Review | Resident Evil 3

Resident Evil 3(2020)  não precisa de introdução. Um dos jogos mais clássicos da geração Playstation 1 e seguido do belíssimo remake do Resident Evil 2, logo comecei o jogo com muita expectativa.

Mas um aviso aos navegantes, eu quase não joguei o original por ser um pouco medroso, então vou analisar o jogo mais pelo que ele é hoje do que por ser um remake propriamente dito.

Gameplay

Assim como os gráficos, a parte mais atualizada desse remake está na câmera, controle e estão ao nível do que foi Resident Evil 2(2019). Aqui temos a novidade de um botão de esquiva e um quase witch time ao esquivar corretamente, o que seria bem parecido e que era a diferença do Resident Evil 2 original pro Resident Evil 3 original.

Muito bem traduzido e devidamente modernizado, sem sombra de dúvida esse é o ponto mais forte do jogo. Adorei quando jogamos em primeira pessoa, mas talvez seja uma coisa mais minha, por ter sido tão fã de Resident Evil 7.

Mudanças no Remake

Temos a primeira polêmica do jogo. Mudaram o querido Nemesis e ele não é mais o bichão randômico. Agora ele tem hora e lugar marcado para aparecer, nem sempre do mesmo jeito, mas ele irá aparecer e vai e se você já jogou um vez já sabe. O resultado disso é que talvez tire toda a emoção.

O segundo ponto de mudança foi: não tem mais os life events, quando você podia escolher que rota seguir. Tira um pouco do fator replay do jogo, mas mudanças sempre são bem vindas.

E aí temos o terceiro ponto polêmico que dois cenários e parte do jogo original não estão presentes.

Novidades bem vindas

Muitas novidades foram adicionadas e em geral você não sente falta do que saiu ou mudou. E se comparado ao Resident Evil 2, o jogo continua do mesmo tamanho, 6 horas mais ou menos para terminar o jogo.

O grande lance é que o jogo só tem uma rota de jogo( e não 2 rotas como no Resident Evil 2) e não tem New Game+. Isso diminuiu bastante o replay no jogo.

Resident Evil Resistance

E eu não podia esquecer de comentar que esse jogo na verdade é um dois em um, porque temos Resident Evil Resistance, no lugar de modo mercenários que inicio do Resident Evil 3, que é um jogo multiplayer assimétrico de 4 vs 1 bastante interessante, porém simples e curto. Chuto que pelo jeito não terá novos updates pra frente e como jogo em si não vive, sendo um bom bônus mesmo.

Concluindo que toda a polêmica de mudanças de conteúdo relacionado com o Resident Evil 3 original e que no Resident Evil 2 Remake não houve, pelo contrario , Resident Evil 2 Remake é sem duvida a melhor versão produzida.

Gráficos/Som

Lindos e perfeitos pra te dar medo como a luz que fica nos cenários escuros, eu ouvi gente falando que tem uns cenários que são muito parecidos com Resident Evil 2. Então entra na polêmica do porque corta conteúdo já engine utiliza dados do Resident Evil 2. 

Considerações finais

Em poucas palavras, eu diria que pro preço é um pouco alto para 2 bons jogos que são ótimos, mas não valem o que realmente custa.

Agora se você só vai pegar pelo Resident Evil 3, talvez não vale o preço inteiro.

Nota

Resident Evil 3

8

Jogabilidade

8.0/10

Gráficos

8.0/10

Som

8.0/10

About Marcos Soares

um jogador hardcore de games(eletronico,papel,tabuleiro,card,etc) que é apaixonado pela cultura japonesa. Com um background profissional voltado pra TI e marketing.

View all posts by Marcos Soares