JWave #190: Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário No ratings yet.

Reproduzir
Reproduzir

JWave Capa Post 190 Cavaleiros

Os Cavaleiros do Zodíaco comemorou 20 anos no Brasil e está chegando nos cinemas em uma nova encarnação.

Criado por Masami Kurumada em 1986, Cavaleiros do Zodíaco foi publicado na antologia Shonen Jump, o lar de publicações como: Slam Dunk, Dragon Ball, Samurai X, Naruto, Bleach, One Piece entre outras publicações.

A série chegou no Brasil em 1994 na extinta Rede Manchete e foi relançada anos depois na Cartoon Network. O mangá chegou no Brasil em 2001 pela Conrad e está sendo relançado pela editora JBC.

O novo filme chegando nos cinemas, a convite da Diamond Films, a equipe do JWave assistiu “Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário” e comenta tudo o que achou do novo filme.

Juba, SasukeRK, JoeKyy (Rádio Animix) e Sergio Sampa (88 milhas) se reúnem para subir as 12 casas.

Obs: O Filme será lançado no Brasil no dia 11 de setembro. Caso não ligue para spoilers, continue ouvindo, senão recomendamos só ouvir o bloco de curiosidades até assistir o filme.

No JWave #190: Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário
Masami Kurumada
Keiichi Sato
Tomohiro Suzuki
Ayaka Sasaki
Kaito Ishikawa
Kenji Akabane
Kenshō Ono
Nobuhiko Okamoto
Kenji Nojima
Yoshihiro Ike
Seiji Yokoyama
Letícia Quinto
Hermes Baroli
Élcio Sodré
Francisco Bretas
Ulisses Bezerra
Leonardo Camilo
Marcelo Campos
Sílvia Goiabeira
Tatá Guarnieri
Zodja Pereira
Toei Animation
Diamond Films

Ouça também JWave #131: Cavaleiros do Zodiaco – Parte 1
JWCast-131

Leia também JWave Cine 35: Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário
cdz-POST-900x473

Participantes



Feed
Já assinou?

iTunes
Dê uma nota pro JWave e comente sobre nosso podcast por lá!

Facebook
Fanpage do JWave
Grupo do JWavecast

Indicação
Cavaleiros do Zodíaco – Bravos Soldados – PS3
Os Cavaleiros do Zodíaco – Ômega – Box Vol. 2 – 4 DVDs
Os Cavaleiros do Zodíaco – Ômega – Box Vol. 1 – 3 DVDs
Os Cavaleiros Do Zodíaco – Next Dimension – A Saga De Hades – Vol. 1
Sh Figure Arts Cavaleiros Dos Zodíacos Kouga
Enciclopédia dos Cavaleiros do Zodíaco
Cavaleiros do Zodíaco – Gigantomaquia
A Grande Batalha dos Deuses – Cavaleiros do Zodíaco

Emails
jwavecast@jwave.com.br

Comentários

comentários

Please rate this


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
  • Lionel Freitas

    Vou ver esse filme mais por curiosidade, quando sair em home vídeo….não curti o estilo visual desde o ínicio e depois de ouvir o cast, já achei ruim…mesmo o pessoal falando que no final gostou…é, acho melhor Cavaleiros continuar vivo só na memória de quem viu mesmo….

  • Aslanterna Verde

    Putz, realmente foi confirmado que, o que foi produzido foi um Final Fantasy Saint Seiya….

    Parece ser muito divertido, mas muito trash também… Se der oportunidade, assistirei no cinema, mas se não, esperarei… Esperei um ano para que Seiya e Cia. passasse pela casa de Leão…

    Hahá, pelo visto, o filme é tão horizontal quanto o tablado de batalha do torneio do Cell (DBZ). Mas o que é Saint Seiya, se não uma história contada por um idiota, cheia de som e de fúria, sem sentido algum…

    Mas é divertido! Marcou minha infância, e tem lugar cativo em minhas lembranças felizes do passado….

  • Pingback: Saiba aonde assistir Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário no Brasil! | JWave()

  • Ouvi o podcast e tive a impressão de que vocês esperavam que a história fosse igual à da série de TV. Foi isso mesmo, produção?

    • No podcast o Joe e o Sasuke comparam as sagas originais do anime/manga e o que ficou diferente.

      Se tratando de uma adaptação, esperamos o máximo do conteúdo original, mas com certas diferenças.

      O que reclamamos do filme, eu digo por mim… Quando o roteiro encontra uma solução que não faz sentido na obra original. No caso Saga virar um "robo gigante". Aquilo nunca existiu em CDZ e incomodou.

  • O filme tá mais para uma paródia de Saint Seiya. Quem vai levar muito à sério se decepciona.

    Outra coisa, uma crítica construtiva com todo respeito. A impressão que eu tenho deste – e de outros podcasts – relacionados a CDZ que cheguei a ouvir é que faltou quem conhecesse realmente da série e não apenas simpatizasse ou acompanhasse "por cima". Não entro no mérito dos comentários em geral, concordei e discordei com várias coisas, mas é questão de opinião.

    Dentre muitas coisas que poderia comentar, só vou levantar dois pontos. Seiji Yokoyama não participou da trilha sonora desse filme, nem da de Tiger & Bunny, e há divergências quanto aos valores do orçamento deste filme (qual a referência usada?).

    • Não falamos que Seiji Yokoyama fez Tiger & Bunny. Ele trabalhou junto de Yoshihiro Ike (que esse sim fez Tiger & Bunny).
      http://www.animenewsnetwork.com/encyclopedia/peop

      Sobre bilheteria, o JWave sempre usa IMDB e no caso de animês usamos Anime News Network.
      http://www.animenewsnetwork.com/encyclopedia/anim

      O JWave sempre tenta fazer o melhor possível em termos de informação sobre filmes, séries e animações. Acho difícil outros podcasts aprofundarem iguais o JWave, mas obrigado pela sua crítica construtiva. Lógico que não acertamos e nem erramos o tempo todo, mas tentamos. Acreditamos que fizemos um trabalho excepcional com o filme e agradecemos seu comentário.

      • Não leve a mal por eu ser um fã de Saint Seiya. Conheço o trabalho de vocês por outras coisas, por exemplo, eu gostei dos podcasts de alguns filmes, compartilho o apreço por CLAMP e etc.

        Desculpe, ouvi novamente, e realmente você se referiu especificamente ao Yoshihiro Ike. Porém, mantida a minha observação sobre a não participação de Seiji Yokoyama neste filme, apesar do Anime News Network o citar lá, e creio que esta foi sua referência também. A menos que vocês tenham uma fonte oficial que confirme isso.

        Por outro lado, eu não perguntei sobre a bilheteria. Insisto na pergunta quanto à referência de orçamento, cuja informação não foi até então esclarecida oficialmente, o que justifica o meu interesse em perguntar se por acaso você tem uma fonte oficial sobre o tema, já que o próprio produtor do filme fez mistério sobre isso quando perguntado pela jornalista Sandra Monte. http://www.papodebudega.com/2014/09/cdz-lenda-do-

        • Como resposta é que nenhuma fonte como IMDB ou Anime News Network são fontes 100% certeza, mas tentamos pesquisar e sempre dar o melhor ao ouvinte. Sobre a não participação do Seiji Yokoyama, diversas fontes citam isso e devido o nome das músicas serem iguais a da série de tv, acabei presumindo o envolvimento, porém se está errado, eu faço uma retificação.

          Sobre o orçamento, eu digo exatamente a mesma coisa. Usamos diversas fontes e todas apontam pra isso. Não acho um valor absurdo pra animação + promoção/ divulgação no Japão, mas se for errado, também faço uma retificação.

          Usamos sempre sites de notícia que são de confiança, como base de informações para os nossos casts e se tivermos errados, não iremos omitir isso. De qualquer maneira, obrigado pela observação e continuarei de olho sobre o orçamento. Ainda acho estranho da Toei não querer divulgar.

  • Eduardo Santos Soares

    Amigos do Jwave grato pela informação fornecida independente da veracidade contida nos bastidores. Minha mensagem é a seguinte parafraseando o que o Juba comentou no podcast. ” Fãs ou pessoas que curtem a serie assistam este filme, ele tem os seus problemas e apesar daquela cena fina fugir muito do que o CDZ promove nestes anos. Invistam nesta diversão, porque se der uma boa bilheteria a provável continuação será melhor trabalhada. A todos jwave uma boa semana”

  • tem 1 de prata sim que o de sagita que atira a flecha na saori.

    • Mas isso foi falado no podcast.

      Inclusive o Sasuke explicou o significado de Sagita.

  • como assim poucos cinemas. estreou em 91 cidades e em mais de 100 salas e em todas as capitais do brasil.

    • Rafael Taira,

      Fomos no evento de CDZ e foi nos informado q são poucas salas sim. Inclusive a indicação era de recomendar e rolar baixo assinados para trazer o filme pra mais salas. Inclusive tem e-mails de galera falando q estão viajando para outras cidades para ver CDZ, o que confirma o fato de ter sido poucas salas.

      Fizemos nossa parte e ajudamos a expandir essa projeção no Brasil.

  • Pingback: Os Comentadores #31 - Podcasts Femininos | Mundo Podcast()