JWave Capa Post 184

Play
Play

O JWave dessa semana viaja ao Japão aos olhos de Sofia Coppola e sua linda história de amor chamada “Encontros e Desencontros”.

Considerado como melhor filme do Bill Murray pelo próprio, essa história apresenta um mundo estranho e que isola as pessoas, como também as aproxima, fazendo uma bela amizade e talvez um grande amor nascer dai.

Juba e Sasuke RK falam tudo sobre esse filme que comemora 10 anos em 2014. Vão perder essa?

PARTICIPANTES

TEMA
Lost in Translation
Sofia Coppola
Scarlett Johansson
Bill Murray

ITUNES


Lembre de avaliar o JWave no iTunes

GRUPO JWAVE NO FACEBOOK
https://www.facebook.com/groups/564490263589100/

About Giuliano Peccilli

Editor do JWave, Podcaster e Gamer nas horas vagas. Também trabalhou na Anime Do, Anime Pró, Neo Tokyo e Nintendo World.

View all posts by Giuliano Peccilli

10 Comments on “JWave #184 | Encontros e Desencontros (Lost In Translation)”

  1. Muito bom o cast, sou ouvinte há pouco tempo e não tenho costume de comentar.
    Encontrei vocês pelo Youtuner enquanto encontrava alguma coisa interessante, já que os (mais ou menos) 25 podcasts que assino (se não são mais que isso) estavam com assunto meio sem graça.
    Estou comentando para saber uma coisa (além de elogiar, é claro) se a trilha de fundo que está rolando é Manic Street Preachers. Não consegui identificar qual música era…

  2. Eu que tive meu Jwavecast de batismo sendo o episódio cabalístico de Evangelion continuo aqui esperando um podcast sobre Ghost in the Shell, Gurren Lagann, Serial Experiments Lain, Cowboy Bebop, Berserk, Madoka, Clannad, Shingeki no Kyojin, Cavaleiros do Zodíaco (né), Dragon Ball GT, Pokemon, Digimon, Gundam…

    1. Respondendo.

      Muitos temas esperamos momento certo (datas) ou pedidos pq a equipe sabe que precisa estudar tal tema pra fazer um podcast bom igual ou melhor ao de Evangelion.

      O que posso garantir que Madoka Magica já saiu cast, mas pretendemos voltar pra falar da trilogia dos cinemas e do livro.

      Sobre Ghost in the Shell, ainda não temos previsão. Não sabemos se fariamos só do filme ou de toda obra.

      Gurren Lagann, apenas algumas pessoas. Mais precisamente recebemos pedidos de 2 PESSOAS até hoje. Um dos motivos de não sair é justamente isso. Desconhecemos a obra, saiu no Brasil em mangá, mas não a conhecemos.

      Lain teve muitos pedidos no passado, quando fizemos especial de primeiro ano de aniversário e segundo, mas depois sumiu. Ta parado, mas pensamos fazer um dia.

      Cowboy Bebop é um dos temas que pensamos em fazer em um momento especial. Estamos analisando datas, numeros e o tema ta recorrente desde o primeiro tema.

      Berserk sempre teve chance de virar JWave, mas nunca fizemos. Agora com relançamento da Panini Comics, pode ser um bom motivo.

      Clannad. Amigos sempre falam da obra, mas nunca recebemos pedidos. Acredito que esse seja o primeiro primeiro da obra.

      Shingeki no Kyojin. Estamos doidos pra fazer, mas muitos membros do JWave odeiam a obra. Não sabemos como conduzir o podcast ou se trazemos convidados pra tentar ser o mais neutro possivel.

      Cavaleiros do Zodiaco. Está parado nas 12 casas.

      Dragon Ball GT? Primeiro precisamos acabar o primeiro.

      Pokémon? Tem chances e talvez no lançamento dos mangás pela Panini, a equipe tente adaptar os jogos e os mangas em forma de cast.

      Digimon? Queremos fazer um cast logo, mas ainda nao sabemos se fazemos por série ou igual podcast de Power Rangers.

      Gundam? Nossa intenção é fazer um cast esse ano.

      Respondido? Espero ter respondido e ter curtido as respostas.

      Abraços.

  3. Este foi um daqueles episódios que fez efeito imediatamente: Comecei a ouvir, dei pause, abri o Netflix e olhei o filme todo hehe.

    Muito bom o Cast, realmente dá para refletir bastante sobre a história, que tem vários momentos engraçados (A gravação da propaganda do Suntory, com as milhares de instruções em japonês, é hilária) e outros que te deixam pensativo, questionando quais decisões tomaria naquela situação.

    Gostei da maneira como o filme mostrou o Japão, apesar de focarem um pouco nas loucuras (o que já era esperado), e de algumas localidades apresentadas.
    É engraçado como tem certos acontecimentos ou locais que aparecem e não são explicados, nos deixando sem saber exatamente o que estamos vendo, refletindo o mesmo sentimento que os personagens tem em relação ao país.

    Valeu por mais um Cast top gurizada! (^^)b

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.