, porque não, desprendimento, para conseguirem realizar tudo a contento.

4a_CAPA_TurmadaMonicaJovem_088_baixa [382557]

As referências

Durante a saga, nossos cérebros nerds são bombardeados com muitos táquions de referências de tudo quanto é jeito; seriados, filmes, quadrinhos e tudo o mais que ousemos imaginar. O mais legal é que nem tudo parte direto do Cascão, o personagem mais geek da versão jovem. Todo mundo colabora com uma pérola que até mesmo pessoas que não são fãs reconhecem facilmente, que vão desde o recente “o inverno está chegando” até o clássico dos clássicos “eu sou seu pai” (carinho especial pela referência à Lições, dos irmãos Cafaggi).

Além de tudo isso, o nosso querido Sidney Gusman faz uma participação mais do que especial no seu stand “Universo dos Gibis”, ajudando o pai do Cascão a entender que o fato de seu filho nem sempre escolher o mesmo programa que ele não quer dizer que estejam desconectados. A turma também dá um exemplo que pouquíssimas pessoas fariam: escolher o que deixaria seu amigo mais feliz ao invés do que o seu próprio. Isso realmente não tem preço.

Opinião

Confesso que deixei de comprar muitos números da Turma jovem porque fiquei um pouco chateada com alguns rumos que a trama tomou, mas esse volume me fez sentir como não me sentia há muito tempo. Apesar da Turma sempre dar lições de amizade e estar sempre unida nas outras edições, nesta em específico senti esperança de novo no Cebola e estou torcendo para que o Do Contra tire o time dele de campo, afinal, nerd como sou não posso deixar de shippar os dois sabichões mais amados dos quadrinhos. No mais, a história é muito divertida e cumpre seu objetivo de entreter e desafiar nossas memórias com louvor. Que venham os próximos eventos!

tmj88

About Luana Tucci de Lima

Fã incondicional de CLAMP, Nobuhiro Watsuki e Yuu Watase. Adora mangás Yaoi , Turma da Mônica e... mordomos de óculos.

View all posts by Luana Tucci de Lima