JWave Game #32: Digimon Story: Cyber Sleuth Hacker’s Memory

Editado e revisado por: Giuliano Peccilli

Mais uma vez, estou aqui para falar de Digimon, sendo que dessa vez falarei da sequência do RPG de 2015, Digimon Story: Cyber Sleuth Hacker’s Memory. Para quem não conhece, eu defino essa série como: Digimon encontra Persona.

História

Voltamos o mundo de Digimon Story, agora com outra perspectiva e depois do evento de Cyber Sleuth. Agora você controla um membro recente do grupo hodie, os  hackers do momento, e resolvem casos normais do Digimundo. Soa até algo estranho nas memórias dos usuários.

Até o clima das missões e histórias lembram Persona. E o tema das memórias, dados entre outras coisas, combinam bem com esse mundo digital de informações, eu diria que ficou até melhor que o primeiro jogo. Falando em melhorias, agora temos novas localidades para visitar em Ikebukuro, porém o resto são todos cenários antigos.

20170518205230

Gameplay

É a mesma jogabilidade do jogo anterior, porém com mais digimon, quase 20 novos. Em geral as batalhas continuam muito fáceis, onde o auto battle dá jeito em quase tudo até o fim do jogo.

O grande “tchan” fica com o sistema de Digievolução que faz continuar jogando e querendo ver o que vai conseguir, devo confessar que prefiro isso até mesmo que o sistema de pokemon EV&IV. A história principal dura cerca de 17 horas de gameplay. Em geral eu diria que o gameplay tem ótimas mecânicas, porém faltou um pouco de brilho, quem sabe um multiplayer competitivo ou mais desafios no geral. Mas assim como o jogo anterior, faz o seu serviço e mantém você jogando e se divertindo.

Gráficos/Som

Seguem o padrão PS Vita para Playstation 4. O que quero dizer? Sim esse jogo ainda é um jogo de Vita que foi portado para Playstation 4, sem muito tratamento mas que ainda faz um ótimo serviço. As musicas são remix do jogo anterior ou apenas as músicas antigas. Como dizem: em time que está ganhando não se mexe.

O único ponto negativo aqui mesmo são os cenários digitais, que são muitos sem graça, cenário azul e sem vida, que depois de dois jogos podem fazer você enjoar, ou então você acostuma e nem liga. O que é um grande contraste com os cenários baseados em lugares reais de Tokyo, que são bem legais.

Considerações finais

Quem gostou de Digimon Cyber Sleuth irá amar Hacker`s Memory. Para quem não conhece, mas gosta de digimon e de JRPG como Persona, vale a pena testar. Você não  encontrará um rival de Pokémon, o que é uma pena porque a base para ser um jogaço está aí. Faltou algo apenas.

  

Nota

3/5

 

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
%d blogueiros gostam disto: