JMangá #133: Fullmetal Alchemist #8

Na edição passada, descobrimos que o Führer King Bradley também é um homúnculo! Será que Ganância escapa dos olhos supremos? Vamos conferir neste JMangá!

Nesta edição

Sem dó de seus aniversários, King Bradley prende Ganância e liquida quase todos os subordinados do homúnculo. A brutalidade com a qual executa Martel, ainda abrigada na armadura de Al, faz com que o garoto relembre quando esteve diante da porta da Verdade.

Em seu dia de folga, a tenente Hawkeye se depara com um elemento que todos julgavam estar morto, fazendo com que as investigações de Mustang tomem uma direção mais assertiva.

Ganância é levado por Bradley à presença daquele que os homúnculos chamam de Pai e é revelado que o líder de Amestris é Ira, o primeiro homúnculo que envelhece, criado há 60 anos. Enquanto Ganância paga caro pela sua traição, novos personagens aparecem, vindos de Xing, um país do Oriente.

May Chang e seu mini panda de estimação, Xiaomei, aparecem nas minas de Younswell. Ed e Al voltam para Rush Valley e acabam encontrando Lin Yao, um viajante misterioso, faminto e boa-praça. Tanto ele quanto May estão buscando o método da imortalidade, mas… por qual motivo?

Curiosidade
Nesta republicação, optou-se por traduzir um país quase ao pé da letra: o que era Xerxes na primeira edição virou Cselkcess (em japonês, a leitura propriamente dita seria Kuserukusesu). Confesso não ter entendido o porquê dessa mudança, já que a fonética japonesa nesse caso é semelhante à do nome do professor Xavier dos X-Men no original (Professor Ecszeivier, numa tentativa de reproduzir a fonética). Sendo assim, Xerxes era uma boa adaptação, na minha humilde opinião.

Versão original da primeira aparição do termo “Xerxes” em FMA

Nova adaptação do termo “Xerxes”

Outra mudança interessante foi alterar a fonte dos balões dos personagens de Xing para sugerir um sotaque, ao invés de manter a decisão da primeira versão, onde se usava uma adaptação com um sotaque mais esteriotipado, utilizado comumente com personagens orientais. Confesso que gostei bastante desta solução atual.

Nova adaptação do sotaque de Xing

Opinião
A história segue avançando de forma ágil e interessante: o líder do país é um homúnculo; personagens misteriosos buscam algo que pode levá-los à situações bem perigosas, ao mesmo tempo em que os irmãos Elric parecem ter cada vez mais perguntas e menos respostas disponíveis… Fullmetal Alchemist só melhora a cada edição!

Agradecemos à editora JBC, que nos cedeu o exemplar para análise.

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
%d blogueiros gostam disto: