Categorias
Eventos

35º Tanabata Matsuri será realizado neste final de semana

Foto: Cultura Japonesa (culturajaponesa.com.br)
Será realizada neste final de semana (06 e 07/07), no bairro da Liberdade, em São Paulo, a 35ª edição do tradicional Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas.
O festival é inspirado em uma lenda antiga do Japão, que conta sobre o romance proibido entre uma princesa tecelã (Orihime) e um pastor (Kengyu), que foram punidos sendo transformados em estrelas e podendo se encontrar apenas uma vez a cada ano.

Tradicionalmente, o evento costuma ser realizado em uma parceria entre a ACAL – Associação Cultural e Assistencial da Liberdade – e a Associação Miyagi Kenjinkai do Brasil. Mas excepcionalmente neste ano, a ACAL decidiu realizar o evento sozinha.
Em uma reportagem publicada pelo jornal Nippak, um dos mais importantes da comunidade nipo-brasileira, o presidente da ACAL, Hirofumi Ikesaki, declarou: “A Associação Miyagi não se manifestou em tempo hábil. Para evitar mais atrasos, incluindo o envio de correspondências para as autoridades, a ACAL decidiu arcar com os custos do evento. Vamos providenciar tudo, desde o aluguel das barracas até a instalação dos enfeites.”
Na mesma reportagem, o presidente da Associação Miyagi, Koichi Nakazawa, declarou: “Existe um acordo entre a ACAL e a Associação Miyagi, mas infelizmente este ano não deu certo.” Nakazawa ainda revelou uma suposta divergência de opiniões: “Nosso objetivo é divulgar a festa em todo o território brasileiro e até em países vizinhos, e não somente na Liberdade”, comentou.

Independente das divergências, a organização do evento espera atrair um público de mais de 100 mil pessoas durante os dois dias de evento.
As atividades se iniciarão por volta das 14:00hs de sábado, com um cerimonial xintoísta próximo ao toori da rua Galvão Bueno. E ao longo dos dois dias, o público poderá conferir diversas apresentações de música, de dança e de taiko, com grupos como o Himawari e o Ryukyu Koku Matsuri Daiko.
No domingo, as apresentações se iniciam por volta do meio-dia.

A seguir, confira as informações do evento:

35º Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas

Data: 06 e 07/07
Horário: sábado, a partir das 14:00hs; domingo, a partir das 12:00hs
Local: Praça da Liberdade/Rua Galvão Bueno – Liberdade
(acesso pela estação Liberdade do metrô)
Maiores informações: (11) 3208-5090

(Fonte: Jornal Nippak – Agradecimentos: Yoshio Imaizumi)

Categorias
Eventos

48º Gueinosai – tradicional evento acontece neste final de semana

48º Gueinosai

Acontece neste final de semana (22 e 23/06) a 48ª edição do tradicional Gueinosai – Festival de Música e Dança Folclórica Japonesa.
O evento terá como palco o Grande Auditório do Bunkyo, e contará com diversas apresentações relacionadas a várias formas de expressão artística do arquipélago, tais como o taiko, o teatro, a música e variados estilos de dança.

Diversos estilos de dança, além de música e outras formas de arte, serão apresentadas no Gueinosai.
Diversos estilos de dança, além de música e outras formas de arte, serão apresentadas no Gueinosai.

A entrada do evento é gratuita, e solicita-se aos visitantes uma colaboração com a doação de 1kg de alimento não perecível, que será doado a entidades beneficentes mantidas pela comunidade nikkei – tais como Kodomo no Sono, Ikoi no Sono e Yassuragui Home.

No sábado, as apresentações se iniciam a partir das 09:00hs.
No domingo, no mesmo horário, uma homenagem aos idosos de 99 anos abrirá o evento, e terá 32 homenageados. As apresentações do dia começam a partir das 10:00hs.

O Gueinosai é um evento que faz parte das comemorações dos 105 anos da Imigração Japonesa no Brasil.


48º Gueinosai – Festival de Música e Dança Folclórica Japonesa

Data: 22 e 23/06/2013
Horário: sábado, a partir das 09:00hs; domingo, a partir das 10:00hs*
Local: Grande Auditório do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
Rua São Joaquim, 381 – Liberdade
(esq. com a Rua Galvão Bueno – próximo à estação São Joaquim do metrô)
Entrada Franca
(solicita-se a colaboração com a doação de 1kg de alimento não perecível)

*Domingo, a partir das 09:00hs: Hakujusha Hyoushou – Homenagem aos idosos de 99 anos, antes do início das apresentações.

Categorias
Coberturas de Eventos Críticas e Reviews

8º Nikkey Matsuri – o maior evento de cultura japonesa em área livre de SP

Neste último final de semana (06 e 07/04) foi realizada a oitava edição do Nikkey Matsuri, no Clube-Escola Jardim São Paulo, localizado na zona norte da capital paulista.
O evento já é considerado o maior da comunidade realizado em área livre, e faz parte do calendário oficial do Município.

postnm (1)

O evento foi aberto oficialmente no sábado, e contou com a presença de diversas autoridades nikkeis, tais como os deputados estaduais Hélio Nishimoto e Jooji Hato, os deputados federais Walter Ihoshi e Keiko Ota, os vereadores Ushitaro Kamia, Masataka Ota e Aurélio Nomura, entre outros.
Todos eles participaram da cerimônia do kagamiwari – a tradicional quebra do taru (barril de saquê) para trazer sorte e boas vibrações para o evento.

postnm (16)

Diversas atrações culturais foram destaque do evento ao longo dos dois dias. Dentre eles, a tradição e a arte refinada da dança folclórica, trazida ao palco do evento por diversas associações culturais, em especial da zona norte de São Paulo.
Além de coreografias mais modernas, como o Matsuri Dance e o Yosakoi Soran.

postnm (15)
Sakura Hanabirá – Tucuruvi
Kasa Odori - Tottori Kenjinkai
Kasa Odori – Tottori Kenjinkai
Kitsune - Yosakoi Soran
Kitsune – Yosakoi Soran
Kaizen - Yosakoi Soran
Kaizen – Yosakoi Soran

O público também pôde conferir demonstrações de diversas artes marciais, como o ninjutsu da academia Nenriki, do mestre Bill; o aikido, com a academia Samuru Aikido, do professor Saulo Martins; o karate e o kobudo de Okinawa, com a Associação Okinawa Kobudo Jinbukai/Jyureikan do Brasil, do mestre Flavio Vicente de Souza; e o judô, que inclusive trouxe atletas vencedores de títulos internacionais.

Ninjutsu - Nenriki Dojo
Ninjutsu – Nenriki Dojo
Samuru Aikido
Samuru Aikido

postnm (24)

Okinawa Kobudo Jinbukai/Jyureikan do Brasil
Okinawa Kobudo Jinbukai/Jyureikan do Brasil

 

A tradicional família Kamia também trouxe sua arte ao palco do Nikkey Matsuri. No sábado, Meiry Kamia e Mr. Kamia divertiram o público com demonstrações de malabarismo e mágica. E no domingo, o consagrado ilusionista Mario Kamia, que recentemente se apresentou na Coreia do Sul, exibiu seus truques para o público.

Mister Kamia
Mister Kamia
Meiry Kamia
Meiry Kamia
Mario Kamia
Mario Kamia

Cantores e bandas também passaram pelo palco do evento. Além dos já conhecidos Joe Hirata e Karen Ito, tivemos uma performance inusitada: Ricardo Nakase, vocalista da banda Uchiná, realizou no domingo um cover do cantor Mikawa Kenichi, conhecido por sua extravagância e excentricidade em suas exibições.
Além da talentosa cantora mirim Melissa Kuniyoshi, que soltou a voz como gente grande no palco. E inclusive cantou ao lado de Karen Ito.

Bruno Maessaka
Bruno Maessaka
Vestido a caráter, Ricardo Nakase fez um cover de Mikawa Kenichi
Vestido a caráter, Ricardo Nakase fez um cover de Mikawa Kenichi
Elaine Hara, ex-integrante da orquestra The Friends
Elaine Hara, ex-integrante da orquestra The Friends
Carmen Fugita
Carmen Fugita
Megumi
Megumi
Joe Hirata
Joe Hirata
Melissa Kuniyoshi, dividindo o palco com Karen Ito
Melissa Kuniyoshi, dividindo o palco com Karen Ito

Dentre as bandas, destaque para a Uchiná, que mistura o som moderno com canções de Okinawa, e a Pop Soul, que trouxe ao Nikkey Matsuri um pouco da música pop asiática

Banda Uchiná
Banda Uchiná
Banda Pop Soul
Banda Pop Soul

E não podia faltar também a animação e a batida forte do taiko. O Himawari passou pelo palco do Nikkey Matsuri no sábado, e trouxe muita energia ao evento.
E, durante os dois dias do festival, o Ryukyu Koku Matsuri Daiko trouxe a alegria dos tambores de Okinawa, e também um pouco das tradições da ilha, tais como o shishimai – a dança do leão okinawana.
No sábado, o grupo se apresentou ao lado da cantora Karen Ito.

postnm (14)

Himawari Taiko
Himawari Taiko

postnm (33) postnm (2)

Ryukyu Koku Matsuri Daiko e Karen Ito (ao fundo)
Ryukyu Koku Matsuri Daiko e Karen Ito (ao fundo)

Além de todas estas atrações, o público também teve diversos workshops à disposição, além de uma boa diversidade gastronômica, com pratos típicos.
Uma forte chuva caiu no início da tarde do domingo – mas não foi o suficiente para desanimar quem estava no evento.

No próximo post falaremos de um ponto alto do Nikkey Matsuri deste ano: a eleição da Miss Nikkey Matsuri, que pelo segundo ano consecutivo, trouxe a beleza oriental ao palco do evento. E contou com uma presença muito especial.
Fiquem ligados aqui no JWave!

A seguir - Miss Nikkey Matsuri 2013

(fotos: Daniel Ramos e Rafael Akira)

Categorias
Eventos

16º Festival do Japão já tem data marcada

festival2013

O 16º Festival do Japão já tem data marcada para acontecer: será realizado nos dias 19, 20 e 21 de julho, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.

O tema do Festival deste ano será “Tecnologia e Modernidade”, remetendo à forte tradição tecnológica do país, fundamentada após o termino da 2ª Guerra Mundial. Atualmente, o Japão é referência em termos de tecnologia, criando e comercializando produtos aplicados nas mais diversas áreas.
Além de diversas atrações culturais, o evento também abrigará o Miss Nikkey Brasil – o mais tradicional concurso de beleza da comunidade nikkei – e a final brasileira do WCS, a “copa do mundo” de cosplay, sob a tutela da Editora JBC.

Maiores informações podem ser encontradas no site: www.festivaldojapao.com

 

Categorias
Coberturas de Eventos Críticas e Reviews

10º Okinawa Festival – dez anos divulgando a cultura de Okinawa

O Okinawa Festival chega à sua décima edição com força total. Realizado neste último final de semana (15 e 16/09), o evento trouxe para o público presente o que há de melhor da cultura okinawana no Brasil, entre dança, música, arte e comidas típicas.
O evento aconteceu no Clube Escola Vila Manchester, no bairro de Vila Carrão, zona leste de São Paulo, e faz parte do calendário oficial de eventos do município.

O evento foi aberto oficialmente no sábado (15/09) com um cerimonial de quebra do taru (barril de saquê), que, segundo a crença, atrai bons fluídos para o sucesso do festival.
A cerimônia contou com a presença de autoridades, como os deputados Hélio Nishimoto e Walter Ihoshi, e o vereador Jooji Hato.

Cerimonial de quebra do taru
O brinde das autoridades

Alguns candidatos à prefeitura de São Paulo aproveitaram o evento para fazer campanha e buscar eleitores. Gabriel Chalita, do PMDB, e Fernando Haddad, do PT, marcaram presença no festival.

Chalita, do PMDB, faz corpo-a-corpo com eleitores
Haddad, do PT, discursa usando um megafone

Mas claro, o que marcou o Okinawa Festival foram as atrações gastronômicas e culturais. Alguns pratos típicos da ilha estavam à disposição do público, como o hiija nu shiru – a famosa sopa de cabrito okinawana, muito nutritiva e pesada.

Hiija nu shiru (sopa de cabrito) servido pela Assoc. Okinawa de São Mateus

As artes marciais também foram grande atração do evento.
O karatê, nascido em Okinawa, foi bem representado pelos alunos do sensei Flavio Vicente de Souza, da escola Shorin-Ryu Jyureikan do Brasil.


Demonstração de karate da Jyureikan do Brasil

Outra arte nativa de Okinawa, o kobudo – que utiliza armas e ferramentas de trabalho agrícola adaptadas – foi mostrada ao público pelos alunos da Associação Okinawa Kobudo Jinbukai do Brasil, também comandada pelo sensei Flavio Vicente.

Demonstração de kobudo da Okinawa Kobudo Jinbukai do Brasil

Os movimentos rápidos e ágeis do kung-fu também deram o ar da graça no evento, demonstrados pelos membros da equipe Hon Kit – a seleção brasileira de kung-fu e wushu.

Kung-fu - Equipe Hon Kit

Não faltou também a música tradicional, representada por grupos como o Ryukyu Minyo Kyokai.
Além do Ryukyu Buyo – a dança tradicional ou odori de Okinawa. Destaque para as alunas da escola Tamagusuku-Ryu Gyokusen Kai, da mestra Kazue Shiroma.

Ryukyu Minyo Kyokai
Gyokusen-kai - a escola de odori da mestra Kazue Shiroma

A alegria do bon odori também agitou o público do festival, com as senhoras do Fujinkai da Associação Okinawa de Vila Carrão.

Bon Odori - Fujinkai Vila Carrão

Os mais jovens também tiveram espaço dentro do evento, com o matsuri dance e o k-pop – a atual febre entre os jovens orientais.

Smile - Matsuri Dance
F(w) - Kpop/Dança

Cantores também soltaram a voz no evento, como os já consagrados Joe Hirata e Melissa Kuniyoshi.

Joe Hirata
Melissa Kuniyoshi

Os leões mitológicos de Okinawa trouxeram sua força e energia para o palco do evento, com uma apresentação muito interessante do grupo Shishimai de Campinas.

Grupo Shishimai de Campinas

E também teve a batida forte do taiko, com a presença especial do grupo Sakura Fubuki Daiko.

Sakura Fubuki Daiko

Além, claro, dos dois grandes grupos de taiko de Okinawa – o Ryukyu Koku Matsuri Daiko e o Requios Gueinou Doukoukai – que proporcionaram belíssimas apresentações.

Ryukyu Koku Matsuri Daiko
Requios Gueinou Doukoukai

E quem fechou o Okinawa Festival com chave de ouro foi o grupo Tontonmi, que, além de cantar sucessos de Okinawa, fez uma homenagem aos adeptos do sanshin – o shamisen de três cordas da ilha – trazido ao Brasil pelos primeiros imigrantes.
Houve ainda, após a apresentação, uma grande queima de fogos.

Show da banda Tontonmi
O Tontonmi homenageou a nova geração do Sanshin
Queima de fogos ao final do evento

Um evento marcante, que se consolidou ao longo de dez anos e têm cumprido muito bem o seu papel – divulgar aos brasileiros a rica cultura de Okinawa. Assim tem sido o Okinawa Festival – e este ano, não foi diferente. Aliás, seus dez anos de existência foram comemorados em grande estilo.
Parabéns à toda comissão organizadora do evento!

Por enquanto é só, pessoal. Até mais!