jwave-capa-332-post-site

Play
Play

O JWave entra no mês de aniversário e pra abrir as comemorações, o JWavecast estreia a nova série sobre as temporadas de Avatar.

Avatar está há mais de 10 anos no mercado e mudou a forma de analisarmos animês produzidos fora do Japão.

Vamos viajar a um mundo aonde tudo mudou quando a nação do fogo atacou! Podcast com NerdMaster, Fatfrog, Calliban e o Juba.

Participantes





Feed
Já assinou?

Curso Japonês Expresso
Estude as noções básicas de japonês em seis semanas!
cursodejapones
Clique aqui para saber mais!

iTunes

Dê uma nota pro JWave e comente sobre nosso podcast por lá!

Redes Sociais
Fanpage do JWave
Grupo do JWavecast
Twitter
Instagram

Indicação
X-men Trilogia – 3 Discos – Blu-ray + HQ
X-men – Primeira Classe – Blu-ray
X-men Primeira Classe – DVD
X-men Quadrilogia – 4 Discos – Blu-ray
X-men Trilogia – 3 DVDs
Marvel Anime – X-men – A Série Completa – 2 DVDs
X-men Noir – a Marca de Cain

Emails
[email protected]

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli

11 Comments on “JWave #332 | Avatar: Livro da Água”

  1. No livro um de avatar, o episódio que eu considero o divisor de águas é “A Tempestade” que aprofunda MUITO o Zuko e o Aang através de flashbacks. A primeira season como um todo é um pouco inferior às duas seguintes, mas ainda sim é MUITO acima da média. A saga como um todo fica no meu TOP 1 de desenho ocidental favorito. Estava muito ansioso pra esse Jwave, vou ouvir assim que sair aqui do trabalho! Um forte abraço!

      1. Foi sensacional! Agora estou ansioso pra ver as impressões de vocês sobre a toph, a azula, e os outros personagens que vão ser introduzidos na segunda temporada kkkk. Um abraço e continuem sempre com esse nível de excelência podcastica

  2. não sei se isso tem a ver com alguma coisa , más os nomes dos personagens de avatar demonstram muito bem o elemento que eles dobram , toph é um nome pesado que lembra terra , assim como katara e ang tambem lembram um pouco o elemento que eles dobram

    1. Acreditamos que você tem razão.

      Como é um podcast que será em várias partes, a equipe falará mais dos personagens na próxima parte. (Inclusive a dublagem que seguramos pra uma parte posterior).

  3. Olá Juba, olá Call sou eu o fã de S H U R A T O Shurato de novo, depois do Sonic agora vocês estão falando do meu ponto vista mal dos cavaleiros chamando de “cavaleiros do horoscopo”, provavelmente hoje vocês não teriam acesso as séries que tem se não fosse cavaleiros, ainda esta para surgir ou pelo menos eu não encontrei ainda um seriado que estivesse a altura desse, um anime que trata de amizade e trata o assunto com seriedade, quem sabe algum dia surja uma série assim das que conheço somente Yu Yu Hakusho teve o mesmo equilibrio. De qualquer maneira até hoje vocês estão devendo uma continuação e um tratamento decente aos seus fãs.

    1. Marcus,

      Quando que o senhor nasceu? Porque sendo franco contigo, a febre da animação japonesa veio bem antes de Cavaleiros do Zodiaco, sendo apenas uma “febre” recente a de CDZ.

      Eu sou dos anos 80 e nasci em 1983, sendo que na minha época a febre veio com Jaspion e Changeman. Eles foram os primeiros? Não. Teve National Kid, Ultraman, Super Dinamo, entre tantas outras produções nipônicas que vieram ao Brasil nos anos 60 e 70.

      Devo a Cavaleiros? Talvez, por ter vindo por uma empresa de brinquedos, a Santoy e foi com sucesso de CDZ que veio o “nosso” desenho favorito que é Sailor Moon. Esse é um argumento pra se falar de CDZ.

      Cavaleiros do Horoscopo é uma zoeira normal e talvez falte um senso de humor em tua pessoa. Se você é da época de Cavaleiros como diz, deve se lembrar de Hypercomix que era uma satira de CDZ que fazia piadas desse tipo.

      Pra mim, animação japonesa não foi com CDZ, mas com Doraemon (Super Gato na Manchete), Pequeno Príncipe (SBT), entre outras produções que sempre existiram na tv aberta.

      Acredito amigo, que talvez vc precisa rir um pouco mais da vida e parar de enxergar algo que não existe. Não odiamos nem Shurato e nem CDZ, porém estão longes de fazerem parte das nossas listas favoritas de animações japonesas, o que é normal. Gosto é gosto.

      Sobre CDZ, talvez a gente retorne, mas tem Yu Yu Hakusho e Dragon Ball que são prioridades mais importantes no momento.

  4. Muito bacana o episódio, acho que precisa de vários edições mesmo pra contar o mínimo sobre essa série QUE MERECE TODO RECONHECIMENTO 🙂

    Obs. Essa coisa de “tribo do mel” encheu o saco, mas foi engraçado hehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.