Jogamos: Mônica e a Guarda dos Coelhos

Turma da Mônica e videogames pode parecer que não combinam, mas desde seus primeiros jogos em parceria com a Tectoy, a Mônica invadiu uma área inexplorada e que se revelou um sucesso.

Passado 20 anos, a Mad Mimic Interactive está carregando esse novo legado e nem por isso desconsiderou o que veio antes. Nos primeiros minutos de Mônica e a Guarda dos Coelhos, acabamos descobrindo que tudo que veio nos jogos anteriores realmente aconteceu, dando aquela lágrima de alegria no jogador que já tem mais de 30 anos nas costas.

Só que antes de falar qualquer coisa desse novo jogo, gostaria de relembrar um pouco o processo de lançamento do jogo com vocês.

Maurício de Souza anuncia novo jogo da Mônica

Criador da Turma da Mônica apareceu segurando um controle de Playstation 4 num teaser sobre o novo jogo da turma. Ninguém sabia como seria, o que seria, mas tiro o chapéu para a forma que o jogo foi anunciado.

E o anúncio se confirmou na forma da parceria com a Mad MimicInteractive e o lançamento do jogo no mesmo, assim a empresa durante 2018 acabou trazendo diversos anúncios, confirmando a jogabilidade, mas em especial a quantidade irreal de personagens no jogo.

Semelhante a empresas de jogos de luta como a Bandai e a Namco, o jogo veio com uma série de anúncios, revelando que traria muito mais do que a Mônica, Cebolinha, Cascão e a Magali. Tivemos Franjinha, Bidu, Horácio, Do Contra e até mesmo o próprio Maurício de Souza entre os personagens confirmados.

Além disso, o jogo esteve disponível no Brasil Game Show 2018 em estande de empresas como Microsoft, permitindo avaliar a jogabilidade e a qualidade da nova produção.

O jogo e o trabalho em equipe

Em tempos de tantos jogos para um jogador, Mônica e a Guarda dos Coelhos é uma boa surpresa multiplayer. Mesmo que possa ser jogado em uma pessoa, a sensação que tenho ao começar a jogar é que seria muito mais divertido em ter amigos ali presente.

Esse tipo de pensamento e filosofia do jogo traduz a essência da Turma da Mônica que funciona por tantas décadas, exatamente por serem uma turma. Então nada melhor do que você trazer a sua turma para jogar Mônica e a Guarda dos Coelhos.

No Heroes Here

É verdade que esse jogo é uma coprodução com Maurício de Sousa Produções, mas Mad MimicInteractive já havia produzido um jogo de sucesso internacional em 2017 que foi o No Heroes Here.

Aqui que vemos que esse novo jogo da Turma da Mônica usa algumas idéias e conceitos criados no jogo anterior, mas totalmente refeitos e contextualizados para a Vila do Limoeiro.

E essa parte acreditamos que deve ter muito influência da parceria com Maurício de Sousa Produções por o roteiro do jogo ter sido feito por eles. E a grande sacada do jogo estaria exatamente aqui, trazendo diálogos e situações que funcionam muito bem pra quem é fã dos personagens.

A História

Mônica acaba encontrando uma estrela que pede a sua ajuda e assim Mônica e sua turma entraram num castelo e terão que defender ele para conseguir seu objetivo.

Assim, você terá que administrar seu tempo para trocar minério em um coelho e usar ele nos canhões para não ter o castelo invadido.

A história é premissa básica e não imaginaria diferente pra proposta que o jogo foi produzido. Funciona e isso que é o interessante do jogo.

A Jogabilidade

Aqui temos um dos pontos positivos do jogo que merecem ser falados e lembrados. Testamos a versão de Playstation 4 e sendo um jogo com jeitão de retrô, imaginávamos que o controle seria “duro” igual antigamente e o controle responde rápido, além de ser macia a jogabilidade, sendo uma enorme surpresa.

Por causa disso, um jogo que tem comandos simples acaba ficando ainda mais divertido e podendo ser jogar por horas a fio.

Tendo quatro mundo, acaba parecendo e tendo a sensação de curto, mas por ser um jogo que se reinventa e ganha a cara da equipe que está jogando, sua jogabilidade varia com a habilidade da equipe, sendo bastante prazeroso jogar com os amigos.

Replay

Por ser um jogo que reúne os amigos, Mônica e a Guarda dos Coelhos acaba sendo um jogo que rende um enorme replay o que acaba sendo bom no custo benefício do jogador.

É um jogo de estratégia e que exige sua inteligência com reflexo imediato, ao mesmo tempo que é um jogo simples para ser jogado quando você não quer pensar muito e apenas jogar.

Mad Mimic Interactive fez um ótimo jogo e torço que não esperemos mais 20 anos para jogar outro jogo da Turma da Mônica nos consoles. Ao mesmo tempo que torço que o próximo jogo puxe mais os outros jogos mais antigos e herde um pouco da série Wonderboy que dá tanta saudade a este jogador aqui.

Nota

8/10

Agradecemos a Mad Mimic por ter enviado a cópia do jogo para Playstation 4. Obrigado por ter gerado horas e mais horas de jogatina!

Comentários

comentários


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
%d blogueiros gostam disto: