JWave comenta como foi o Meet & Greet com ator Hiroshi Watari!

No último sábado, tivemos o primeiro Meet & Greet com ator Hiroshi Watari organizado pela organização do evento Alma Tokusatsu. Fomos convidados a participar dessa live que durou em torno de uma hora e meia.

Tendo 14 pessoas na Live (incluindo o próprio Hiroshi), a conversa foi fluindo e abordando coisas da atualidade e algumas curiosidades sobre as produções que ele participou no passado.

Mas antes de adentrar nesse bate-papo, vamos comentar um pouco do ator.

Quem é Hiroshi Watari?

Ator, cantor, dublador, Watari nasceu em 20 de março de 1963 na província de Niigata no Japão.

O ator ficou conhecido no Brasil pelo personagem Boormerman da série Jaspion de 1985. Em seguida vimos nas séries Sharivan (1982) e Spielvan (1986). Ambas vieram no sucesso de Jaspion sendo não as únicas participações do ator que também apareceu em Metalder.

Mas as participações não pararam por aí, aparecendo em animê Shin Chan, além de aparecer em Boukenger, além do filme Zebraman.

Meet & Greet

A equipe do Alma Tokusatsu organizou rapidamente um sorteio e assim foi estimulado um tempo de 8 minutos para cada fã conversar com o Hiroshi Watari. Toda conversa teve a ajuda do Ricardo Cruz e da Narumi Tsuruta na tradução, enquanto teve Kai Coelho na questão de respeitar o tempo de cada um.

Metal Heroes liderado por mulheres?
Spielvan inovou em colocar duas personagens femininas heroínas no gênero Metal Heroes

“Sim. Numa época que tem protagonista feminina como Mulher Maravilha. Tanto faz um homem ou uma melhor como protagonista, mas seria muito bacana no momento atual ter uma personagem feminina como protagonista”

Com o retorno dos policiais do espaço, uma das primeiras perguntas é sobre o papel da mulher hoje em dia nas produções. Tendo uma protagonista feminina em Star Wars e considerando que a série Spielvan foi a frente do seu tempo com duas parceiras, que talvez fosse hora de investir numa protagonista feminina.

Hiroshi Watari não só concordou com a sugestão e concordou que novos tempos criam oportunidades e que o retorno do Metal Heroes poderia ser com um personagem feminino ao invés dos tradicionais personagens masculinos.

O ator se machucou durante as filmagens da série Jaspion?

Uma das lendas urbanas é que o personagem Boomberman sumiu da série depois de um machucado durante a exibição da série. Hiroshi Bomberman desmentiu e explicou que na realidade ele havia se machucado em 1984. Na ocasião ele fez uma cirurgia colocando 7 pinos e uma placa de metal, sendo que durante a série Jaspion, ele fez uma nova cirurgia para tirar esses pinos, principalmente para ter liberdade de ir e vir (citando exemplo do constrangimento em aeroportos).

Devido a essa cirurgia, os produtores optaram afastar o personagem da série, sendo que ele retornou em dois episódios no final da série, também por opção da produção (mesmo estando apto).

Momento importante em Sharivan

Uma curiosidade que Watari compartilhou que a produção do Sharivan quando acabou as filmagens se comemorou bebendo um saquê especial por toda madrugada em comemoração. Foi um momento muito especial para o elenco em comemorar o fim da jornada de filmagens.

Qual era a rotina de filmagens no Japão naquela época?

Hiroshi Watari deu uma aula sobre as relações de atores novatos e experientes no contexto japonês. Explicando que mesmo sendo um protagonista em Sharivan, o ator tinha que se arrumar sozinho, ajudar a produção depois das filmagens, como levar café para veteranos entre outros afazeres.

Esse tipo de coisa que talvez soe estranho a ocidentais, Watari fala que é normal quando você começa a trabalhar numa empresa japonesa que o “Kouhai” (novato) faça todo tipo de serviço e isso não isenta atores principais como era o caso dele em Sharivan.

Dois anos depois em Spielvan, Watari não era mais “Kouhai” e se tornando “Senpai” (veterano), ele teve regalias que pode desfrutar um descanso e não praticar tantas atividades na série, além de ter atores para ajudar a ele se arrumar para as cenas de luta.

O ator podia voltar mais cedo para casa e descansar, coisa que não aconteceu em Sharivan.

Como estaria o personagem Den Iga hoje em dia?

O personagem passou a armadura de herói Sharivan para um novo personagem em 2014, mas fica a dúvida do que realmente ele poderia estar fazendo a exemplo do Kenji Ohba que aparece até hoje em dia nas produções que o personagem Gyaban aparece.

Para Hiroshi Watari, o personagem Den Iga provavelmente seria um professor e treinaria cadetes no espaço. Inclusive, ele comentou que torce que a Toei o convide para reprisar o personagem, seguindo esse estilo sugerido por ele.

Como foram as audições para séries de tokusatsu? E alguma série que desejou muito e acabou não passando na audição?

Ele respondeu que a única série que ele fez audição foi a série do Sharivan em 1982, sendo que mesmo esta, o ator fez audição sozinho, não tendo outros atores competindo pelo papel.

Tanto em Jaspion como Spielvan, a própria produção convidou para esses papéis. Sendo que séries como Boukenger e Kamen Rider Double foram casos similares em que o ator foi convidado para atuar nessas produções.

Qual ator da geração atual ficaria bem num personagem interpretado pelo Hiroshi Watari?

“Não sei. É muito difícil pensar agora no qual ator para o cargo. Esteja entre 20 a 30 anos.“

Hiroshi Watari

Watari não sabia responder essa pergunta, mas depois de um tempo ele sugeriu que o ator Masaki Suda que fez o Philip em Kamen Rider Double seria um ator perfeito para ocupar  lacuna em aberto do Sharivan (que o ator de 2014 saiu da produção) ou em novas releituras do Bomberman e Spielvan.

Que tipo de papel gostaria de fazer e nunca teve oportunidade?

Deadpool foi o primeiro nome que veio em mente, seguido do Venom. Watari gosta dessa camada de anti-herói e gostaria de interpretar um herói que pode utilizar habilidades de outros personagens ou que tem valores tão opostos do que são explorados no tokusatsu.

Em outra oportunidade na entrevista, ele ressaltou que gostaria muito de ter a oportunidade de interpretar um vilão. E perguntaram ele imagina como chefe de uma organização do Mal, mas ele ainda não havia pensado nisso.

Você participaria de alguma produção fora do Brasil?

“Logicamente que sim. Será que o pessoal do filme do Jaspion não vai falar comigo?”

Hiroshi Watari

Depois dessa indireta, acho que a Sato Company precisa fazer um convite oficial para o ator aparecer no filme do Jaspion.

Quais inspirações na infância?

O ator falou em Kamen Rider Ichigo foi sua grande inspiração para trabalhar na área.

Dois atores que gostaria de atuar?

Hugh Jackman e Robert Downey Jr.

Ilustração do Meet & Greet

Ilustração do Michel Borges

No final do Meet & Greet o desenhista Michel Borges apresentou uma ilustração com todos os participantes daquela reunião no maior estilo Roda Viva. Ficou sensacional o desenho, não?

Agradecimentos a Alma Tokusatsu

Gostaríamos de agradecer profundamente ao Alma Tokusatsu pelo convite de participar desse Meet & Greet. Nos oferecemos e estamos a disposição para ajudar na divulgação do evento seja físico ou online, além do crescimento do tokusatsu no Brasil.

Nosso muito obrigado pelo convite.

Galeria de fotos do Meet & Greet

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli