Nosso colaborador Rafael Akira Yoshioka esteve no evento e nos conta tudo!

O Primeiro Campeonato Internacional de Pokémon TCG e VGC, realizado no Brasil de 21 a 23 de abril, reuniu mais de 1000 jogadores de vários países do mundo. A edição latino-americana do torneio foi a que recebeu o maior número de participantes estrangeiros entre as três etapas já realizadas, superando todos os outros campeonatos realizados até então em quantidade de jogadores.

Dezenove países de todo o mundo reuniram-se para disputar os campeonatos de Video Game (VGC) e Trading Card Game (TCG) no World Trade Center, em São Paulo. Esta edição foi a primeira no continente a conceder dois tipos de premiação distintos: uma em dinheiro para os campeões da categoria Master (adultos) e outra em bolsas de estudos e viagens (crianças) no valor de U$ 10,000 (algo em torno de R$ 22.000,00 já com impostos).

Como era de se esperar, os brasileiros foram a maioria do público e também foram muito bem nas competições, sendo mais de 500 jogadores só na categoria Master.

No primeiro dia, foram 9 rodadas do “suíço”, modalidade na qual os jogadores se enfrentam entre si. Esta etapa durou quase 12 horas 32 competidores “sobreviveram” para se enfrentar em sistema de mata-mata no sábado. Finalmente, no domingo, apenas os 8 melhores em cada categoria jogaram.

O Brasil foi muito bem representado nas três categorias, chegando às finais em 3 delas; na categoria Junior (crianças até 10 anos) perdeu para uma holandesa, sagrou-se campeão contra um britânico na categoria Sênior (até 15 anos) na partida mais polêmica e emocionante do campeonato e, na categoria Master, (Adultos) ficamos com dois representantes entre os 04 melhores: Thiago Giovannetti e Ian Fukuda (derrotado no último turno de jogo pelo chileno Juan Pablo Salas, ganhando o terceiro lugar).

Campeões da categoria Junior
Campeões da categoria Master
Campeões da categoria senior

Além de toda a emoção vivida nestes três dias, o evento também proporcionou à comunidade brasileira de Pokémon a oportunidade de ver o quanto ainda pode crescer e acompanhar estes jogadores talentosos, que merecem ser respeitados e ovacionados pela qualidade das partidas jogadas.

About Daniel Ramos

Sempre presente nos eventos de cultura japonesa que saem nas páginas do JWave.

View all posts by Daniel Ramos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.