JMangá #140: Your Lie in April #1

 

Para quem estava com saudade de uma história leve com uma pitada de drama, chega às bancas Your Lie in April, o novo shoujo da Panini e a estrela desse JMangá.

A história

Kousei Arima é um jovem estudante e pianista prodígio. Ainda criança, sob a rigorosa tutela de sua mãe, ganhou vários prêmios importantes e era modelo para muitos musicistas de sua idade.

Com o falecimento de sua mãe, Kousei ficou tão traumatizado que tornou-se incapaz de tocar piano, mesmo com o incentivo constante de seus amigos de infância, a espevitada Tsubaki e o sedutor Watari.

Um dia, de maneira inesperada, Kousei conhece Kaori, uma bela garota de espírito livre e violinista incrível. Ela toca o instrumento de forma única, fazendo com que o garoto desperte sentimentos até então desconhecidos: um misto de admiração com amor.

O fato de Kaori ser uma das muitas namoradas de Watari não impede o ex-pianista de nutrir tais sentimentos e mais: talvez Kaori e seu amor pela música possam curá-lo de seu trauma e fazer com que o garoto aprenda novamente a ouvir as melodias que dedilha ao piano.

A edição brasileira

Assim como praticamente todos os shoujo da editora, Your Lie in April foi publicado em papel pisa brite. Ele não tem páginas coloridas, mas tem imagens bacanas nas contra-capas.

A tradução ficou por conta de Erika Abreu, a edição sob a batuta de Beatriz Bevilacqua e as letras com Joel Joaquim Dias.

Opinião

Your Lie in April tem potencial para emocionar. O trauma do protagonista é algo plausível e que pode acontecer a qualquer um.

Kousei vivia inseguro porque, apesar de parecer gostar de tocar piano, estava buscando realizar um sonho que não era dele; sua mãe, impossibilitada de alçar vôos mais altos, exigia do garoto a perfeição, até que foi vencida pela doença.

Com a ausência da mãe, o garoto exigiu ainda mais de si mesmo e acabou traumatizado, embora ainda dependa do piano para obter seu sustento. Seus amigos tentam incentivá-lo, porém ninguém além dele mesmo pode dar o primeiro passo.

Kaori, com seu jeito expansivo e, quem sabe, guardando para si seus próprios demônios, faz com que Kousei confronte a si mesmo e procure encontrar seu caminho de volta.

Existem pessoas que têm a capacidade de nos fazer enxergar o mundo à nossa volta com mais brilho, especialmente após passarmos por situações extremas, como a perda de alguém querido ou um trauma que nos faça perder a identidade. Esses dois jovens representam todos aqueles que estão perdidos, procurando um novo sentido na vida e que pode ser encontrado através do amor. Tenho certeza que esta história irá emocionar a todos.

Agradecemos ao pessoal da editora Panini, que nos encaminhou o exemplar para análise.

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
%d blogueiros gostam disto: