Entre-Laços: Filme japonês estreia hoje nos cinemas!

Em 2018, nunca tivemos tantos filmes japoneses nos cinemas brasileiros. Seja uma invasão que começou tímida em cinemas de arte ou filmes de animês, acontece que o mercado brasileiro está recebendo produções nipônicas. E nessa imensidão de produções japonesas, temos a chegada de um filme muito especial que é o “Entre-Laços” (Karera ga honki de amu toki wa) da Lança Filmes. O filme foi o ganhador do Festival Internacional LGBT de Madrid, seguido de também vencedor em Júri Popular de Melhor Filme no Festival Internacional de Cinema Queer de Lisboa.

Pelos Festivais que ele foi premiado, pode se imaginar que ele aborda a cultura LGBTQ e sim ele aborda a dinâmica familiar com a transexualidade. Se hoje o universo brasileiro trouxe personagens transexuais em novelas como “A Força do Querer” e “Malhação: Vidas Brasileiras”, na televisão e nos cinemas japoneses também está se abordando e desenvolvendo obras que preenchem essa lacuna que esteve ausente até então.

Assim, o filme Entre-Laços (Karera ga honki de amu toki wa) vem ao Brasil pela Lança Filmes e será lançado no Dia Internacional contra a Homofobia, que é comemorado no dia 17 de maio.

Mas e a história?
Com extrema delicadeza o filme relata a história de uma garotinha de onze anos
chamada Tomo, que ao se ver abandonada pela mãe, recebe auxílio de seu tio Makio (Kenta Kiritami) que tem um relacionamento com a transexual Kinko (Torna Ikuta), uma enfermeira de coração bondoso que acolhe a garota com muito amor, fazendo o papel que caberia a sua mãe. Em pouco tempo a relação entre os três floresce e a pequena Tomo descobre o verdadeiro significado de uma família.

Filmes que curam?
A diretora Naoko Ogigami, que não só dirige, mas também é a roteirista de “Entre-laços” é conhecida no Japão por produzir obras que tem um fator de Cura emocional (iyashi-kei eiga, literalmente “filmes que proporcionam cura emocional”).

Seus filmes abordam temas como a natureza, choque de cultura; estrangeiros que chegam em outros países e se deparam com práticas e elementos desconhecidos. Os filmes de Ogigami são mais leves do que a maioria dos filmes japoneses. Um de seus filmes mais conhecidos pelo público se chama Megane (Glasses) “Óculos”, um filme de comédia japonesa do ano de 2007.

Ambientado em uma ilha japonesa sem nome, conta a história de um professor
universitário em férias que entra em contato com vários habitantes locais excêntricos.

O filme foi apresentado no Festival de Cinema de Sundance de 2008, onde foi indicado ao Grande Prêmio do Júri e no Festival Internacional de Cinema de São Francisco. A Federação Internacional de Críticos de Cinema premiou Megane com uma Menção Especial do Júri em 2008, no Festival Internacional de Cinema de Berlim, Megane, ganhou o Prêmio Manfred Salzberger por “ampliar as fronteiras do cinema atual’’.

Entre-Laços (Karera ga honki de amu toki wa)
Distribuição: Lança Filmes
Estreia: 17/05/18
País: Japão
Gênero: Drama
Ano de produção: 2017
Duração: 127 minutos
Direção e Roteiro: Naoko Ogigami
Produção: Takashi Iguchi, Satoshi Hayakawa, Toshiyuki Wake
Produtora: Suurkiitos
Elenco Principal: Toma Ikuta, Rinka Kakihara, Kenta Kiritani

Agradecemos a Lança Filmes pelas informações

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
%d blogueiros gostam disto: